Imprimir artigo
Como configurar SSDs no Linux para maior desempenho
por em Tutoriais
Última atualização:
9.323 visualizações

Quando instalamos SSDs no Windows, o sistema operacional automaticamente ativa o comando TRIM (para evitar degradação desnecessária do SSD) e faz outros ajustes necessários para aumento de desempenho e vida útil. No Linux, porém, isso não é feito: são necessárias configurações adicionais..

Dois ajustes são necessários. Primeiro, edite /etc/fstab e localize a linha que monta o SSD. Será uma linha como:

UUID=9728b046-96eb-4c6f-ae60-31805ad8e320 /               ext4    errors=remount-ro 0       1

Nela, adicione noatime,nodiratime,discard ao lado de errors=remount-ro, ficando algo como:

UUID=9728b046-96eb-4c6f-ae60-31805ad8e320 /               ext4 noatime,nodiratime,discard,errors=remount-ro 0       1

O segundo ajuste que deve ser feito é adicionar a seguinte linha ao arquivo /etc/rc.local:

echo deadline > /sys/block/sda/queue/scheduler

Onde você deve substituir “sda” pela unidade que representa o SSD em sua máquina.

Reinicie a máquina.

Se você tiver um servidor MySQL na máquina, você pode configurar o MySQL a usar blocos de dados de 4 kiB para “casar” com o tamanho do bloco de dados usados no SSD e aumentar o desempenho. Para isso, você terá de obrigatoriamente usar o motor InnoDB em suas tabelas. O parâmetro que deve ser adicionado ao arquivo my.cnf é o seguinte:

innodb_page_size=4k

Se as tabelas dos bancos de dados já forem InnoDB, você terá de fazer um “dump” dos bancos de dados, apagar todos os bancos de dados, reconfigurar o MySQL com o parâmetro acima, recriar os bancos de dados e restaurar o “dump”. Isso ocorre porque os arquivos contendo os dados gerados com um determinado tamanho de bloco são incompatíveis com arquivos gerados com outro tamanho de bloco configurado.

Se as tabelas dos bancos de dados forem MyISAM, você deverá configurar o parâmetro acima e converter suas tabelas para InnoDB, lembrando que tabelas InnoDB consomem mais memória (RAM) e você possivelmente precisará fazer ajustes finos específicos ao InnoDB. Esses assuntos fogem ao escopo do presente tutorial.

AUTOR
Gabriel Torres
Gabriel Torres
Editor Executivo

Gabriel Torres criou o Clube do Hardware em maio de 1996, onde escreve artigos e coordena o trabalho dos nossos diversos colaboradores. É também autor de 24 livros sobre hardware, redes e eletrônica. Foi, de 1996 a 2007, colunista do suplemento de informática do jornal O DIA (RJ). Morou nos Estados Unidos de 2007 a 2013 e atualmente mora na Austrália.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS EM ARMAZENAMENTO
ÚLTIMOS ARTIGOS
529.703 usuários cadastrados
798 usuários on-line