Imprimir artigo
Limpando o Computador
13/10/2004 às 10h44min por Gabriel Torres em Artigos
225.364 visualizações

Seu micro está sujo? Você trabalha com manutenção e recebe micros imundos para consertar? Em nossa coluna de hoje explicaremos em detalhes como a limpeza de computadores deve ser feita. Todos os procedimentos descritos devem ser feitos com o micro desligado.

Vamos começar pelas duas peças mais usadas: o teclado e o mouse. Se o seu teclado não estiver muito sujo, você pode simplesmente passar um pincel grosso ou uma escova de dentes entre as teclas para limpá-lo. Mas se o seu teclado estiver com aspecto de encardido, então uma limpeza mais pesada é necessária. Você deverá remover as teclas do teclado e limpá-las uma-a-uma usando um pano embebido em detergente do tipo "multi uso". Antes de retirar as teclas do teclado, você deverá desenhar um mapa contendo a posição das teclas, para que você não perca tempo tentando adivinhar o local de cada tecla depois. A remoção das teclas pode ser feita usando uma chave de fendas pequena, empurrando a tecla para cima. A base do teclado, agora sem as teclas, deverá ser limpa com um pincel grosso ou uma escova de dentes. Você verá como a base do teclado acumula poeira, cabelo e pedacinhos de papel.

Para limpar o mouse, abra o seu compartimento inferior rodando a sua tampa no sentido anti-horário e, em seguida, remova a bolinha do mouse. Essa bola deve ser limpa com o auxílio de um pano embebido em detergente do tipo "multi uso". Já no interior do mouse você deve limpar os roletes existentes. Você verá uma quantidade enorme de sujeira grudada nesses roletes. Use uma chave de fendas pequena ou mesmo a tampa de uma caneta esferográfica para remover totalmente esta sujeira. Muita dessa sujeira cairá dentro do mouse, por isso antes de colocar a bola de volta e tampar o mouse, você deverá sacudi-lo para que toda a sujeira que caiu dentro do mouse saia.

O gabinete do seu computador deve ser limpo com um pano embebido com detergente do tipo "multi uso" ou então com pasta de limpeza branca. Pela nossa experiência, aquela pasta de limpeza que camelôs vendem na rua e chegam a limpar pedras portuguesas da rua ou o mármore presente na entrada de edifícios para demostrar a eficiência do produto é a melhor, por incrível que pareça.

Chegamos agora à parte mais trabalhosa: limpar o interior do micro. Antes de abrir o computador, remova o cabo de força da tomada. O grosso da poeira existente você pode limpar usando um pincel grosso ou uma escova de dentes. Se o interior do micro estiver muito sujo, remova todas as placas e cabos para poder fazer a limpeza com mais eficiência. Não se esqueça de observar bem a posição dos cabos para que você consiga depois montar o micro de volta.

Os contatos de borda (conectores dourados) das placas e módulos de memória você deve limpar com uma borracha branca, "apagando" a sujeira. Isso deve ser feito longe do micro, para que os resíduos da borracha não caiam dentro do gabinete.

Já os slots e conectores da placa-mãe ­­– incluindo o soquete do processador ­– você deve limpar usando uma escova de dentes embebida em álcool isopropílico. Não use álcool comum, pois ele tem uma alta concentração de água que pode acabar por oxidar os componentes do micro. O ideal para este procedimento é que você retire a placa-mãe de dentro do micro. Se a placa-mãe estiver realmente imunda, você pode inclusive dar um banho nela usando álcool isopropílico.

Por fim, limpe as ventoinhas existentes – processador, placa de vídeo e fonte de alimentação – com um pincel ou escova de dentes. Se as ventoinhas estiverem com muita poeira, você terá de desmontá-las para limpá-las corretamente.

AUTOR
Gabriel Torres
Gabriel Torres
Editor-Chefe

Gabriel Torres criou o Clube do Hardware em maio de 1996, onde escreve artigos e coordena o trabalho dos nossos diversos colaboradores. É também autor de 24 livros sobre hardware, redes e eletrônica. Foi, de 1996 a 2007, colunista do suplemento de informática do jornal O DIA (RJ). Mora atualmente nos Estados Unidos.

ARTIGOS RELACIONADOS
Processadores Para o Próximo Milênio - Parte 1
13/02/2001 às 0h00min por Ricardo Zelenovsky e Alexandre Mendonça em Processadores
Quanto e Como Cobrar? - Parte 2
09/06/1999 às 5h35min por Gabriel Torres em Mercado de Trabalho
Quanto e como cobrar?
02/06/1999 às 5h30min por Gabriel Torres em Mercado de Trabalho
ÚLTIMOS ARTIGOS
451.862 usuários cadastrados
2.147 usuários on-line