Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

Teste do Gabinete NZXT Hades

       
 44.757 Visualizações    Testes  
 7 comentários

A NZXT acaba de lançar um novo gabinete torre-média, o Hades, que vem com um termômetro digital de três canais e várias ventoinhas. Vamos ver se este produto é uma boa opção de compra.

Teste do Gabinete NZXT Hades
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A NZXT acaba de lançar um novo gabinete torre m&eacture;dia, o Hades, que vem com um termômetro digital de três canais e várias ventoinhas. Vamos ver se este produto é uma boa opção de compra.

O gabinete Hades pertence à série Crafted da NZXT, assim como vários gabinetes da NZXT que já testamos: Lexa S, Tempest, Tempest EVO e Zero 2.

Gabinete NZXT Hades
Figura 1: Gabinete NZXT Hades.

Gabinete NZXT Hades
Figura 2: Gabinete NZXT Hades.

Como você pode ver nas figuras, o Hades tem uma pequena grade em ambos os painéis para entrada de ar e uma grande grade equipada com uma ventoinha de 200 mm no painel esquerdo. As pás desta ventoinha são de 190 mm, o que faz com que o seu desempenho seja o mesmo de algumas ventoinhas de 230 mm com pás de 190 mm. Informações técnicas (velocidade de rotação, fluxo de ar, etc) sobre esta ventoinha não foram divulgadas. Esta ventoinha utiliza um conector de alimentação de três pinos, o que permite a você conectá-la diretamente na placa-mãe, mas o gabinete também vem com um adaptador caso você queira conectar esta ventoinha diretamente à fonte de alimentação.

O Hades vem com uma porta frontal, que é toda gradeada para aumentar o fluxo de ar. Na parte superior desta porta nós temos o principal destaque deste gabinete: seu termômetro digital. Este termômetro é capaz de monitorar três diferentes pontos do seu micro através de três sensores disponíveis. As três temperaturas são exibidas ao mesmo tempo, em vermelho. A temperatura pode ser lida em graus Celsius ou Fahrenheit e você pode escolher a unidade de medida através de um botão localizado na parte traseira da porta.

Gabinete NZXT Hades
Figura 3: Porta frontal.

Gabinete NZXT Hades
Figura 4: Termômetro digital em ação.

A porta é fechada usando um forte mecanismo magnético e não pode ser aberta em mais de 90°.

Com a porta aberta você pode ver que este gabinete tem quatro baias externas de 5,25” equipadas com tampas gradeadas e filtros de ar. Este gabinete não tem baias externas de 3,5”. Na seção inferior há outra ventoinha de 200 mm (pás de 190 mm) que brilha em vermelho quando ligada (mais uma vez as informações técnicas não foram divulgadas), com um filtro de ar em frente a ela. Outro destaque do Hades é a presença de dois controladores de velocidade para ventoinhas. O controlador marcado como “I” controla a velocidade da ventoinha frontal e o controlador marcado com “II” controla a velocidade das ventoinhas traseira e superior.

Gabinete NZXT Hades
Figura 5: Painel frontal.

Figura 6: Controladores de velocidade para ventoinhas.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Excelente review!

Gostei muito do gabinete, visual bonito, sistema de refrigeração praticamente perfeito e com um preço bom pelo o que ele oferece.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

vai vir custando mais que 450 reais, utilizando a fórumla Imposto de importação + icms + lucro (valor do dólar a R$ 1,85).

Talvez seja melho gastar um pouco mais no HAf 922 (já que o 932 é ainda bem mais caro)

Mas gostei do gabinete, só não curto abrir a frente para ter acesso aos drives de dvd/cd.

Bom teste, parabéns.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

bom gabinete, mas deveria ter todas as baias de discos com acessórios que dispensam os parafusos, e não apenas os seis primeiros.

P.S.: a frente deste gabinete ficou parecendo com a máscara do Darth Vader.

Que a força esteja com Hades!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Achei feio que dói.

Eu acho que sou o único, mas eu gosto é de gabinetes com linhas bem retas, com as tambas do 5 1/4 retas, mais sóbrio.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bom o gabinete, e pessoalmente acho ele muito bonito também, pois o visual dele não é exagerado, chega quase a ser um gabinete sóbrio.

Bom review, mas faltou o principal na minha opinião, o teste de performance de refrigeração, considerando a quantidade de reviews que vocês fazem de gabinetes, vocês poderiam estar usando uma config padrão nos reviews para ficar mais fácil comparar a performance dos gabinetes (falando obviamente a temp ambiente durante o teste para melhor comparação).

De qualquer jeito, já tinha visto um outro review dele, e ele se saiu muito bem nos testes de refrigeração, superando o Cooler Master CM690 Advanced II e o ATCS 840. Apesar da melhor performance, eu provavelmente optaria pelo CM690 Advanced II por na minha opinião ser mais completo, e o resultado da refrigeração ser quase tão bom (diferença tão pequena que poderia ser considerado diferença devido a temperatura ambiente).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×