Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

Gfbonfim

Membros Plenos
  • Total de itens

    27
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

7

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Belo Horizonte, MG
  1. A porta USB aparentemente seria para fornecer energia para outros dispositivos (como uma bateria externa).
  2. Sobre o uso de programas para atualizar, usei um que baixou um drive do video onbord intel. foi instalar e minha placa off board do notebook, parou de funcionar. desinstalei e voltou ao normal. achei estranho que estes programas tem muitos drives mais novos, que nem os fabricantes tem. Depois notei que os drives (alguns destes) são desenvolvidos pela própria empresa do programa. Minha teoria sobre isso, é que eles desenvolvem drives mal feitos, colocam uma versão mais recente, apenas para que o usuário sinta a necessidade de pagar pelo programa, já que geralmente quem baixa estes programas está tendo algum problema no pc, como era o meu caso. O programa em questão permitia atualizar um drive por dia na versão gratuita, e como eram muitos, levaria semanas ou meses, pra atualizar tudo.
  3. Leadership, Já diz muito sobre o produto. Leadership lançando um produto, não deveria nem ser notícia. Salvo para alertar possíveis compradores, da raiva que se passa ao comprar produtos de baixa qualidade pelo preço de produtos de boa qualidade.
  4. Que trailer fraco. Até filme de palhaço de nariz vermelho põe mais medo que isso.
  5. Por mais que a gente acompanha o desenvolvimento dos hardwares de armazenamento, e mesmo sabendo que será obsoleto em poucos anos, não deixa de ser espantoso 400gb em um cartão MicroSD.
  6. Basicamente uma releitura da rodinha do mouse, que agora virou a rodinha do teclado. Exatamente a mesma função.
  7. Imagina em 20 ou 30 anos, quando tudo isso estiver integrado numa lente e custar o preço de um simples óculos.
  8. Você diz que o travamento só acontece no ultra. Faz seguinte, utiliza configuração personalizada de gráfico, e vai tentando retirar item por item nas configurações, pra ver se algum específico que ta causando isso. Pode colocar em alta primeiro, muda pra personalizada e coloca item por item, isoladamente, no ultra, e vai testando se o problema ocorre. depois coloca em ultra, passa pra personalizada, e vai tirando item a item isoladamente pra alta. Depois faz o mesmo, tirando um a um isoladamente pro mínimo. Talvez isso de alguma dica de qual hardware pode ser a causa. ou quem sabe bug em algum drive. Boa sorte!
  9. Rafael Coelho, Gabriel Torres e Faust0, não seria interessante nesses testes de processador, na parte em que se testa em jogos, incluir um percentual de uso do processador, máximo, minimo e médio, ou um gráfico, para termos uma ideia se o processador está sendo utilizado em todo seu potencial ou não?!
  10. Entendi. Eu supunha que a placa de vídeo quando não consegue lidar com a carga de processamento, repassava de alguma maneira essa tarefa ao processador. Mas na verdade eles fazem coisas complementares mas distintas, é isso? Lembro de ter lido algo sobre isso, mas faz muitos anos. Então, de certa forma o processador trabalha de acordo com a demanda de processamento da placa de vídeo, desempenhando uma função que geralmente é pequena em jogos, especialmente em resoluções e gráficos mais baixos. Mas quando se roda em resoluções elevadas essa tarefa complementar passa a ser mais significativa podendo impactar no desempenho se o processador tornar-se um gargalo. Problematizando um pouco mais, eu tava olhando aqui o teste do Ryzen 7 1700, comparado ao Core I7 7700K, que teve uma diferença grande em jogos como Deux ex, e Dirty, chegando a até 32% diferença a mais pro I7. Então fica a questão, nesse caso específico, em se tratando de dois processadores de alto desempenho, e sendo a placa de vídeo também de alto desempenho (GTX 1080), seria correto dizer que o Ryzen 7 ou até mesmo o Core I7 poderiam estar limitando o desempenho da placa de vídeo? Pergunto porque, se o processador estivesse trabalhando com folga não deveria haver diferença significativa entre eles. Se não for o caso, se estiverem trabalhando no limite, então não se está atingindo o potencial de desempenho da placa de vídeo.
  11. Muito interessante o produto, mas parece até piada esses 112% de imposto de importação.
  12. Tem um tempo que não acompanho teste de processadores e placas de vídeo, mas achei as diferenças no desempenho consideráveis. Eu esperava que o processador tivesse muito pouco peso em jogos, especialmente utilizando uma placa de vídeo de alto desempenho, ainda mais sendo os processadores também de alto desempenho, que em teoria não oferecem gargalo. Fiquei em dúvida quando é dito: "Lembre-se que, utilizando uma placa de vídeo mais barata, a diferença de desempenho entre os processadores tende a diminuir." Não deveria ser o oposto? Com a carga de processamento do jogo recaindo sobre o processador, a tendência não é acentuar as diferenças de desempenho entre eles?
  13. hunnn... Interessante, um relógio que precisa ser recarregado a cada 6h. Como não pensei nisso antes?! Bateu aquela nostalgia das ampulhetas de areia dos jogos da minha infância.
  14. Até o 3 foi um "mesmo" jogo, a partir do 4, já podiam ter criado outra série, com outro nome. Não que minha opinião valha de alguma coisa, mas tirando o fato de não ser residente evil, achei muito fraco pelo trailer. Nível 0 de terror psicológico. Apesar de quê, ficar velho, atrapalha bastante esse tipo de experiência. Mas de toda maneira não vejo uma evolução significativa na movimentação dos personagens. Continua tudo muito robótico e artificial. Além dessa insistência no uso de cores muito vivas, distantes da realidade, ainda mais num jogo de terror, onde a ideia é criar um clima sombrio.
  15. --> Se eu entendi corretamente, na verdade o plugin "Nx Virtual Mix Room" que faz esse controle de mixagem profissional, é vendido separadamente. --> O "Nx Application" é o aplicativo que faz os ajustes simples, pro usuário comum. --> O "Nx Head Tracker" é o aparelho que vai acima da cabeça para posicionamento 3D no ambiente. Quem adquire esse aparelho escolhe entre adquirir em conjunto o aplicativo simples ou o profissional. --> O "Direct Sound Ex-29" é o Headphone (opcional) mais "simples" que vendem no conjunto. --> O "Audeze Sine" o Headphone (opcional) bom que vendem no conjunto. Ou seja, o único item especifico pra profissionais é o plugin (software) "Nx Virtual Mix Room", que não precisa ser adquirido pelo usuário comum. Ps: Eu não sou um conhecedor desse mercado, mas me parece que essa tecnologia de posicionamento da cabeça é nova. O que há, são simuladores do ambiente virtual, mas nada que dê esse posicionamento relativo ao movimento da cabeça.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×