Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

skyzytuz

Membros Plenos
  • Total de itens

    308
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

20

Sobre skyzytuz

  • Data de Nascimento 29/12/1966 (52 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Sao Paulo
  1. Mas como eu disse, isso é uma ocorrência rara. E basta eu usar aquele app do pêndulo e volta ao normal. É algo no driver, e não no monitor. Nunca tive ghosting nesse monitor.
  2. Tenho um monitor LG 32" Ultrawide freesync e usava placa da AMD. Depois que a NVidia "adotou" o freesync, troquei por uma GTX 1070 e depois para uma RTX 2070, e configurei o monitor de acordo para aproveitar o freesync. Geralmente tudo funciona ok, mas às vezes eu noto que ao mover a imagem em qualquer jogo, aparece um rastro absurdo, um monte de "fantasmas" na imagem, como se fosse um motion blur na tela inteira ou como se o monitor tivesse uma taxa de resposta extremamente lenta. Mas basta eu executar aquele teste de Gsync (que mostra um pêndulo) da própria Nvidia, esse defeito some. Depois posso até fechar o teste do pêndulo, e tudo fica normal. Alguém sabe o que pode ser isso?
  3. Já vi várias pessoas reclamando de over nesta placa, mas tem que considerar que ela é apenas 4+1 fases, não é boa mesmo pra over.
  4. Sim, normal. Não pode é passar de 60 graus.
  5. Mas você já está falando em "diminuir o gargalo" sem nem mesmo saber se terá gargalo? Simplesmente monitore o uso de CPU (com o task manager do windows) e o uso de GPU (com o próprio driver na Nvidia), se em algum jogo a GPU ficar abaixo de uns 80% e a CPU acima de 70%, aí sim pode começar a pensar em gargalo
  6. Roda tranquilo, eu tinha um X6 1090t e hoje tenho um FX8350 e sobra processador na grande maioria dos jogos, fique sossegado. E se precisar, nada que um over básico não resolva.
  7. Bem, existem duas possibilidades: - Algum problema com os módulos novos -Algum problema com 32Gb em 4 módulos (como você mesmo suspeita) Sugiro você testar primeiro sem over nenhum nas memórias e descartar se é isso. Realmente pode ser que o over tenha algum problema com 4 módulos. Se não for, então deixe apenas os dois módulos novos, ficando com 16Gb apenas por um tempo, pra descartar se é problema nos módulos. Depois conta pra gente o que deu. Colega, esse NÃO é o problema, não tem nada a ver o CPU com o problema das memórias. Vamos nos focar no problema do colega. Para virtualização Intel ou AMD faz pouco diferença, digo isso porque trabalho com virtualização todo santo dia em diversas máquinas: I5, I7, X6 1090t e FX8350. O desempenho é muito parecido. O FX6300 é praticamente igual a um X6 1090 ou 1100t, portanto, ele está bem servido.
  8. Black Edition é muito fácil fazer over. Eu usava um 1090t a 3.6Ghz sem mexer na tensão, e 3.8Ghz subindo um pouco. Faz o seguinte: PRIMEIRO coloca o CPU ratio para um valor que resulta em 3.6Ghz. Aí testa o sistema (joga, roda programas de stress e etc) e vê se ficou estável. Deve ficar. Mas se não ficou (pouco provável), aumente BEM POUCO a tensão de cada vez e vá testando. Se ficou, DEPOIS você pode começar a subir mais um pouco a tensão, e tentar 3.7Ghz e 3.8Ghz, isso se quiser.
  9. Pessoal, tenho uma Asus M5A99FX-PRO, um FX8350, 16Gb de RAM 2400Mhz (que rodo a 2133) e uma fonte Corsair 750W. Apesar de ver um monte de gente com esta CPU e placa igual ou semelhante atingir 4,8 ou mesmo 5,0Ghz, com um pouco de overvolt, eu não consigo fazer overvolt nenhum. Não consigo de jeito nenhum, nem com reza, subir a tensão, mesmo um aumento para apenas 1.404 ou até menos (coisa muitíssimo comum por aí). Qualquer mexida da tensão da CPU e o sistema nem dá boot e preciso dar clear cmos, pois a porcaria da placa não entende que foi over failure e ao invés de voltar ao default, trava. E isso mesmo se eu manter o clock NOMINAL, ou seja, não é problema de clock, a porcaria da placa é que não aceita nenhum overvolt, mesmo mínimo. E justamente uma placa feita para over e com tantos ajustes de tensão diferentes. Desta forma, fico com over limitado a 4,4Ghz. Até consigo dar boot com 4,5Ghz na tensão padrão, mas se for rodar algo mais pesado, fica instável. Se alguém tiver alguma dica, agradeço, pois já cansei de ver a mesma placa rodando com 1,5V e FX8350 a 4,8 ou 5,0Ghz... Lembrando que o problema acontece se apenas subir a tensão da CPU, mais nada, mesmo sem mexer no multiplicador da CPU, já recusa boot. E já tive um monte de outras placas, inclusive uma M3A78-EM que era bem inferior em termos de fases e recursos de over na BIOS, e fazia um overvolt leve sem problemas. Que diabos estou fazendo de errado?
