Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

Rafael.R

Membros Plenos
  • Total de itens

    897
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

63

Sobre Rafael.R

  • Data de Nascimento 6 de agosto

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Bauru, SP
  • Sexo
    Prefiro não dizer

Outros

  • Ocupação
    Mecânico de Manutenção
  • Interesses
    Aviação, Aeromodelismo, ufologia, Eletrônica, Transmissores de FM, Captura, Edição, Autoração de DVD
  1. Eu percebi isso. Você pode notar que nos circuitos integrados acima existem duas versões de largura, mas somente neste não. O que eu faço quando é assim é procurar algum outro componente que fisicamente seja o mesmo, como por exemplo o microcontrolador XR-2401P, que fica dentro da biblioteca exar. O ruim é que as vezes a disposição dos terminais na versão do esquemático pode ficar fora de ordem por conta de quem projetou o componente no eagle. Mas como eu geralmente uso apenas para confeccionar a placa relevo isso.
  2. Disponha. Boa montagem!
  3. Na biblioteca do Eagle, entre em ic-package, e adicione ao projeto o DIL40, que é um circuito integrado de 40 pinos.
  4. Olá pessoal. Uso um Deck Gradiente CD-3700 para monitorar a modulação de projetos de meus transmissores de FM. Ambos (esquerdo e direito) pararam de funcionar. Deve ser em alguma etapa pré amplificadora pois localizei um duplo operacional onde com uma chave metálica, toco em suas entradas e os ponteiros se movimentam. Porém, não consegui seguir o sinal de origem antes desse operacional. Não tenho prática com consertos. Alguém pode me dar um norte nessa procura?
  5. Mas o objetivo final é não apenas imprimir mas organizar o projeto dentro do programa.
  6. Olá pessoal. Tenho um projeto no Cadsoft e o esquemático esta grande para somente uma folha. Ao imprimi-lo, o desenho fica pequeno na folha A4. Gostaria de dividir o esquemático em 2 folhas mas não sei como interliga-los para manter a conexão. Alguma ajuda?
  7. Vejam que simplicidade, só não sei onde encontrar esse componente: http://www.tradeofic.com/Circuit/941-SOLDERING_IRON_CONTROL.html MOR_AL você tem algum diagrama com o tiristor?
  8. Sou zero com pwm procuro por um circuitinho mais simples. Mas você tem o circuito ai pra eu dar uma olhada e cotar peças?
  9. Pois é. No começo eu montei um dimmer com triac, liguei o ferro de solda na saida e ajustei o pot para 70 volts (por exemplo), deixei o ferro aquecer. Algum tempo depois eu notei que a tal correia não amolecia o suficiente, eu precisava de um pouquinho mais de calor. De posse de um multimetro ligado na saída eu tentei ajustar o pot para 75 volts e ver como tudo se comportava mas o dimmer pulou para mais de 80 volts. Era uma caracteristica do circuito, não importa se trocar o triac ou o trimpot. Ao colocar uma lâmpada incandecente na saida é possivel ver visualmente (com atenção) a luminosidade aumentando não linearmente. É por isso que eu gostaria de um circuito que controlasse a tensão de forma mais linear como se fosse uma fonte de alimentação ajustável, mas nem precisa descer até zero volt. Entre 60v e 127v está ótimo. Alguém conhece algum circuito com transistor modesto que eu possa fazer isso? Dimmer não serve. (Agradeço a ajuda de todos até aqui..)
  10. Poxa vida, a precisão será observada com o amolecimento da bendita correia. O tópico está saindo de foco.
  11. Isso será feito visualmente.. Por exemplo. Em 127V o ferro de solda esquenta demais para a finalidade derretendo a correia ao invés de somente amolece-la. Com um dimmer diminuo a tensão para 70 volts e faços as soldagens perfeitas.. Mas existem alguns casos em que preciso de um pouquinho mais de calor, com uns uns 75/80 volts, mas o dimmer ja pula mais do que isso. Então esse ajuste preciso seria simplesmente verificado visualmente. Eu pensei em retificar a tensão da rede e usar diodos em série, mas seriam muitos diodos.
  12. Esta precisão se deve conforme diferentes fabricantes de correias ou o estado de uso delas. Para uma soldagem perfeita eu preciso ajustar a temperatura do ferro para se adequar ao estado ou tipo da correia. http://image.made-in-china.com/2f0j10jKGQaNSIAhcs/Polycord-PU-Rough-Round-Belt-f.jpg
  13. Ola pessoal. Preciso controlar com precisão a temperatura de um ferro de solda Fame de 70w. Nunca consegui precisão com um dimmer pois ele dava pulos de quase 10 volts no controle de tensão. Eu realmente preciso de um circuito que funcione ao passo de 1V. Tenho um trafo com entradas da rede local e com saída de 130V que acredito poder usar caso me apareça um circuito linear retificado. A tensão não precisa descer até zero, até 60V está ótimo. Obrigado.
  14. Com certeza não serve para carregar uma bateria zerada. Mas carregar uma bateria com carga zero não é muito corriqueiro, apenas se um veículo ficar parado por meses. Mas até nas lojas as baterias já saem carregadas.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×