Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
jib_junior

Mini guia com dúvidas muito comuns.

Recommended Posts

Bom galera eu fiz esse mini guia com algumas coisas que eu vi em muitos tópicos repetidos.

Ai está bem o básico e é bem geral, serve para quase todas as distribuições.

E aproveitando queria agradecer a todo mundo aqui do Fórum por sempre estarem prontos a ajudar. Acreditem se não fossem por vocês eu não teria nenhum comando desses aqui.

E um agradecimento em especial ao nosso moderador roqueiro Mr_Burns, por tem uma baita paciência com a gente e estar sempre organizando os tópicos da melhor maneira possivel, valeu mesmo cara :bandeira:

Outra coisa galera, peço que vocês me avisem dos erros para eu poder estar corrigindo, e se possivel falando novas coisas para eu colocar aqui também.

============================================================

Explicação de algumas coisas sobre esse guia:

:..:Comandos precedidos de:


$ --> devem ser executados como usário normal
# --> devem ser executados como root

:..:Comandos ou itens citados dentro de aspas devem ser digitados sem aspas no console. Quando for o caso de usar aspas vai

ser comentado.

:..:Onde envolver uso de partições o padrão será o seguinte:


/dev/hdXY
X= qual IDE está seu disposito, "a" para IDE0, "b" para IDE1.....
y= a partição que está seu sistema.

Exemplo: /dev/hda1

"a" pois o dispostivo está no IDE0

"1" pois é a primeira partição

Para obter a lista completa de todas as partições em seu HD digite:


#fdisk -l

============================================================

1 - Como configurar ADSL?

Digite:


#pppoeconf

E siga os passos do assistente.

2 - Como habilitar a senha de root em distribuições que usam o "sudo"?

Digite:


$sudo passwd root

E para se tornar root


$su

3 - Como configurar o LILO para dar boot na minha partição em que o Windows está instalado, ou adicionar uma partição em que

está o Linux instalado?

Como root edite o arquivo /etc/lilo.conf

->Para adicionar uma partição Linux adicione as seguintes linhas:


image = /boot/vmlinuz
root = /dev/hdXY
label = Debian
read-only

-->Para adicionar uma partição de Windows adicione as seguintes linhas:


other = /dev/hdXY
label = Windows
table = /dev/hdX

Salve o arquivo e feche. Depois disso digite:


#lilo

Caso você tenha perdido o LILO por conta de alguma outra instalação, faça o seguinte:

Dê o boot por algum live-cd e monte a partição que está instalado o seu Linux.

Depois digite:


#chroot /mnt/hdXY
#lilo

Pronto estará gravado o LILO de novo.

4 - Como montar partições manualmente.

Sabendo qual a partição que você quer montar.

E sA= sistema de arquivos da partição.

Exemplos:

fat32 = vfat

ntfs = ntfs

reiserfs = reiserfs

ext2 = ext2

ext3 = ext3

cdrom = iso9660

	
$mkdir /mnt/nome_da_pasta
#mount SA /dev/hdXY /mnt/nome_da_pasta

Exemplo:
$mkdir /mnt/windows
#mount vfat /dev/hdXY /mnt/windows

5 - Como configurar o fstab?

Bom primeiramente você tem que saber todas as suas partições, para isso digite


#fdisk -l

Com isso vai aparecer uma lista de todas as partições.

Agora como root edite o arquivo "/etc/fstab"

Como exemplo eu vou colocar o meu arquivo para vocês terem uma ideia de com deve ficar


# /etc/fstab: static file system information.
#
# <file system> <mount point>   <type>  <options>       <dump>  <pass>

proc            /proc           proc    defaults    0       0
/dev/hda5       /               reiserfs notail          0       1
/dev/hda1       /mnt/hda1       ntfs    noexec,users,ro,uid=1000,gid=1000 0       0
/dev/hda3       /mnt/hda3       reiserfs notail     0       2
/dev/hda4       /mnt/hda4       ntfs    noexec,users,ro,uid=1000,gid=1000 0       0
/dev/hda6       /mnt/hda6       vfat    noexec,users,rw,uid=1000,gid=1000 0       0
/dev/hda8       /mnt/hda8       ntfs    noexec,users,ro,uid=1000,gid=1000 0       0
/dev/hda9       /mnt/hda9       ntfs    noexec,users,ro,uid=1000,gid=1000 0       0
/dev/hda7       none            swap    sw     0       0
/dev/hdc        /mnt/cdrom    udf,iso9660 user,noauto    0       0
/dev/fd0        /mnt/floppy   auto    rw,user,noauto    0       0

Como podem ver nesse exemplo o meu HD está ligado no IDE0, portanto hd"a".

