Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
ET Bilu

Entrada de dados - visual g

Recommended Posts

Caro usuário,

 

Seja bem-vindo ao Fórum do Clube do Hardware.

 

No intuito de servir como fonte de pesquisa no caso de instituições de ensino, informamos que incorrer no resolvimento por completo de questões relacionadas a disciplinas escolares de cursos técnicos e faculdades podem ser revistas e removidas pela Equipe de Moderação do Clube do Hardware.

 

Para sanar dúvidas sobre esse tipo de problema, por gentileza, publique o passo a passo do desenvolvimento da questão, projeto, monografia ou conteúdo em dúvida para que possamos analisar se a sua resposta está certa ou não, ou para que possamos ajudá-lo com a sua dúvida no desenvolvimento do exercício.

 

Infelizmente, não temos como resolver seus trabalhos por você. O objetivo do Fórum do Clube do Hardware é auxiliar você a sanar suas dúvidas, e não de responde-las em seu lugar. Além disso, copiar e colar respostas que não são de sua autoria é considerado plágio, o que é ilegal.

 

Esperamos que compreenda.

 

Atenciosamente,

Equipe Clube do Hardware

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem, como não falaste qual a dúvida, deduzi que não estás a entender o enunciado
O que pedem é que você diga o valor da variável "a", quando o algoritmo termina.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá. Esse não é um trabalho, é um exercício de prova que resultou na alternativa E, que vale b+2. Mas eu não entendi a lógica disso. Vocês servem para que? Se eu soubesse fazer eu já teria feito. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Respondi errado, anteriormente!
Eu reli e vi que a o que pedem é para você falar quantas vezes o usuário entra com dados, no "Leia".

A resposta seria b+2, como você falou, porque a quantidade de entrada de dados sempre será o valor de "b" + 2.
Para entenderes, olha isto:

 

screenshot.7.gif

 

Você vê que a variável "b" é igual a 1 e na caixa preta o usuário entrou com dados três vezes, ou seja, o programa leu b+2 vezes (1 + 2 = 3).

 

Ps: Foi um prazer ajudar, mas não para outros, devido sua atitude rude. Somos uma comunidade dispostas à ajudar e ser ajudados, sem obrigações. Para conseguirmos isto devemos seguir regras, as quais o @dif postou em resposta.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, vou tentar expandir...

@ET Bilu, a primeira coisa para se resolver um problema é entendê-lo. Me refiro a "entender" no sentido de "saber do que se trata", e não em "saber qual a solução". Isso parece óbvio, mas muitas vezes esquecemos disso! Estamos mais preocupados em achar um solução, do que entender o problema em si. Então, pela leitura do enunciado, encontramos a chave após o "...corresponde a", ou seja, no "quantos dados são inseridos pelo usuário(?)". Veja que nesse momento "nossa dúvida" se remeteria a saber o que são "dados inseridos pelo usuário". Oras! como o usuário insere dados no programa? pelo leia()!!! Logo, o enunciado poderia ser mais ou menos traduzido para: "quantas vezes o leia() é chamado". Entende?. Seguindo o raciocínio, analisando as respostas, saberíamos de cara que está fazendo uma referência ao "b". Logo: "quantas vezes o leia() é chamado em relação ao valor de informado para b"?

 

Certo, agora sabemos mais ou menos do que se pede. Mas como descobrir? Ai vai da criatividade... (o que quem propôs o enunciado está te estimulando a fazer). Nesse caso, por exemplo, poderia fazer testes empíricos!!! Pego valores "aleatórios" para "b" e vejo no que dá! No caso, "executando" linha a linha do algoritmo e atribuindo um desses valores para "b" e contando quantos "leia()" foram executados.


Com "b=1" dá 3;

Com "b=2" dá 4;

Com "b=3" dá 5;

 

Veja que existe uma relação entre "b" e a "quantidade que um leia() foi executado", dando "o valor de b"+2. Pronto: achamos a resposta!

 

Obs.: Mas veja que essa resposta foi válida para alguns valores (e não "todos"). Mas como "deram certo alguns valores" supõem-se que é "A RESPOSTA" certa, já que não tem alternativa como "depende do valor de b", ou "para b>=1"... etc. Então, e para os outros valores, segundo para o mais infinito*? (veja que existe um limite para o programa, que vai depender do tipo dedado... acho que "inteiro" deve chegar até uns 32000 - eu não sei dizer)... acho que dá para concluir sem muitos problemas, que vai dar o mesmo resultado.

Veja que "números inteiros" vão do menos infinito ao mais infinito. (lembrando que o programa tem limitação, creio eu que seria por volta de -32000 a +32000). E o enunciado não diz que é para apenas números positivo!!!

 

Para o "0" continua sendo b+2?
E para os números negativos, essa solução também é válida?

 

Caso deseje, deixo essa verificação para você!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×