Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Marcos Pavan

Bios E Chipset

Recommended Posts

Alguem ai me ajudem em algumas duvidas que estou tendo.

A memoria ram que é configurado o setup fica no chipset ou no processador?

O CI do bios é aquele que fica em um soquete para CI?

Qual a função do chip set? Obrigado estou começando agora. :huh:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro amigo, não é na memória RAM que se encontra o CMOS setup e sim na memória ROM. A ROM é encontrada num chip de memória (nem no chipset, nem no processador) onde se encontra a BIOS...

CI?

Já o chipset é responsável por controlar o acesso a memória cache e a memória DRAM, ao BIOS e aos Slots, tendo ainda em seu interior diversos circuitos de apoio. O chipset "Super I/O" é responsável pela localização das interfaces Seriais, Paralelas e interface para Drivers...

Espero ter ajudado!!!!!Posta resposta!!

Abraços!!!!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tudo bem entendi por partes,agora falando fisicamente este chip que voce esta cidanto qual é ? aquele que fica numa especie de soquete perto da bateria?

Onde é feito a configuração do setup ,porque se fosse uma eprom ou rom não precisaria de uma bateria para manter as configurações.

outra coisa o que vem a ser atualização da BIOS?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tentando complementar

Onde é feito a configuração do setup ,porque se fosse uma eprom ou rom não precisaria de uma bateria para manter as configurações.

ROM programável e apagável - EPROM

Uma EPROM pode ser programada pelo usuário, podendo, além disso, ser apagada e reprogramada quantas vezes forem necessárias. Uma vez programada, a EPROM comporta-se como memória não volátil que reterá os dados nela armazenados indefinidamente. Uma vez que uma célula da EPROM tenha sido programada, é possível apagá-la expondo à radiação ultravioleta, aplicada através da janela do chip. O processo para apagar requer uma exposição de 15 a 30 minutos aos raios ultravioleta.

ROM programável e apagável eletricamente - EEPROM

A EEPROM foi desenvolvida no início dos anos 80, e apresentada ao mercado como um aperfeiçoamento da ideia da PROM. A maior vantagem da EEPROM sobre a EPROM é a possibilidade de apagar e reprogramar palavras individuais, em vez da memória toda. Além disso, uma EEPROM pode ser totalmente apagada em 10 ms, no próprio circuito, contra mais ou menos 30 minutos para uma EPROM que deve ser retirada do circuito para submeter-se à ação dos raios ultravioleta.

A configuração do setup é armazenada na propria EEPROM ou Flash-ROM. Ela necessita de alimentação para manter os dados que podem ser configurados no setup. Uma vez retirada a alimentação ou realizado um Clear Cmos, os dados voltam ao seu valor default.

Nas placas atuais são usadas memorias do tipo Flash- ROM, que podem ser gravada através de processos eletrônicos especiais. Dessa forma, o usuário pode realizar atualizações no BIOS.

CMOS é a tecnologia de fabricação da memória e é utilizada pelo seu baixo consumo de energia.

Tudo bem entendi por partes,agora falando fisicamente este chip que voce esta cidanto qual é ? aquele que fica numa especie de soquete perto da bateria?

Normalmente fica em um soquete.

<div class='bbimg'>%7Boption%7Dhttp://www.infowester.com/cmosaward.jpg' border='0' alt='Imagem postada pelo usuário' /></div>

outra coisa o que vem a ser atualização da BIOS?

veja aqui

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×