Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

MMeessttrree

Membro Pleno
  • Posts

    25
  • Cadastrado em

  • Última visita

  1. Tenho sim alguns livros; recomendo-te o C - Completo e Total. Mas uma boa também seriam alguns cursos gratuitos que conheço: Curso de C da eXcript https://www.youtube.com/playlist?list=PLesCEcYj003SwVdufCQM5FIbrOd0GG1M4 Curso de C++ da eXcript https://www.youtube.com/playlist?list=PLesCEcYj003QTw6OhCOFb1Fdl8Uiqyrqo Curso C Progressivo www.cprogressivo.net/ Curso C do De aluno para aluno Quando eu chegar em casa vou postar o link do livro. É que antes preciso upá-lo e agora não tenho acesso ao arquivo. De qualquer forma, lá poderei também upar uns outros de C que tenho (e também de Python ou C#, caso queira).
  2. Concordo com o @vangodp . Não há idade certa. Quanto à sua pergunta, @BeTa , eu diria que Python é uma boa linguagem pra iniciantes por permitir que você faça inúmeras coisas (não tantas como C/C++) contando com códigos simples e minimalistas. Além disso, Python te força a colocar legibilidade no código, por meio de quebras de linha e identação, que contribuem muito para a formação dum bom código, independente da linguagem. Claro que aprender C/C++ como primeira linguagem te deixa desde já acostumado com vários conceitos importantes como ponteiros, alocação de memória, definir tipo de variáveis, ponto-e-vírgula ao fim duma linha (esqueci um termo melhor, já que não implica necessariamente ser uma linha), etc. Vai da tua decisão. Pesquise um pouco sobre as duas. De qualquer forma, caso queira, posso citar alguns bons tutoriais/cursos/livros tanto como C/C++ e Python.
  3. Aprendi com 11. Hoje tenho 13. Ah, e sugerir-te-ia que começasse a aprender por Python, e não C#. Se quiser, posso falar rapidamente sobre.
  4. @Jose Marcio_727378 , eu indico o canal de vídeo-aulas da eXcript. Eles tem diversos Cursos de Linguagens de Programação ( o mais completo é o de Java, só que o de C e o de Python), e se tu optar por fazer o Curso de C de lá, eles vão ensinando a lógica junto com a linguagem, o que na minha opinião, economiza muito mais tempo
  5. Cara, pra começar, eu recomendaria Python ou JavaScript. Aí tu poderia perguntar o porquê disso. Eu te digo, que, Python é maravilhosa como primeira linguagem, relativamente poderosa, eficaz, é uma das minhas linguagens de programação preferidas. Mas, como tu disse que não queria uma linguagem interpretada, aí eu te recomendo C
  6. Cara, na verdade, peguemos por exemplo a faculdade de Ciência da Computação. A matemática que eles dão lá é incrível, tu aprende álgebra linear e tudo mais. Mas, será que aquilo é essencial pra um programador? Não, não é. O que eu acho que realmente importa e é imprescindível para um programador é a aritmética (tu obrigatoriamente tem que dominar as quatro operações básicas), tu deve saber como lidar com inteiros e racionais (irracionais também ajudam). Tu tem que saber ler, interpretar, criar, formular e resolver equações. Dominar regra de três também é bom. Por mais que Ciência da Computação esteja diretamente ligada com Matemática, só um pouco é exigido indispensavelmente do programador
  7. Pelo que entendi, você está confundindo o REM com o ECHO. Pois bem, o ECHO serve para imprimir uma mensagem na tela. O REM serve, para, você deixar um comentário que não aparecerá ao executar o arquivo .bat, ele estará apenas visível no código. Ou seja, o CMD ignorará toda aquela linha de código que começa com REM. O REM serve nada mais pra explicar uma parte do código para outras pessoas ou para você mesmo, mas não terá utilidade real no programa/script. Veja um exemplo: @echo offecho O computador será desligado se você apertar alguma tecla ...pause>nulshutdown -s -t 00rem [SHUTDOWN] desligará o computador em 00 seg. Nesse caso, abaixo do shutdown, eu coloquei um pequeno comentário explicando a função do comando shutdown Uma outra funcionalidade de adicionar comentários ao código é a seguinte: @echo offREM Script feito por Marcel CarvalhoREM http://megawikitech.blogspot.comecho Bem-vindo ao desligador do sistemapause>nulshutdown -s -t 11 -c "O computador se desligará"
