Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
nomura

Ultra ata É igual a ata133?

Recommended Posts

<font color='#0000FF'>Colegas: Vejo as descrições que existe ATA 66/100/133.... Mas e o ULTRA ATA, o que seria? Não acho em lugar enhum sobre isso!

Grato, colegas!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por Strider@09 Ago. 2002,16:37

Tópico movido para local adequado

<font color='#0000FF'>Bom.. não sei se este tópico tem muitos acessos.... mas caro coelga strider... você não tem essa informação? valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Ultra-ATA é uma modificação do PIO modo 4. Normalmente os dados são transferidos na subida do pulso de clock, ou seja, quando ele passa de "0" para "1". No caso de discos rígidos Ultra-ATA, os dados são transferidos tanto na subida do pulso de clock quanto na descida (quando ele passa de "1" para "0"). Com isto, a taxa de transferência é dobrada - não é à toa que a taxa nominal do Ultra-ATA é o dobro da taxa do PIO modo 4.

Porém, não basta simplesmente você instalar um disco rígido Ultra-ATA em seu micro. Algumas condições devem ser obedecidas:

- O disco rígido deverá ser Ultra-ATA

- O chipset da placa-mãe deverá suportar o padrão Ultra-ATA

- O micro deverá estar corretamente configurado

falou!!

Precisando tamos aí!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest TecMano

<font color='#0000FF'> Eai galerinha do bem tô aí, simplificando cara, os HDs IDE q sairam a partir do ATA33 são considerados Ultra ATA ou Ultra DMA, assim eles são denominados :

PIO 0

PIO 1

PIO 2

PIO 3

PIO 4    (16MB/s)

Ultra ATA    (33MB/s)

Ultra ATA 2  (66MB/s)

Ultra ATA 3  (100MB/s)

Ultra ATA 4  (133MB/s)

Não lembro ás taxas do PIO quando eu verificar vou atualizar a resposta falou !! já dá pra você ter uma ideia de como evoluiu o HD, no caso o PIO 4 foi usado até o Penteium clássico, depois só UDMA...falou !!

Té + !! :cool:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

<font color='#0000FF'>Beleza gente!! mas, se sempre ouço falar em ATA 100 ou ATA 133, que seria o mais correto, porquê que a gente ainda ouve falar em ULTRA ATA ou ULTRA DMA, se eles estão amarrados na capacidade da taxa de transferência? Então, o correto é sempre especificar qual a taxa de transferência configurado. Por exemplo, ATA 133, que é a mais recente... Valeu!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Arctic

quake esqueceu de dizer alem dos 3 itens que descreveu.... um cabo ide 80 vias também é necessario..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segundo Gabriel Torres a tabela de taxa de transferência é esta:

UDMA1    25 MB/s

UDMA2    33,3 MB/s

UDMA3    44,4 MB/s

UDMA4    66,6 MB/s

UDMA5    100  MB/s

Quanto ao 133 MB/s na tabela do Livro Hardware Curso Completo IV Edição do Gabriel Torres não aparece, mas creio eu que seria a sequência, ou seja, o próximo seria UDMA6 133 MB/s.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×