Imprimir artigo
Ativando o Hyper-Threading
04/06/2003 às 11h49min por Gabriel Torres em Tutoriais
68.289 visualizações

Com o lançamento de vários processadores Pentium 4 com a tecnologia Hyper-Threading - 2,4 GHz "C", 2,6 GHz "C", 2,8 GHz "C", 3 GHz "C" e 3,06 GHz - fica a pergunta: mas afinal, como ativar essa tecnologia?

Para começar, o seu processador terá de possui-la. Note que há processadores de 2,4 Ghz a 2,8 GHz com e sem esta tecnologia. Os processadores que têm essa tecnologia são rotulados com uma letra "C" após o seu clock, no invólucro do processador.

A tecnologia Hyper-Threading faz com que o sistema operacional "pense" que há dois processadores instalados na máquina, isto é, "pense" que a sua máquina é uma Dual-Pentium 4. Isso é possível porque há partes do processador que normalmente ficam ociosas e o que a Intel fez foi "liberar" tais partes para serem usadas como se fossem um novo processador.

Para tirar proveito dessa tecnologia, o sistema operacional tem que reconhecer mais de um processador e tem que saber distribuir tarefas entre eles. Além disso, tem que estar otimizado para essa tecnologia. O Windows 9x/ME não tem esse recurso e, portanto, não tira proveito dessa tecnologia. O Windows 2000 e o Windows NT reconhecem mais de um processador, mas não são otimizados para o Hyper-Threading. Com isso, só sobram dois sistemas operacionais a serem usados: Windows XP e o Linux (com Kernel a partir da versão 2.4.x).

Além disso, a placa-mãe do micro tem que ter a capacidade de habilitar a tecnologia Hyper-Threading. Somente as placas-mães para Pentium 4 mais novas têm essa capacidade. Para funcionar, essa tecnologia tem que ser habilitada no setup da placa-mãe.

Atendendo a esses requisitos, o Hyper-Threading estará automaticamente habilitado. No Windows XP, você pode conferir se o sistema está usando essa tecnologia de duas formas. A primeira é através do Gerenciador de Dispositivos (ícone Sistema do Painel de Controle, guia Hardware). Na chave Processadores haverá dois processadores iguais sendo listados. A segunda forma é através do Gerenciador de Tarefas, que é chamado pressionando-se simultaneamente as teclas Control, Alt e Del. Na guia Desempenho desse gerenciador há um gráfico chamado Histórico de uso de CPU. Em sistemas com um só processador ou com a tecnologia Hyper-Threading desativada, haverá apenas um gráfico mostrando o uso do processador da máquina. Em sistemas com dois processadores ou com a tecnologia Hyper-Threading ativada, haverá dois gráficos mostrando a taxa de utilização dos processadores. No caso de uma máquina com um processador Hyper-Threading, o segundo processador é virtual.

Ativando o Hyper-Threading

Figura 1: Máquina com processador comum.

Ativando o Hyper-Threading

Figura 2: Máquina com Hyper-Threading ativado.

AUTOR
Gabriel Torres
Gabriel Torres
Editor-Chefe

Gabriel Torres criou o Clube do Hardware em maio de 1996, onde escreve artigos e coordena o trabalho dos nossos diversos colaboradores. É também autor de 24 livros sobre hardware, redes e eletrônica. Foi, de 1996 a 2007, colunista do suplemento de informática do jornal O DIA (RJ). Mora atualmente nos Estados Unidos.

ARTIGOS RELACIONADOS
Modelos de Pentium 4
06/02/2002 às 1h00min por Gabriel Torres em Processadores
Pentium 4
16/08/2000 às 1h30min por Gabriel Torres em Processadores
ÚLTIMOS ARTIGOS
451.577 usuários cadastrados
210 usuários on-line