  8. Vamos começar com os operadores aritméticos: Os operadores aritméticos servem para efetuar operações aritméticas, como o próprio nome já diz. São cinco operadores aritméticos na linguagem C: + - * / % O operador + efetua adição. Veja um exemplo de sua sintaxe, onde declararemos uma variável inteira que recebe como valor a soma de dois números: int variavel = 312 + 32123; // Declara a variável "variavel" como sendo do tipo inteiro e recebe como valor a operação 312 + 32123 O operador - efetua subtração. Veja um exemplo de sintaxe, onde a variavel "variavel" receberá como valor uma subtração de dois números. int variavel = 2 - 1; // Recebe como valor o resultado da operação 2 -1 O operador * efetua multiplicação. Veja um exemplo de seu uso: int variavel = 2 * (2 - 3); O operador / efetua divisão. Veja um exemplo: int variavel = 15 / 3; O operador % indica resto. Ele recebe dois valores. Aí, ele efetua a divisão entre esses dois valores e retorna o resto dessa divisão: int variavel = 5 % 3; // O valor da variavel "variavel" será 2, pois o resto de 5 / 3 é 2 Um uso bastante interessante para % é o de verificar se determinado número é par ou ímpar: int entry; // Declara uma variável entry do tipo inteira, que receberá a entrada do usuárioprintf("Digite um numero");scanf("%d", &entry);if (entry % 2 == 0){ printf("Um numero par");}else{ printf("Um numero impar");} Agora falarei sobre operadores de atribuição: Os operadores de atribuição, geralmente utilizados em loops, servem para atribuir um valor a uma variável. Esse valor deve ser resultado da operação [atual valor da variável que receberá o valor] + [alguma operação] + [numero ou variavel, que será o segundo termo dessa operacao] Imagine uma variável chamada valor1. Agora, imagine que ela receberá um valor dado pelo usuário. Após isso, terá uma outra variável chamada valor2, que também receberá um valor dado pelo usuário. Então exibiremos valor2, e, após isso, a variável valor2 receberá o valor dela mais o valor de valor1. Nós poderíamos atribuir o valor de valor1 + valor2 em valor2 da seguinte forma: valor2 = valor2 + valor1; Porém, os operadores de atribuição permitem fazer isso de uma forma mais rápida: valor2 += valor1; Os operadores de atribuição são os operadores aritméticos sucedidos do sinal = Portanto, podemos concluir que os operadores de atribuição são: += -= *= /= %=
  9. kkk, concordo Mas acho que um Ponto de Restauração não adiantará muita coisa, visto que já estava apresentando problema anteriormente. Mas, em todo o caso, acho que você deve tentar o Ponto de Restauração primeiramente, afinal, a esperança é a última que morre. Porém creio, que, se isso não der certo, você talvez tenha que formatar o computador ou fazer o que eu lhe sugeri no meu post anterior nesse tópico.
  10. Ae diisense, será que não tem nenhum arquivo corrompido nas pastas dos jogos que você instalou e que não aparecem no Painel de Controle? Porque talvez tenha dado um erro na hora de instalar ou baixar. Caso não se importe em perder os dados do jogo que já adquiriu, sugiro que exclua a pasta de instalação do mesmo e dê uma limpada geral no Registro do Windows com o CCleaner (faça um backup antes, só para garantir, mesmo que comigo nunca tenha dado algum problema). Caso diga que outro programa a está utilizando e por isso você não pode exclui-lá, baixe um programa chamado Unlocker, e caso diga que você não tem permissão para remover a pasta, e estiver usando uma conta de administrador, baixe a ISO do Ubuntu, crie um pendrive botável, coloque a ISO nesse pendrive, sete a ordem de boot da máquina no setup da BIOS para primeiro inicializar uma mídia removível, e então aguarde até aparecer uma tela do Ubuntu e dê Enter na opção Testar o Ubuntu. Ali, acesse o diretório do seu computador onde estava o jogo que não aparecia e exclua a pasta por lá, seja na interface gráfica ou pelo shell. Concordo que foi meio desesperado o que eu sugeri, mas se chegou ao ponto de não querer excluir a pasta é porque atitudes drásticas devem ser tomadas.
