Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

Recommended Posts

Overclocking na Campus Party

Retornamos da Colômbia, onde fomos representar o Brasil na arte do overclocking e de lá trago um resumo dos acontecimentos.

Devo acrescentar que, viajei com uma imagem totalmente irreal do que seria o país, em especial Bogotá.

Fui acolhido com muito carinho pelos bogotanos (rolos), e o que encontrei foi um povo extremamente educado e inteirado das últimas tecnologias, uma cidade muito linda e moderna.

O que escutamos sobre lá (os fatos sobre exportação de drogas, farc, pobreza, etc) é totalmente fora da realidade.

Claro que nem tudo é "maravilhoso", e como em qualquer lugar do Brasil existem locais melhores e piores (em termos de segurança, beleza, qualidade de vida, etc, mas de uma forma geral eles tem um índice muito baixo de analfabetismo e entrando no mérito do tópico, são apaixonados por overclocking, modding e tecnologia em geral.

Voltando ao tema , logo que chegamos começamos a preparar os equipamentos que iriam ser usados.

Desta vez levamos um verdadeiro arsenal (na última Campus, quase pusemos tudo a perder quando perdemos um E8600 premiado que iriamos usar na apresentação).

Uma plataforma completa i7 (com 2 motherboards Classified, um Core i7 Extreme 965 D0 e as incríveis memórias OCZ Reaper 1866 Mhz, que superaram com certa facilidade as Dominator 2000 que levei como garantia); uma plataforma AM3 com uma Asus M4A79T Deluxe, um Phenom II 955 (que alcançou 6244 Mhz) e memórias Crucial DDR3 2000 Mhz e uma plataforma 775 com uma Biostar TPower I45 que usariamos para uma competição de over, pois ser excepcional para a atividade e ainda fácil de ser configurada.

Para suporte a estes, 2 fontes Corsair (1 de 1000 Mhz e outra de 850 Mhz), 5 placas de video (2 GTX295, 2 HD 4870X2 e 1 8800GTS), 2 SSDs Vertex e 2 HDs 7200.12 da Seagate.

A produção da Campus disponibilizou todo suporte, com 300 litros de nitrogênio líquido, local seguro para armazenamento das peças, palco e um excelente hotel para nossa estadia (somente haviam 3 brasileiros; eu, a Fabi e o Robson da Administração da Campus Party, responsável pelo suporte de energia elétrica e redes de todo o evento).

Todo o evento teve cobertura completa da midia local e internacional e apesar dos milhares de participantes, não consegui identificar sequer um único incidente desagradável (brigas, roubos, etc).

A primeira apresentação:

Na primeira apresentação, abordamos a arte do overclock com uma explicação geral (os tipos de refrigeração, plataformas, os equipamentos que podem ser overclockados, etc) e no fim desta apresentamos alguns equipamentos com diferentes formas de refrigeração (aircooled, watercooled, LN2 cooled) e desta forma acreditamos ter levado ao encanto das pessoas a arte que tanto nos dedicamos.

Objetivamos nesta demonstrar e explicar para que novos adeptos e interessados fizessem parte dos desafios que viriam nos dias posteriores.

A segunda apresentação:

Resolvemos logo de início, para atrair o público, promover uma competição de overclocking.

Recebemos da produção um Intel E5200 (eu havia levado meu Quad Q6600 que atingiu 5025 Mhz, mas achamos mais fácil utilizar um dual, pois além de subir muito, pode ser configurado mais fácil e rapidamente).

Utilizaríamos um Thermalright Ultra 120 Cooper com fan Delta e a pedido dos próprios competidores, realizei testes com ele no Nitrogênio para avaliar sua capacidade (ainda não havia utilizado nenhum desses em meus testes).

Bastou que se colocasse o nitrogênio em prática para que se congestionasse a área de apresentação.

O desempenho foi muito bom e conseguimos quase 5400 Mhz (record sulamericano a somente a 1 Mhz da quarta colocação).

dpvk81.jpg

Confesso que esperava que subisse mais pois os primeiros colocados conseguiram significativos Mhz à frente, mas mesmo assim foi um ótimo desempenho (sabendo que tinhamos apenas um único E5200 que nos foi cedido, e eu saber que além de conhecimento, é muito ncessário ter sorte com o processador).

Partimos pra competição; depois de selecionados os que tinham conhecimento para participar, puderam participar 10 duplas e o benchmark escolhido foi o SuperPi de 1MB.

A competição foi muito acirrada, e diferente da realizada na Campus Party do Brasil em janeiro, os competidores mostraram excelente conhecimento e desempenho, saindo a dupla ganhadora com um troféu e 2 Fontes OCZ de 600W por terem conseguido a ótima marca de 12s a quase 4600 Mhz no ar, décimos de segundo à frente dos segundos e terceiros colocados.

A terceira apresentação:

No segundo dia de apresentação de overclock extremo, a plataforma escolhida seria a AM3.

Usaríamos o Phenom II 955 ancorado pela Asus M4A79T DeLuxe e as memórias OCZ.

Desta vez, além de SuperPi e o tradicional CPUz, estaríamos também ancorados pelas 2 HDs 4870X2 para correr os testes de 3DMark (06 e vantage).

