Ir ao conteúdo

Placa-mãe ASRock H110M-G/M.2

       
 10.836 Visualizações    Primeiras Impressões  
 2 comentários

A H110M-G/M.2 é uma placa-mãe de baixo custo da ASRock para processadores Intel soquete LGA1151, baseada no chipset H110, com suporte a SSDs formato M.2. Confira!

Placa-mãe ASRock H110M-G/M.2
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Periféricos on-board

O chipset Intel H110 é uma solução de apenas um chip, também conhecido como PCH (Platform Controller Hub ou hub controlador de plataforma). Esse chip oferece quatro portas SATA-600, sem suporte a RAID. A placa-mãe traz estas quatro portas SATA, instaladas na extremidade da placa-mãe e rotacionadas em 90 graus, de forma que a instalação de placas de vídeo não as bloqueie. Uma destas portas é compartilhada com o slot M.2.

asrock-H110M-GMM2-04.jpg

Figura 4: as quatro portas SATA-600

O chipset Intel H110 suporta dez portas USB 2.0 e quatro portas USB 3.0. A ASRock H110M-G/M.2 oferece oito portas USB 2.0, sendo quatro no painel traseiro e quatro disponíveis em dois conectores localizados na placa-mãe. Há quatro portas USB 3.0, todas controladas pelo chipset, sendo duas delas no painel traseiro e duas disponíveis em um conector. Não há portas USB 3.1.

A ASRock H110M-G/M.2 não traz portas FireWire nem Thunderbolt.

Esta placa-mãe suporta áudio no formato 7.1, gerado pelo chipset usando um codec Realtek ALC887. Este componente apresenta relação sinal/ruído de 97 dB para as saídas analógicas, 90 dB para as entradas analógicas e taxa de amostragem de até 192 kHz para as entradas e saídas. Essas especificações são boas para um usuário comum, mas se você pretende trabalhar profissionalmente com edição de áudio, deve procurar por uma placa-mãe que ofereça relação sinal/ruído de pelo menos 97 dB para a entrada analógica.

A placa vem com saídas de áudio analógico compartilhadas, o que significa que você precisará usar os conectores “line in” e “mic in” para instalar um conjunto de caixas analógicas de seis canais. Não há saída SPDIF coaxial nem óptica.

A placa-mãe analisada vem com uma porta Gigabit Ethernet, controlada por um chip Intel i219V.

Na Figura 5, podemos ver o painel traseiro da placa-mãe, com duas portas USB 2.0, um conector PS/2 compartilhado para teclado ou mouse, saída DVI-D, saída VGA, saída HDMI, duas portas USB 3.0, mais duas portas USB 2.0, uma porta Gigabit Ethernet e os conectores de áudio analógico (compartilhados).

asrock-H110M-GMM2-05.jpg

Figura 5: painel traseiro

Na Figura 6, podemos ver os acessórios que acompanham a ASRock H110M-G/M.2.

asrock-H110M-GMM2-06.jpg

Figura 6: acessórios

Compartilhar

  • Curtir 5


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários


deveriam ter disponibilizado todas as portas usb 3.x nos conectores da placa-mãe pois ficaria melhor para quem vai utilizar hds esternos usb 3.0 já que temos menos conexões sata

com isso faz se obrigatório o uso do conector m2 para que precisar de mais de 4 hds

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Interessante a presença de dissipadores no VRM, coisa que ate pouco tempo era exclusiva de placas intermediarias/ top de linha, ainda mais considerando o que foi dito sobre a placa não fazer OC talvez fosse mais util conectores USB 3.0 internos.

 

A placa é bem equilibrada e 4 SATA, considerando a ausência de RAID e para usar em um gabinete mATX simples que as vezes só tem 2~3 baias de 3.5" ate que é razoável, ao menos a placa tem conectores a 90°.

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×