  11. Ae diisense, tentou com o Revo? Mas acho estranho o iObit não ter dado certo. Provavelmente deve ser um problema de seu computador, ou talvez seja possível sim que um dos jogos que você instalou tenham causado isso. Tente reparar algums dos jogos que você instalou antes do WIndows 8.1 ter esse problema.
  12. Não seria XHTML2? Acho que você talvez tenha misturado o HTML5 com o XHTML2. Quanto aos cursos, é difícil encontrar material bom e realmente completo de XHTML2 por aí, pois, afinal de contas, se perguntar para 10 desenvolvedores web sobre XHTML2, pelo menos 8 vão dizer que não conhecem ou não sabem usar. Mas, veja alguns links que eu encontrei: - http://www.w3.org/MarkUp/ - Documentação oficial do XHTML2 pela W3C Foi o único bom e completo que achei, infelizmente está em inglês, mas tem uma galera da W3C Brasil que tava traduzindo há um tempo atrás algumas partes da documentação W3C, não sei se traduziram a parte do XHTML2, em todo o caso, se não souber inglês, dá uma procurada lá no site da W3C Brasil pra ver se eles traduziram, embora eu ache que não, pelo menos durante a última vez que olhei acho que não tava traduzido não.
  13. Tente utilizar um desinstalador especializado para listar os programas, dois que recomendo são o Revo Unnistaller e o iObit Unnistaller. Mas, note que, quando digo 'desinstalador', não seria para você fazer a principal função de um desses (que é desinstalar), mas apenas listar os que não foram listados pelo Painel de Controle, algo que frequentemente ocorre. E, quanto ao CCleaner não ter listado alguns programas seus assim como o Painel de Control, ocorre que o CCleaner funciona a partir do Programas e Recursos do Painel de Controle, uma vez que, como o foco do CCleaner não é desinstalar programas, então não haveria nenhum mal em fazer isso. Quanto ao que vi na foto, é realmente estranho ter poucos programas. Notifique nesse tópico se o que sugeri deu certo, ou se não deu, que aí tentaremos por outros meios, uma vez que devemos começar da solução mais simples, porém, que muitas vezes é bastante eficaz.
  14. Se você já domina pelo menos a base da linguagem C, então não creio que sentirá dificuldades com linguagens de alto-nível como C#, Ruby e Java. É claro que Java é mais trabalhoso que C, além de ser mais lenta e menos eficaz, porque é interpretada, não compilada. O diferencial de Java é sua portabilidade, sendo que roda em Linux, Windows, Mac, Android, iOS, Windows Phone, na Web, em servidores (com JSP), etc. Já C# é extremamente parecida com Java, porém menos trabalhosa, e menos portável, visto que só roda bem no Windows, por ser da Microsoft. Ruby é ideal para aplicações server-side na Web, o que foge um pouco da realidade de C. Ela é bem simples, de alto nível e é poderosa, pelo menos dentro do contexto de Desenvolvimento Web. Uma outra boa linguagem é Python, mais simples do que C, porém tão portável quanto Java e mais poderosa do que Java, C# ou Ruby. Abaixo vou deixar uma comparação, mostrando um Hello World em Java, Python, Ruby e C. Java: public class teste.java { public class void main (String, args[]) { println.out.system("Hello World!"); }} Trabalhoso,não? Além de ser lenta. Mas é uma boa para desenvolver para Android. Em C: #include <stdlib.h>int main(){ printf("Hello World!");} Eu sei que você já sabe como fazer isto em C, mas eu quis colocar assim mesmo Python: print("Hello World!") Humilhou, não? Em Ruby: puts "Hello World!" Superou o insuperável. Mas ainda assim prefiro Python. OBS: Note que você pode trocar o puts pelo print, mas o print não imprime em linhas diferentes. Por fim. temos o C#. Eu não sei programar nesta linguagem, por isso não posso mostrar seu Hello World. Mas é uma boa para desenvolver por Windows.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Ebook grátis: Aprenda a ler resistores e capacitores!

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!