Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Placa-Mãe PCChips M935

       
 73.062 Visualizações    Testes  
 0 comentários

Teste com a placa-mãe PCChips M935, baseada no chipset SiS 651, para a plataforma soquete 478.

Placa-Mãe PCChips M935
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Esta é mais uma daquelas placas-mães da PCChips com tudo on-board, isto é, altamente integrada e com poucos recursos, desta vez para Pentium 4, baseada no chipset SiS 651. Seu preço realmente é o diferencial: nos EUA, ela custa exatamente a metade do preço (US$ 55) em relação a placas-mães de qualidade.

 



Figura 1: Placa-mãe PCChips M935.

O mais importante em nossos testes com placas-mães da PCChips é mostrar aos nossos leitores a melhor forma de configurá-la, mostrando dicas e macetes para esse tipo de placa-mãe render o máximo de desempenho. Os nossos testes com a M935 seguiram esse padrão. Primeiro, vamos falar de seus recursos. Em seguida, fizemos vários testes de desempenho com várias configurações diferentes, onde mostraremos qual é a diferença de desempenho apresentada por conta das diferentes configurações de memória oferecidas.

Como essa placa-mãe tem tanto soquetes DIMM quanto DDR-DIMM, queríamos responder algumas perguntas: "A memória DDR-SDRAM é realmente muito mais rápida do que a SDRAM?", "Vale a pena instalar uma memória DDR333/PC2700 na M935?" e "Qual é a diferença de desempenho que há no micro quando instalamos memórias DDR de clock mais elevados?"

Após esses testes, nossos testes de desempenho comparando essa placa-mãe com outras, onde faremos uma análise do desempenho da placa e, principalmente, do desempenho do seu vídeo on-board.

E, por fim, testes de overclock e nossas conclusões a respeito dessa placa.

Em relação aos recursos que essa placa-mãe tem, o que chama logo a atenção é a existência de dois soquetes DIMM e dois soquetes DDR-DIMM, podendo o usuário optar por usar memórias SDRAM ou DDR-SDRAM (uma ou outra, não as duas ao mesmo tempo). A vantagem do chipset SiS 651 é aceitar memórias DDR333/PC2700. Ela tem apenas dois slots PCI, mas tem um slot AGP que facilita caso você queira desabilitar o seu vídeo on-board para a instalação de uma placa de vídeo decente. O som on-board é surround de quatro canais feito em conjunto com o codec da C-Media CMI9738 e a rede on-board é feita pelo chip VIA VT6103. A ponte sul do SiS 651, SiS 962, aceita discos rígidos ATA-133 e tem seis portas USB 1.1. Essa placa-mãe, no entanto, tem só quatro portas USB, duas soldadas sobre a placa e duas acessadas através de adaptador, que não vem com a placa-mãe.

O CD da M935 é o CD-ROM tradicional da PCChips, vindo com alguns programas, como o PC-Cillin (antivírus), o PC DJ (programa para mixagem de músicas em MP3) e o E-Color (ajuste de cores), mas essa placa-mãe vem com um CD-ROM extra sensacional, contendo o pacote Supreme Office Suite 3.0, que é um suite de aplicativos freeware, contendo um processador de textos, uma planilha eletrônica, um programa de apresentação gráfica, etc, uma excelente solução para quem precisa ter softwares 100% legalizados mas não quer pagar uma baba pela licença do Microsoft Office. Esse pacote foi criado pelo pessoal do ThizLinux e você não precisa se preocupar, pois esse pacote é para Windows (instalamos e testamos, funciona muito bem). Para conhecer esse programa, visite http://www.thizlinux.com. Só um detalhe: ele tem entre suas opções de idioma o Português, só que é o de Portugal, não o do Brasil.

 

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×