De última hora, já sabendo que não conseguiríamos marca melhor do que a que já havia obtido (o processador estava limitado a 6244 Mhz, o que permitiu excelente colocação a nível mundial, mas este já havia sido testado exaustivamente e seu limite máximo ja havia sido alcançado), a produção da Campus Party nos cedeu um Phenom II X2 550 de 2.5 Mhz (lançamento da AMD).

Conseguimos novamente o record sulamericano com 5460 Mhz o que nos prorcionou a quinta colocação mundial (muito aquém das expectativas em relação ao clock).

1el6d2.jpg

A validação rejeitada deve-se ao não suporte pelo novo CPU, mas foi devidamente validada pelo HWBot.

Pessoalmente esperava muito mais do processador, pois sabia que alguns X2 550 podiam chegar a 6 Ghz ou mais, mas apenas tinhamos esta unidade e o limite dele foi alcançado. Resolvemos então nos divertir com ele mesmo, partindo para disputa do PiFast e SuperPi que requerem ajustes de memória e estabilidade para poder buscar algum resultado quando então fomos premiados um uma terceira colocação.

14lj4fb.jpg

A terceira e definitiva apresentação: o nome dado pelos organizadores no site oficial "Quebrando uma marca".

Só pelo nome da pra perceber o fardo que estavamos carregando, pois quem faz over extremo, sabe que pode acontecer qualquer coisa e mesmo um equipamento pré ajustado pode dar problema ou não alcançar o resultado esperado.

Haviamos corrido testes gráficos (os Marks) para deleite dos espectadores, mas sem pretensão de quebra de recordes, uma vez que tanto as GTX295 quanto as HD 4870X2, sem que tenham refrigeração forçada, não podem ter suas voltagens significativamente alteradas e desta forma impedindo-nos de competir por "quebra de marcas".

Chegamos a conseguir mais de 33000 pontos no 3DMark 2006; é uma excelente marca mas não para "quebrando uma marca".

Como já era esperado (e em consequência do pouco tempo de apresentação; a qual deve ter a explicação do que é Overclock, quais os tipos e equipamentos que podem fazê-lo, as formas de refrigeração, os riscos, etc etc), o benchmark escolhido pela organização (e reiterado por nós) foi o SuperPi de 1MB.

Eu já havia conquistado a segunda colocação com 7.531 segundos, mas deveria quebrar pelo menos a minha própria marca.

Desta vez estavamos em outro palco, com a midia transmitindo diretamente (para aumentar mais ainda o compromisso e o nervosismo).

Após ter alcançado a temperatura ideal e alguns ajustes, conseguimos bater por 2 vezes a marca anterior.

2gwx4df.jpg

Após este feito, cravamos exatos 7.500 s e a tela deu freezing, mas foi filmado a 0,01 segundos do Record Mundial.

No PiFast conseguimos igual feito, ou seja, a segunda colocação com exatamente o mesmo tempo que já haviamos conseguido.

fva5ty.jpg

Estou certo que alcançamos com esta o objetivo a qual nos propomos, que foi de levar o nome dos Brasileiros à linha de topo e de quebra fazer novos apaixonados pela arte.

A imagem que nós temos dentro da América do Sul é inacreditavelmente boa (já tinha presenciado exatamente o mesmo quando fui para El Salvador na Campus Party Iberoamericana, onde participaram milhares de pessoas de 22 países e percebi que dentre todos eles somos os preferidos).

Foi unânime a aceitação e paixão que eles têm por nós e por Overclocking.

Por onde passavamos as pessoas nos abordavam para agradecer nossa presença e por termos compartilhado com eles sobre o que tanto gostam.

Acho que fiz overclock em uns 15 PCS pelo menos e com certeza a comunidade de Overclockers ganhou muitos novos adeptos.

No fim...de presente de um dos jurados da área de modding...um grande presente...a pintura que ele fez em meu laptop e representa muito bem o sentimento que tive lá.

n1yyhx.jpg

Resumindo tudo em uma só palavra

"inolvidable"

P.S. fizemos muitos filmes e fotos que depois serão upados

Abraxxxxxxx

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Poxa cara que sensacional!!! To muito afim de ir esse ano ao campus party de sp, to com um projeto de overclock em um sistema low end. Se puder me enviar uma mp com mais detalhes sobre essa competição, como funciona seria de otimo tamanho!! :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Overclocking na Campus Party

Utilizaríamos um Thermalright Ultra 120 Cooper com fan Delta e a pedido dos próprios competidores...

Tenho um fan desse, venta demais puts, é ótimo...:wub:

...os competidores mostraram excelente conhecimento e desempenho, saindo a dupla ganhadora com um troféu e 2 Fontes OCZ de 600W por terem conseguido a ótima marca de 12s a quase 4600 Mhz no ar, décimos de segundo à frente dos segundos e terceiros colocados.

Poxa tb quero prêmios ^_^, eu num manjo de overclock mas assim mesmo me arrisoc em alguns ajustes...terça feira(18/08) coloquei meu q9550 à 4.2ghz com ar fazendo 10.976s no superPi de 1M, usando o Evo 120 da Akasa e um Delta 120mm que dá uns 200CFM, por curiosidade qual foi o processador usado e o sistema desses "quase 10 segundos" ?

Obrigado por nos trazer toda essa informação, abraço.

Editado por psr
edição do texto

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×