Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do Headset Vengeance 1300 da Corsair

       
 31.520 Visualizações    Testes  
 3 comentários

Empresa lança headset analógico dentro da nova linha Vengeance em substituição ao modelo digital HS1, que já testamos anteriormente. Confira a novidade aqui.

Teste do Headset Vengeance 1300 da Corsair

Introdução

A Corsair entrou no mercado de headsets para jogos com o modelo digital HS1, que já testamos. Agora a empresa coloca nas prateleiras a linha Vengeance, com o modelo analógico 1300 e equivalente digital 1500. Testaremos o primeiro produto a seguir. Como sempre, analisaremos os aspectos físicos do equipamento para depois avaliarmos seu desempenho.

Corsair Vengeance 1300
Figura 1: O Vengeance 1300 da Corsair

O Vengeance 1300 é um modelo grande de headset, com auriculares que cobrem completamente a orelha. Eles abrigam uma caixa de som de 50 mm e giram no próprio eixo para facilitar o transporte. As bordas de espuma são cobertas por courino.

Corsair Vengeance 1300
Figura 2: O headset aberto

Para quebrar a monotonia do corpo todo preto, há um elegante aro azul em volta de cada auricular. Do lado esquerdo sai o microfone, que pode ser erguido quando o usuário estiver apenas escutando música ou simplesmente transportando o Vengeance 1300.

Corsair Vengeance 1300
Figura 3: Fones virados

O cabo envolto em tecido termina em dois conectores de 3,5 mm (áudio e voz). No meio do cabo fica a unidade de controle, com uma roda para aumentar/diminuir o volume e uma chave para emudecer o microfone. Ao contrário do HS1 e do modelo Vengeance 1500, a unidade do Vengeance 1300 não acende.

Corsair Vengeance 1300
Figura 4: Unidade de controle de volume

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Por ser analógico e digamos simples (embora nem tanto) , o Headset Corsair Vengeance 1300 até que foi bem. Gostei do seu design desde o seu lançamento e pelo que foi confirmado pelo teste, realmente ele é confortável, o que é indispensável num headset. Pelo que ando lendo pela Web muitos têm gostado bastante dele, inclusive por ele ser bom para se ouvir música, o que é sempre um destaque à mais, pois determinados gaming headsets são ótimos apenas para jogos, com exceção de alguns headsets bem mais caros, como o SENNHEISER PC360, por exemplo.

Voltando ao Corsair Vengeance 1300, claro que não dá pra compará-lo com o Corsair Vengeance 1500 USB Dolby 7.1 Gaming Headset, mas esse lance veremos mais para a frente.

Quanto ao seu preço, aqui como sempre, muito confuso: R$235.

:cool: Legal o teste. Parabéns!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Fone com entrada USB é pra quem usa som onboard boqueta, não é não!?

Mete as entradas analógicas desse fone da Corsair numa placa de som TOP, que eu quero ver se o som não fica espetacular!

Editado por Phas

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Fone com entrada USB é pra quem usa som onboard boqueta, não é não!?

Mete as entradas analógicas desse fone da Corsair numa placa de som TOP, que eu quero ver se o som não fica espetacular!

Com certeza Phas, o ganho será excelente. O meu Headset é o antigo SteelSeries 5HV2 Black USB, mas eu posso te dizer que o Surround Sound Virtual 7.1 faz uma diferença bem grande nesse Headset usando o som onboard da minha placa-mãe, o que é o meu caso. Nesse caso, quem não tem uma placa de som offboard, o que é novamente o meu caso, compensa.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×