Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Edson Luiz Branco

Membros Plenos
  • Total de itens

    661
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

161

5 Seguidores

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Joinville/SC
  • Sexo
    Masculino
  1. Grande mestre @osvaldomp, boa noite! De fato no exemplo dado poderia ser usada a forma simplificada (Soma = [SUM(COUNTIF(A2:F2,A1:F1))]), sem usar o método Evaluate. Mas como raramente se usa um range fixo e também com o intuito de deixar mais claro o que se pretende obter, minha opção foi pela forma mais "documentada". Supondo, por exemplo, que no caso do colega @CasaDoHardware rg1 e rg2 fossem dois ranges quaisquer. Nessa situação, a forma simplificada não chega a ser avaliada, ocorrendo erro: Soma = [SUM(COUNTIF(" & rg2.Address & "," & rg1.Address & "))"] ==> erro: "Tipos Incompatíveis" Já com o uso do Evaluate, a expressão para a variável Soma poderia ser dada por: Soma = Evaluate("SUM(COUNTIF(" & rg2.Address & "," & rg1.Address & "))") que é corretamente avaliada como 3. Sub Teste() Dim Soma As Integer, rg1 As Range, rg2 As Range, a Planilha1.Activate Set rg1 = [A1:F1]: Set rg2 = [A2:F2] Soma = Evaluate("SUM(COUNTIF(" & rg2.Address & "," & rg1.Address & "))") End Sub
  2. Boa noite, colegas! Outra forma, só que sem usar as matrizes: Sub Teste() Dim Soma As Integer Planilha1.Activate Soma = Evaluate([SUM(COUNTIF(A2:F2,A1:F1))]) End Sub
  3. Boa noite, Mimoso. Não entendi porque. você quis inserir quebra de seção dentro da tabela, já que a própria tabela já se comporta como uma divisão em colunas...
  4. Bem vindo, @Caiofo. Dê mais detalhes do que você quer, de preferência anexe seu arquivo também.
  5. Não entendi direito, @Jorge Toledo . Sugiro fazer um exemplo completo, fixando U5 e X5 e preenchendo manualmente os quadrados cinzas da direita para entendermos o raciocínio do problema.
  6. Boa tarde, @Rafael Borges P. No seu arquivo zipado só tem um documento (só do Word).
  7. Boa tarde, @Joseph2018 Tente as seguintes adições à sua macro: Sub mcrConsultar() Dim CO As Variant 'Guarda os Critérios Originais para repô-los ao final Dim d1 As String, d2 As String 'd1 e d2 = Data sem comparador Dim r1 As String, r2 As String 'r1 e r2 = comparadores relacionais de T2 e U2 CO = Array([T2].Value, [U2].Value) d1 = Replace(Replace(Replace(CO(0), ">", ""), "<", ""), "=", ""): r1 = Replace(CO(0), d1, "") d2 = Replace(Replace(Replace(CO(1), ">", ""), "<", ""), "=", ""): r2 = Replace(CO(1), d2, "") Application.ScreenUpdating = False If IsDate(d1) Then [T2].Value = r1 & Format(d1, "mm/dd/yyyy") If IsDate(d2) Then [U2].Value = r2 & Format(d2, "mm/dd/yyyy") Columns("A:J").AdvancedFilter Action:=xlFilterCopy, CriteriaRange:=Range( _ "N1:U2"), CopyToRange:=Range("N9:T9"), Unique:=False Range("T2:U2").Value = CO Application.ScreenUpdating = True End Sub
  8. Bem vindo ao Fórum Microsoft Office do Clube do Hardware, @sdrrro Como você não anexou nenhum arquivo para termos ideia do que e como você pretende dispor as informações, sugiro que tente usar o gravador de macros para ver até onde isso pode te atender, mas faça uma cópia de segurança de sua pasta de trabalho Excel antes como precaução. Após feito isso, terá que ser editada para adequar às suas necessidades. Ou anexe aqui mesmo um modelo idêntico ao seu arquivo, substituindo informações confidenciais por outros valores, mas sem descaracterizar a estrutura e os dados e cuidando de informar/exemplificar o que e onde você pretende que os gráficos fiquem.
  9. Mais uma alternativa seria a de usar a propriedade StatusBar, apesar de simplória e de não apresentar recursos tão elaborados... No ponto em que vai iniciar o processamento demorado, insira algo como: Application.StatusBar = "AGUARDE PROCESSAMENTO... " E ao finalizá-lo, para voltar ao normal: Application.StatusBar = False
