Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

BloodCeltics Lopes

Membros Plenos
  • Total de itens

    162
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%
  1. Ok, valeu, vou proceder conforme recomendado. Muito obrigado pessoal.
  2. "(A16 a A18): Se deixar tudo em zero..." Este deixar em zero, seria aterra todos/deixar em nível lógico baixo, ou simplesmente deixar o pino flutuando sem estar ligado em nada? clock mínimo/máximo: então isto mudaria somente a velocidade em que ele lê o conteúdo? (já que preciso apenas da leitura, pois escrita estou fazendo através de gravador willem) então neste caso o conteudo seria apenas lido em velocidades diferentes? ou precisaria adaptar algo para que os dois ficassem com o mesmo clock? Por exemplo se fosse uma bios de computador, então demoraria um pouco mais na leitura do conteudo da bios? é isso? Obrigado pessoal, estou entendendo melhor agora...
  3. Bom dia a todos. Tenho visto alguns tópicos pela internet onde vejo que foram feitas substituições de memorias antigas EPROM (de janelinha) por outras mais novas tipo FLASH. Pesquisei bastante mas não achei nada que me esclarecesse muito... Minhas dúvidas são as seguintes: 1 - O chip mais novo parece ter mais endereços que o antigo (A16, A17... A18...) o que faço com estes pinos a mais? aterro? ligo na alimentação de 5v? 2 - O que faço com os pinos CE WE OE (preciso apenas da leitura do chip) eles devem estar em nível baixo lógico ou alto? 3 - O arquivo gravado dentro do chip precisa de alterações para funcionar em um ou outro tipo de memória? Isto é uma coisa simples de fazer (existe uma regra) ou é algo muito complexo que vai depender de chip para chip? Se souberem algum material na net que possa me esclarecer esta dúvidas, podem me passar o link que eu estudo. Muito obrigado a todos.
  4. se o receptor for wireless... a capa metalica do computador pode estar bloqueando os sinais... e no cabo extensor fica um pouco mais longe do corpo metalico do PC... Se seu extensor do usb for do tipo (que tem um amplificador dentro, isso ajuda) pode até pegar um de 5 metros e deixar o receptor bem mais perto do palco (mas se for do tipo que é só um cabo) ele vai perdendo o sinal... Também pode acontecer de seu cabo extensor ter conectores mais novos e apertadinhos,,, fazendo uma melhor conexão...
  5. Adaptador USB>LPT funciona para gravador de eprom? Tenho um gravador de eprom antigo que funciona pela porta paralela LPT. Entretanto meus computadores mais novos não possuem esta porta... pensei em adquirir uma plaquinha PCIe que resolveria o problema... Mas como precisarei disso também no notebook, pensei em adquirir uma paralela via adaptador no USB (estes cabos baratinhos da china) Minhas perguntas são: Este cabo funcionará para leitura e escrita de dados? para poder funcionar com o adaptador? Terei que ficar registrando aquelas DLLs para funcionamento da porta paralela ou isso nao será necessário por ser usb? Obrigado a todos.
  6. Escrevi que o cara dono desta foto tinha substituído por fio enrolado, mas ao ver a foto com zoom, percebi que na foto dele estão todas as agulhas inteiras... O negócio é encontrar um fiozinho com propriedades de mola e que também pegue solda... ( no meu eu também tive que passar uma palhinha de aço naquela barra de contatos que tem embaixo, pois ela estava toda oxidada na parte onde as agulhinhas tocam... se no seu caso as agulhas não estão quebradas pode ser interessante passar uma palhinha de aço nas agulhas e na barra de baixo, para restabelecer o bom contato... no caso do meu resolveu bem...
  7. Eu tenho um órgão antigo que trabalha com "agulhas" não sei se é o mesmo caso seu... mas estas benditas acho que podem ser trocadas por cordas de violão... pega uma corda dos "bordões de aço) desenrola aquela cordinha fina e vai sobrar o miolo... acho que funciona, porém ele não pega solda... pois o original (do meu) é feito de uma liga de cobre (falo liga pois é temperada, tem função de mola) e pega solda... já tive um outro órgão destes antigos mas no lugar das agulhas tinha chapinhas (tipo contatos de relê). adicionado 1 minuto depois estão aqui as benditas agulhas (do mesmo modelo do meu) parece que o cara substituiu por um fio enrolado...
  8. Estou com o mesmo problema em microondas antigo (quando deixo desligado da tomada por um tempo ele volta a funcionar...) se ficar ligado por algum tempo a membrana trava... parece ser algo que fica carregado em um capacitor... (no meu caso) depois de um tempo desligado deve descarregar e volta a funcionar...
  9. ok muito obrigado pessoal... valeu mesmo. Entendi perfeitamente.
  10. hum... é complicadinho... estou estudando as respostas... obrigado pessoal. Neste caso seria tipo assim ele termina de ler um chip e pula para outro entendendo que na verdade é um chip só mas de maior capacidade... será que existe alguma forma de usar tipo seletor de chips (não seria a soma dos dois chips e sim um de cada vez) por exemplo: soldo todas as perninhas umas em cima das outras (dois chips de mesmo modelo porém com conteúdo diferente dentro) exceto os pinos de alimentação, e através de uma chave eu eu trocaria entre os pinos de alimentação de um e de outro chip... será que funcionaria? a troca seria feita com o aparelho desligado e ao ligar novamente já estaria selecionado outro chip...
  11. Faz tempo que não vejo ninguém usar isso... foi difícil encontrar as imagens na internet... Gostaria de uma breve (não precisa ser aprofundada) explicação sobre o funcionamento disso... vi que a maioria dos pinos são interligados quando uma eprom está sobre a outra... O que eles interligam? os pinos de endereçamento? e o que não ligam? os pinos de alimentação? Vejam as fotos, minha ideia para aprender mais sobre o assunto era soldar uma eprom sobre a outra e com uma chave no pino de alimentação (com o aparelho desligado) selecionar qual chip estaria em uso quando fosse ligado... é mais ou menos isso? será que consigo fazer? (não sei se dá para ver na imagem mas trata-se de um chip soldado sobre o outro... como é o nome desta técnica?) Obrigado a todos. adicionado 42 minutos depois Aqui um post onde o cara usou esta técnica: https://erufag.org/bios-mod-dreamcast/ Parece que ele só mexe nos pinos CE e RESET...
  12. Valeu pessoal, já aprendi a controlar o CI com o PIC... vou proceder assim então, muito obrigado.
  13. Oi pessoal, em tópicos anteriores aprendi com vocês como utilizar os circuitos (4016/4066) pára fazer alguns chaveamentos, e tem me atendido. Entretanto agora estou avançando para os PICs, e gostaria de saber se ele possui internamente uma função para simular estas chaves? é só uma dúvida, pois se não tiver posso ligar um PIC ao 4066, mas se ele já tiver tal função eu economizo um chip... obrigado a todos...
  14. Valeu pessoal, muito obrigado pelas respostas. entendi perfeitamente.
  15. Estive olhando um projetinho para fazer pisca-pisca com pic... e com isso ele pisca dois leds... o projeto é simples e utiliza praticamente o pic/alimentação/leds... antigamente para fazer um pisca pisca tínhamos que colocar 2 leds resistores e capacitores... então minha pergunta é... como o pic resolve isso? será que ele tem capacitores internos? e se isso for verdade, será que eles não pode vazar ou parar de funcionar como vemos em tantos produtos eletrônicos? Obrigado a todos.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×