Imprimir artigo
Teste do smartphone Samsung Galaxy S5
por em Testes
Última atualização:
37.411 visualizações
Página 8 de 8

Conclusões

Produto Recomendado Clube do Hardware

Não há como você não gostar do Galaxy S5. O grande problema, como sempre, é o famigerado “Custo Brasil”. À vista, ele custa cerca do dobro do valor cobrado no exterior. Já com plano de 24 meses, nos EUA ele é oferecido por apenas um único pagamento de US$ 200, enquanto que na Ásia há operadoras que oferecem o aparelho de graça, dependendo do plano mensal pelo qual você optar. Enquanto isso, no Brasil, você pode optar por um pagamento mensal de R$ 83,25 pela Claro ou R$ 125 pela Vivo (a Oi e a TIM ainda não oferecem o aparelho) durante 12 meses, dando um total de R$ 999 ou R$ 1.500, respectivamente – sem contar o custo do plano mensal. Não chega a ser tão barato quanto no exterior, mas o aparelho tem, definitivamente, um custo relativamente acessível se você optar por um contrato de 12 meses..

O Xperia Z2 da Sony é um concorrente à altura e traz as mesmas características gerais. A principal diferença entre os dois é a presença do sensor de batimentos cardíacos no S5, mas, sinceramente, é apenas uma curiosidade. O Z2 tem como vantagem a câmera de maior resolução, mas ficamos impressionados com a qualidade da lente usada no S5, como você pode atestar pessoalmente nas fotos que disponibilizamos para download.

Pontos fortes

  • Alto desempenho
  • Tela Full HD de alta qualidade
  • Excelente autonomia de bateria para sua categoria
  • Fones de ouvido de qualidade superior
  • A qualidade da câmera surpreendeu para fotos
  • Rede sem fio IEEE 802.11ac banda dupla (máximo de 433 Mbps), Bluetooth 4.0 e NFC
  • Leitor de impressões digitais que substitui a entrada de senhas
  • Transmissor infravermelho permite que o celular seja usado como controle remoto
  • Porta USB 3.0
  • Resistente à água (até 30 minutos a uma profundidade de até um metro)
  • Apesar do “Custo Brasil”, é acessível se você optar por um plano de 12 meses

Pontos fracos

  • O sensor de batimentos cardíacos é mais uma curiosidade do que para uso prático
  • Filmagem limitada a 30 quadros por segundo em todas as resoluções
  • Perda de qualidade nas fotos e filmes quando é usado o zoom da câmera
AUTOR
Gabriel Torres
Gabriel Torres
Editor Executivo

Gabriel Torres criou o Clube do Hardware em maio de 1996, onde escreve artigos e coordena o trabalho dos nossos diversos colaboradores. É também autor de 24 livros sobre hardware, redes e eletrônica. Foi, de 1996 a 2007, colunista do suplemento de informática do jornal O DIA (RJ). Morou nos Estados Unidos de 2007 a 2013 e atualmente mora na Austrália.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
530.014 usuários cadastrados
207 usuários on-line