  10. Trabalhoso, colega @Igor Moraes Mariano , mas vamos lá: Defini intervalos nomeados que são dinâmicos, ou seja, se sua tabela crescer ou diminuir ele acompanhará (até a 120ª linha). Na verdade há um que é o principal ("tblDados") e os demais derivam dele, ficando mais fácil a manutenção. Havendo dúvidas quanto ao significado de cada um, questione. Em alguns locais seus valores irão diferir dos meus. Pelo seu exemplo, como o sujeito dormiu das 23:30 às 07:30, então por esse critério os valores da linha 49 (23:39) já teriam que pertencer ao período de Sono, não ao de Vigilia, penso eu. Portanto esses valores compõe as métricas do período em Repouso, não em Vigília. Há outros outros locais em que há diferenças de valores, como nos cálculos de Desvio Padrão em Vigília. Ali não entendi o porquê de você ter considerado intervalos como =DESVPAD(D3:D498;D66:D68) em todas as colunas. Acredito que tenha sido um erro de digitação em que o algarismo 9 entrou de gaiato ali no meio do 4 e do 8 hehehe. Não compreendi o que você quer na área azul (Morning Sourge) A parte do cálculo do coeficiente de regressão linear para a "Rigidez Arterial" AASI (1 - a) foi feito também através de fórmula e está OK. As fórmulas são na sua grande maioria matriciais, portanto se for editá-las, lembre-se de finalizar com CTRL+SHIFT+ENTER. Sucesso pra você em seu trabalho de mestrado! Vai firme! Exemplo V4.xlsx
  11. Ok, agora diante desses fatos novos (possibilidade de passar de 24h, tabela ter entre 60 e 110 linhas, linhas-limite arbitrárias) faz sentido essa segmentação. Só sugiro que, quando possível, procure explicar tudo no início p/ evitar retrabalho, ok? Sim, mas deixemos pra amanhã essas duas partes, ok?
  12. O problema é que você não ajustou o intervalo para o tamanho de sua tabela de dados e ele está considerando na fórmula ainda até a linha 77 daquela que fiz mas sua nova tabela só vai até a linha 64. Logicamente que, como da linha 64 a 77 não existem dados, são considerados zero e entram na composição da média como tal. Não bastasse isso, em sua fórmula você está considerando até a linha 120! Aliás, percebi que em seu último arquivo você acabou fazendo uma completa lambança nas fórmulas hehehehe: A fórmula em J3 não está matricial As fórmulas no intervalo J3 a M5 consideram só o intervalo até a linha 20 (menor do que o intervalo real) As fórmulas no intervalo J6 a M25 consideram o intervalo até a linha 120 (maior do que o intervalo real) As fórmulas no intervalo J26 a M28 consideram um intervalo absurdo, começando no meio da tabela (linha 30) e indo até além dela (120) Talvez seja o cansaço, isso acontece.
  13. Não entendi em que situação isso está ocorrendo para você, pois veja que a fórmula para o valor zero, que também é matricial, é idêntica às demais fórmulas, só muda a hora de comparação. Tomemos como exemplo a fórmula da Pressão Arterial Sistólica (PAS): =SEERRO(MÉDIA(SE(HORA($A$3:$A$77)=0;$D$3:$D$77;""));"") Em seu exemplo: As médias calculadas pela fórmula foram, respectivamente, Que são os valores corretos para média dos dados para as horas entre zero (inclusive) e uma hora da manhã (exclusive).
  14. Boa noite, @Igor Moraes Mariano Avalie o anexo se é isso... Exemplo.xlsx
  15. Bem vindo, @Antônio Ricardo Vieira Esse problema parece ocorrer ao tentar acessar a pré-visualização do conteúdo ou das propriedades do arquivo Excel no Explorer e não parece ser problema no Excel, mas sim no Windows Explorer. Tente simplesmente desabilitar o painel de visualização no Windows Explorer (ALT+P) Não resolvendo, tente restaurar os padrões de pastas e visualização: Acesse no menu do Windows Explorer a opção Organizar Escolha Opções de Pasta e Pesquisa Em cada uma das 3 abas, escolha "Restaurar Padrão" 3. Tente fazer uma verificação de erros e depois desfragmentação do seu HD: botão direito sobre a unidade C : > Propriedades > guia Ferramentas > comece com uma Verificação de Erros (é um pouco demorada e é necessário reiniciar) e depois uma desfragmentação.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×