Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Luiggipf

[Resolvido] Fonte simples

Recommended Posts

Olá pessoal, sou novo na electrónica e neste forum.

Tentei fazer uma fonte simples com ponte de díodos e um capacitor como filtro e o seguinte ocorreu, quando liguei ele na tomada escuto um barulho estranho, até ai tudo bem, só que uns 30 segundos depois ambos os diodos 1 e 4, ver ilustração, queimaram.

Além disso senti que o capacitor estava muito quente, e tirei tudo da tomada, já que uma fumaça estranha estava sendo produzida haha

Então pessoal, o que vocês acham que ocorreu? :)

2013_09_22_022.jpg

2013_09_22_023.jpg

2013_09_22_024.jpg

Drawing.jpg

Intended_project.jpg

My_project.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Ola Luiggipf.

Provavelmente a transformador estava invertido, ou seja, você deve ter ligado o Primário no seu circuito retificador e o secundário na tomada (isso gera uma chiado inconfundível), verifique com um multímetro, coloque na escala de ohmímetro, meça um dos lados, o que der a maior resistência é o primário, o que der a menor resistência é o secundário e se algum der resistência infinita (fica apenas um numero "1" bem a esquerda da tela do multímetro) significa que você queimou o transformador.... XD

Mas só por desencargo de consciência: estava com carga ou sem carga? O capacitor esta estufado? Verificou se não tem nenhum curto?

Espero ter ajudado, Grato Luiz Gustavo.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ola Luiggipf.

Provavelmente a transformador estava invertido, ou seja, você deve ter ligado o Primário no seu circuito retificador e o secundário na tomada (isso gera uma chiado inconfundível), verifique com um multímetro, coloque na escala de ohmímetro, meça um dos lados, o que der a maior resistência é o primário, o que der a menor resistência é o secundário e se algum der resistência infinita (fica apenas um numero "1" bem a esquerda da tela do multímetro) significa que você queimou o transformador.... XD

Mas só por desencargo de consciência: estava com carga ou sem carga? O capacitor esta estufado? Verificou se não tem nenhum curto?

Espero ter ajudado, Grato Luiz Gustavo.

To achando que foi isso mesmo, o transformador fez um barulho estranho mesmo! Nem havia verificado isso, eu so coloquei o fio mais grosso direto na tomada e os menores no circuito, o que fazia sentido na minha cabeça, já que a tensão maior iria demandar um condutor mais resistente. haha Eu vou realizar os testes que você sugeriu antes de recomeçar o circuito novamente...

Não sei o que queres dizer se "estava com carga", tais falando do capacitor? (Eu sou iniciante ainda)

Ele já estava um pouco velho, e na primeira tentativa estava bem quente. Eu olhei se havia algum curto, só que não identifiquei nada. Algo que não posso recordar se estava correto foi a ordem dos diodos, que poderiam estar invertidos se o meu desenho era correto, não pude verificar porque a qualidade da foto estava ruim e porque eu tinha desmontado ele todo ...

Eu tinha tentado fazer a seguinte adaptação, com um diodo novo, só que isso acabou explodindo o capacitor hahaa

new_try.jpg

Tem problema os fios ficarem sobrando no lado direito depois do filtro? isso não curta o capacitor?

Obrigado pela ajuda!

***** Eu errei no simbolo do indutor, era pra ser um resistor de 1K ohm !!!!

.

post-1063960-13884966828018_thumb.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Ola Luiggipf.

Então vamos por partes, quando você projeta uma fonte você faz essa fonte para alimentar algo (motor, circuito, lampada), certo?? Chamamos de carga o que vai ser alimentado pela fonte, quando a fonte esta com carga flui corrente através dela.

Outra coisa, Corrente e tensão são grandeza diferentes apesar de estarem intimamente relacionadas (o maior exemplo disso é que podemos ter tensão sem ter corrente), imagine da seguinte maneira, a tensão é a velocidade ou a rapidez com que os elétrons se movimentam pelo condutor, a corrente é quantidade desses elétrons. A analogia mais simples é com um cano de água, eu tenho um cano de água, a água que circula dentro dele tem uma certa pressão e flui em uma certa quantidade, a quantidade de água seria a corrente, e a pressão da água seria a tensão.

Então pense comigo eu posso ter muita pressão é um cano mais fino, porém em um cano mais fino não dá para passar muita água, certo?

A mesma coisa acontece com a corrente elétrica, eu posso ter muita tensão em um fio mais fino (menor bitola) mas não vai passar muita corrente.

Neste caso a corrente no primário do transformados é MUITO menor que a do secundário, pois pense comigo, a grosso modo, suponhamos que a POTENCIA do transformador seja de 11 watts P=V*I assim no primário a corrente que circula é 11/110=0,1A.