  10. Em testes realizados pela Backblaze, empresa que oferece backup de arquivos na nuvem, os HDs da Seagate não apresentaram bons resultados e foram os que mais apresentaram erros. Os discos rígidos passaram por testes anuais e, em média, 14% dos HDs de 1,5TB da Seagate apresentaram falhas no primeiro ano de uso. Já os modelos de 3TB e 4TB também ficaram acima dos concorrentes em relação às falhas. A Western Digital apresentou baixas taxas de falhas, em 2% a 3% de seus discos rígidos. Mas quem se saiu melhor nos testes foram os produtos da Hitachi, os quais menos de 2% apresentaram falhas durante o primeiro ano. Os testes foram realizados com diversos tipos de HDs, mas a empresa indica que especificamente o Seagate Barracuda Green de 1,5TB é o que ofereceu o pior desempenho. De fato, a série Barracuda vem enfrentando problemas (reconhecidos pela própria Seagate) desde os idos de 2008 ou 2009 e pelo visto, até hoje não foram sanados. A Seagate inclusive reduziu a garantia dos seus HDs, que era de 5 anos, para apenas 1 ano. Diante disso tudo só posso afirma uma coisa: EU NUNCA MAIS COMPRO HDs DA SEAGATE!!! Eu já tive 5 HDs Seagates de 1Gb e 2 Gb nos últimos anos e 2 deram pau. Colegas meus que tb usam vários HDs tb tiveram vários problemas com Seagate. Já um Samsung de 750Gb comprado em 2007 funciona bem até hoje (mas como a Seagate comprou a divisão de HDs da Samsung, tb não arriscaria comprar Samsung nos dias atuais). Pelos testes da Backblaze, eu faria o óbvio: Só compraria WD ou Hitachi.
  11. Em testes realizados pela Backblaze, empresa que oferece backup de arquivos na nuvem, os HDs da Seagate não apresentaram bons resultados e foram os que mais apresentaram erros. Os discos rígidos passaram por testes anuais e, em média, 14% dos HDs de 1,5TB da Seagate apresentaram falhas no primeiro ano de uso. Já os modelos de 3TB e 4TB também ficaram acima dos concorrentes em relação às falhas. A Western Digital apresentou baixas taxas de falhas, em 2% a 3% de seus discos rígidos. Mas quem se saiu melhor nos testes foram os produtos da Hitachi, os quais menos de 2% apresentaram falhas durante o primeiro ano. Os testes foram realizados com diversos tipos de HDs, mas a empresa indica que especificamente o Seagate Barracuda Green de 1,5TB é o que ofereceu o pior desempenho. De fato, a série Barracuda vem enfrentando problemas (reconhecidos pela própria Seagate) desde os idos de 2008 ou 2009 e pelo visto, até hoje não foram sanados. A Seagate inclusive reduziu a garantia dos seus HDs, que era de 5 anos, para apenas 1 ano. Eu mesmo já tive 5 HDs Seagates de 1Gb e 2 Gb nos últimos anos e 2 deram pau. Colegas meus que tb usam vários HDs tb tiveram vários problemas com Seagate. Já um Samsung de 750Gb comprado em 2007 funciona bem até hoje, embora a Samsung tb tenha um grau meio alto de reclamações. Diante disso tudo só posso afirma uma coisa: EU NUNCA MAIS COMPRO HDs DA SEAGATE!!! E Como a Seagate comprou a divisão de HDs da Samsung, tb não arriscaria comprar Samsung nos dias atuais. Pelos testes da Backblaze, eu faria o óbvio: Só compraria WD ou Hitachi.
  12. Atualização : Bom, consegui resolver o problema da incompatibilidade, acontece que o procedimento para troca do driver AMD para o Microsoft AHCI constante no PDF da Samsung é incorreto, abaixo segue um que efetivamente funciona: http://www.tomshardware.com/answers/id-2336185/samsung-840-evo-performance-restoration.html O firmware foi atualizado e no momento estou no step 3 da performance restoration, este parece que vai demorar bastante.
  13. Pessoal, estou numa sinuca de bico. Tenho um Samsung 840 EVO e tentei fazer o fix para resolver o problema das leituras muito lentas, mas não consegui de jeito nenhum. O fix recusa pelo fato do meu driver AHCI ser AMD e eu não consigo de jeito nenhum instalar o Standard Microsoft AHCI Driver, mesmo fazendo o passo a passo descrito no PDF na documentação que vem no próprio fix, ou seja: desinstalando o driver da AMD, dando boot e checando se instalou o AHCI da Microsoft. Acontece que logo depois do boot o driver AMD IDE é instalado automaticamente e nenhum AHCI da Microsoft é instalado, e aí de acordo com o Device Manager, fico aparentemente sem AHCI nenhum e com um driver IDE AMD. Como alternativa, reinstalei o último driver AHCI da AMD, pois na documentação diz que o fix funciona com o mais novo, porém isso não é verdade, o fix recusa dizendo que há um driver de terceiro. Curioso é que o Catalyst diz que está instalado o driver AMD AHCI, o instalador do driver da AMD tb diz que está instalado e atualizado, o Samsung Magician diz que o modo AHCI está ativado, ou seja, parece TUDO OK, mas no Device Manager não aparece AHCI em lugar algum, só mesmo o AMD IDE driver. Não adianta nem mesmo desinstalar tudo (drivers da AMD, Catalyst e etc) pois no próximo boot o Windows instala sozinho o AMD IDE Driver e continua sem mostrar nenhum AHCI no Device Manager. Não entendo porque o Windows não instala o AHCI padrão depois que desinstalo o da AMD e tudo o mais (Catalyst e etc), pois na BIOS está setado para usar AHCI. Também não entendo porque o Catalyst e Magician mostra que tem um AMD AHCI instalado mas no Device Manager não aparece nada. E nestas condições, o fix da Samsung não roda. Como faço para obrigar o Windows instalar o driver AHCI da Microsoft e não o AMD IDE?
  14. Só para complementar, também estou usando 2 monitores, um em 2560x1080 e outro em 1920x1080. Muitas vezes jogo full HD em um deles e no outro deixo tocando um vídeo... ou seja, uso bem hard-core...
  15. Para reforçar isso, a minha comprada no início do ano (Sapphire Dual X) nunca apresentou problema de espécie alguma.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!