Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

cabteixeira

Membro Pleno
  • Total de itens

    1.726
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

15

Sobre cabteixeira

  • Data de Nascimento 07/08/1971 (49 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Engenho Novo - RJ
  1. Nossa... Não imaginava que fosse tão baixo assim... Vou medir (com o osciloscópio) pra ver qual a frequência que ele está operando. Estão no mesmo dissipador. Vantagem? Em princípio, nenhuma... É simplesmente uma questão de custo x benefício. Este motor é o motor de partida de uma motocicleta popular (uma Honda CG 125). Você acha peças para esta moto até na padaria... O torque é muito alto (ele precisa vencer a inércia do motor da motocicleta, precisa conseguir girar o motor mesmo durante o ciclo de compressão dos gases (quando o motor fica muito "pesado") para que o motor da moto c
  2. Saudações a todos! Estou tentando desenvolver um circuito PWM para controlar a velocidade um motor DC. O motor em questão é o motor de partida de uma motocicleta CG125 da Honda, igual a este: Devido a corrente do motor ser alta, estou pensando em colocar dois MOSFET's IRFZ46N em paralelo, para que eles dividam o trabalho (metade da corrente pra cada um). Montei um protótipo, que funcionou. Mas gostaria de melhorar ainda mais o desempenho, pois fiquei com algumas dúvidas: 1) Como calcular a polarização (resistor) do Gate? 2) Sendo dois dispositivos iguais (MOSFET's), posso ligar simples
  3. A ideia é simplificar e facilitar o projeto mesmo. É essa mesma a questão. Como é o meu primeiro projeto com PIC eu quero simplificar ao máximo. http://www.soldafria.com.br/advanced_search_result.php?keywords=mc145026&x=0&y=0
  4. Atualização: Ainda estou pesquisando e estudando bastante, antes de tentar montar. Bom... O que estou pensando é em colocar apenas um microcontrolador no projeto, que vai ficar numa unidade externa (na parede oposta de onde está instalado o ar condicionado). No interior do ar condicionado estou pensando em colocar um circuito "burro" mesmo, sem microcontrolador, que vai apenas receber pelo módulo de RF os comandos vindos do microcontrolador e ligar/desligar os componentes do ar condicionado (motor do ventilador - chaveando as 3 velocidades - e o compressor propriamente dito). Além disso, este
  5. Sim, com certeza seria muito mais fácil. O problema é que para transmitir a informação por luz (seja infravermelha ou não) você precisa ter uma linha reta completamente livre de obstáculos entre o emissor e o receptor. Eu pretendo colocar o emissor e o receptor em paredes opostas (o emissor perto da porta, o receptor no ar condicionado), o que numa primeira analise até permitiria transmitir por IR (tanto que cheguei a pensar nisso). Entretanto, se na hora de alterar algum ajuste (a temperatura, por exemplo) a pessoa se posicionar na frente do aparelho (o que é a hipótese mais provável) ela e
  6. Como você fez pra dimensionar a antena pra esse treco? Procurei no datasheet, mas não diz nada! Ainda não sei.Na verdade, ainda estou tentando definir alguns detalhes, como por exemplo qual módulo de RF usar... Eu estou pesquisando na internet justamente pra tentar achar algum projeto pronto, que tenha funcionado, pra poder definir melhor qual módulo comprar. Só sei que devo comprar tudo no solda fria mesmo, pois até agora foi o lugar mais barato que achei.
  7. Segundo a informação que tenho (de um técnico que trabalha numa oficina autoriza da Consul) são cinco minutos entre cada período de funcionamento. Se o compressor tenta partir antes disso, a pressão do gás é muito grande e ele não parte - a corrente sobe muito e o térmico de proteção do motor do compressor desarma.
  8. Legal a sugestão! Esse site (solda fria) é confiável? Dá pra comprar sem susto? Se eu conseguir comprar os módulos mais ou menos nessa faixa de preço, vou tentar fazer com o controle de temperatura em um módulo separado do aparelho de ar condicionado, usando dois PICs e comunicando um com o outro com dois módulos desses.
  9. Bom... A minha ideia é reduzir ao máximo o consumo de energia. Então a minha ideia é manter o ventilador sempre na velocidade mínima (menor consumo de energia) e chavear para a velocidade máxima quando o compressor estiver ligado (para melhorar o rendimento da refrigeração e assim consumir menos energia - o compressor ficará ligado menos tempo). Por aqui, no Rio de Janeiro, as temperaturas passam dos 40°C fácil! Essa é uma de minhas maiores dúvidas até agora. Bom... Se eu usar o DS1307 eu terei um relógio preciso... Só que, de uma forma ou de outra, o PIC também precisa contar o tempo
  10. Saudações a todos! Estou pensando em montar um projetinho utilizando um PIC. Quero deixar claro que nunca usei um microcontrolador desses, então peço de que dêem um desconto por alguma eventual dúvida sem fundamento... A ideia seria usar um micro controlador para automatizar o funcionamento de um aparelho de ar condicionado desses: O aparelho possui apenas dois comandos: 1) Uma chave seletora, com cinco posições, onde se seleciona a função "apenas ventilar", "frio mínimo", "frio médio" e "frio máximo" (além da posição desligado, é claro). 2) O termostato, que controla a temperatura ambi
  11. A questão do acionamento (motor de passo/servo motor) vai da facilidade que você tiver em projetar e implementar os circuitos de potência e controle. Quanto à questão do encoder, uma alternativa relativamente simples e barata seria aproveitar o sistema de scroll de um mouse. Nele você tem um sistema de sensor e emissor fotoelétricos e uma rodinha cheia de furos, que permitem a passagem ou não do feixe luminoso.
  12. Olha... Em todos os anos de eletrônica que tenho eu nunca vi um resistor em curto. No meu entender, o que pode estar acontecendo é que algum outro semicondutor (eles são os principais suspeitos) está em curto ou com fuga. Com isso ocorre a sobrecarga dos transistores de saída e a sua queima. Outra coisa: se você não tem muito conhecimento de eletrônica, talvez você tenha dificuldade de achar este defeito, além de existir grande possibilidade de acabar colocando outros defeitos no circuito.
  13. Tem certeza absoluta que todos os quatro transistores são TIP105? Conforme o colega Iury falou, os amplificadores costumam utilizar transistores em pares (um PNP e outro NPN). O procedimento está correto, porém incompleto. Além de trocar todos os transistores da saída, troque os drivers deles também (os transistores que ficam nas etapas anteriores à de potência).
  14. Em alguns casos acho que fica mais fácil usar as soluções comerciais, que já estão prontas: Bastaria comprar um relé fotoelétrico desses e instalar...
  15. Se a tal pulseira não tem nenhum fio para conecta-la a um ponto de terra, ela não passa de uma grande enganação! O uso de proteção anti-estática é muito importante quando se trabalha com circuitos mais sensíveis (como os de tecnologia CMOS). Sob certas condições (clima muito seco, por exemplo) as cargas elétricas se acumulam no corpo, na superfície da pele, e basta tocarmos o terminal de um componente para o queimarmos... A pulsei proporciona um caminho para que estas cargas elétricas circulem para o terra, evitando que se acumulem em nosso corpo (desde, é claro, que a tal pulseira esteja con

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

907618_67f7_4.jpg

PROMOÇÃO RELÂMPAGO!

Curso "Arquitetura de Redes", de Gabriel Torres, por apenas R$ 22,90. Só até as 23h59min desta sexta-feira 23/10/2020!

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE AGORA MESMO!