E meu cdrom está ligado no IDE2, portanto hd"c".

Como vocês podem observar nas partições NTFS eu coloquei "ro" que significa "read only", pois o Linux não tem suporte nativo

para gravação em partições NTFS. Já na partição FAT32 eu coloquei "rw" que significa "read and write", pois o Linux trabalha

perfeitamente com gravação em partições FAT32.

Os pontos de montagem fica a critério de cada pessoa, eu coloquei aqueles pois pelo o que tenho observado é meio um "padrão",

mas nada impede de se criar em outro lugar.

Os campos "uid" e "gid" eu coloquei os números do meu usário no Linux, para saber qual o seu usuário digite:


$id

Bom mas tendo editado o fstab, não podemos esquecer de criar as pastas para a montagem.

Para isso digite por exemplo:


$mkdir /mnt/hda1
$mkdir /mnt/hda3
$mkdir /mnt/hda4

E por ultimo para remontar ele sem precisar reiniciar o computador.


#umount -a
#mount -a

Se não aparecer nenhuma mensagem de erro então está tudo certo.

6 - Instalar programas.

Para instalar programas não existe uma regra geral para todos, mas como a maioria são muitos parecidos então se resume em:

Supondo que o pacote esteja compactado com a extensão ".gz" ou ".tgz".


$tar zxvf programa.tar.gz
$cd programa
$make
#make install

Lembrando de novo, que nem todos os programas se instalam assim, é sempre bom dar uma olhada no arquivo Readme.txt dentro de

cada programa, lá estão todas as informações para instalar e desinstalar programas.

E se caso você use alguma distribuição baseada em Debian é até um pouco mais fácil digamos.

Baixe o pacote ".deb"


#dpkg -i nome_do_pacote

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sei que vou parecer chato, como sempre, mas acho que já existem materiais muito bons neste quesito (esclarecer pequenas funções) e que são feitos direcionados para este fim. Cito como exemplo o Guia Foca Linux que é um dos melhores.

Creio que poderiamos nos focar mais em aprofundamento, coisas especificas (como em funções que mudam de distro para distro), ferramentas pouco conhecidas etc.

Então em vez de falar sobre '#' e '$', poderiamos falar sobre o formato de pacotes, customização de distros, onde (des)habilitar serviços, Kernel etc.

Uma opinião mais que pessoal que espero seja bem vista...

T+

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sei que vou parecer chato, como sempre, mas acho que já existem materiais muito bons neste quesito (esclarecer pequenas funções) e que são feitos direcionados para este fim. Cito como exemplo o Guia Foca Linux que é um dos melhores.

Creio que poderiamos nos focar mais em aprofundamento, coisas especificas (como em funções que mudam de distro para distro), ferramentas pouco conhecidas etc.

Então em vez de falar sobre '#' e '$', poderiamos falar sobre o formato de pacotes, customização de distros, onde (des)habilitar serviços, Kernel etc.

Uma opinião mais que pessoal que espero seja bem vista...

T+

Acha nem dá nada não, estamos aqui para ouvir opiniões mesmo.

Bom vou ser sincero cara, eu bem que gostaria de fazer algo desse tipo que você está falando, mas tenho um sério problema, ainda não tenho nível técnico o suficiente para fazer algo desse tipo, só fazem 3 meses que eu estou mexendo com Linux, e bem dizendo 1 que eu estou indo mais a fundo.

Eu fiz isso ai meio que por fazer, foi um hobbie e uma terapia pra mim hehe, se vai ser útil aqui eu não sei, mas se precisar está ai.

Quanto a outros sites com esses tipos de informação, como eu disse em outro tópico tem pessoas que não muita ideia de informática e vem procurar alguma resposta no primeiro lugar q eles sabem, então porque não ter algo do tipo aqui?

Mas sei lá, quem sabe daqui um tempo eu começo a fazer algo desse tipo que você falou, e espero contar com a sua ajuda se for o caso :)

falou ai :bye:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×