Agora no secundário P=V*I então 15/12=0,916A Ou seja no primário a corrente é de 0,1 amperes e no secundário a corrente é de 0,916A ou seja mais de 9 vezes maior. Então podemos concluir que a espessura do fio depende MUITO mais da corrente do que da tensão e que nem sempre o fio mais grosso é o do primario...

Espero que você entenda o que eu escrevi, grato Luiz Gustavo.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ola Luiggipf.

Então vamos por partes, quando você projeta uma fonte você faz essa fonte para alimentar algo (motor, circuito, lampada), certo?? Chamamos de carga o que vai ser alimentado pela fonte, quando a fonte esta com carga flui corrente através dela.

Outra coisa, Corrente e tensão são grandeza diferentes apesar de estarem intimamente relacionadas (o maior exemplo disso é que podemos ter tensão sem ter corrente), imagine da seguinte maneira, a tensão é a velocidade ou a rapidez com que os elétrons se movimentam pelo condutor, a corrente é quantidade desses elétrons. A analogia mais simples é com um cano de água, eu tenho um cano de água, a água que circula dentro dele tem uma certa pressão e flui em uma certa quantidade, a quantidade de água seria a corrente, e a pressão da água seria a tensão.

Então pense comigo eu posso ter muita pressão é um cano mais fino, porém em um cano mais fino não dá para passar muita água, certo?

A mesma coisa acontece com a corrente elétrica, eu posso ter muita tensão em um fio mais fino (menor bitola) mas não vai passar muita corrente.

Neste caso a corrente no primário do transformados é MUITO menor que a do secundário, pois pense comigo, a grosso modo, suponhamos que a POTENCIA do transformador seja de 11 watts P=V*I assim no primário a corrente que circula é 11/110=0,1A.

Agora no secundário P=V*I então 15/12=0,916A Ou seja no primário a corrente é de 0,1 amperes e no secundário a corrente é de 0,916A ou seja mais de 9 vezes maior. Então podemos concluir que a espessura do fio depende MUITO mais da corrente do que da tensão e que nem sempre o fio mais grosso é o do primário...

Espero que você entenda o que eu escrevi, grato Luiz Gustavo.

Entendi sim! Ótima maneira de explicar a minha falha de raciocínio, vou tentar não cometer mais essa gafe Haha

porém eu fiz o teste que você me indicou e apresentou o primário, de maior resistência (por volta de 21ohms), como o de fio mais grosso. E fio mais fino como o secundário, de resistência negativa!? (por volta de -01,8 ohms).

Ou o transformador queimou ou os lados estavam mesmo corretos! haha

Eu ainda tenho que fazer um circuito novo, e antes de testa-lo vou colocar uma lâmpada junto para testar os lados! (lâmpada comum de 40 a 60 watts como limitador de corrente)

http://www.newtoncbraga.com.br/index.php/instrumentacao/78-artigos-diversos/1788-ins066.html

Vou mostrar uma foto com as resistencias

Transformador_800x427.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Resistência NEGATIVA?? Huumm!! O você esta fazendo alguma coisa errada ou seu multímetro deve estar epilético, pois a resistência é a OPOSIÇÃO a passagem de corrente elétrica, o multímetro nunca marca resistência negativa.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Resistência NEGATIVA?? Huumm!! O você esta fazendo alguma coisa errada ou seu multímetro deve estar epilético, pois a resistência é a OPOSIÇÃO a passagem de corrente elétrica, o multímetro nunca marca resistência negativa.

Vixi, é bem provável, ele tem se comportado meio esquisito ultimamente haha vou testar com as lampadas, e se ele estiver equivocado terei que comprar outro multímetro.

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não sei o que fizestes ai, as imagens são muito pequenas não dá para ver bem..

Mas isso dai, por exemplo, está com diodos invertidos, não seguistes o que manda o esquemático, deste curto no transformador, via diodos..

Reveja e construa de modo correto..

Drawing_zpsf0674aa4.jpg~original

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então pessoal, acho que agora deu certo! Fiz uma outra fonte com capacitores novos e um circuito mais simples ..

Acho que antes tinha dado problema porque inverti os capacitores! haha :lol: E o barulho estranho talvez possa ser algum dano no transformador ou o fato de eu estar usando um transformador de 120v em linha de 220v, o que explica a tensão que eu medi de 28v haha

Valeu pela ajuda ae pessoal! Deixo as fotos do ultimo experimento haha

003_1024x572.jpg

011_1024x575.jpg

014_1024x574.jpg

019_1024x540.jpg

022_572x1024.jpg

Escm.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caso o autor necessite, o mesmo será reaberto, para isso deverá entrar em contato com a moderação solicitando o desbloqueio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×