Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Baterias

        74.954 Visualizações     11 comentários     Tutoriais   

Tudo o que você precisa saber sobre baterias.


Introdução

Atualmente nós somos tão dependentes das baterias quanto da eletricidade. Usamos baterias em toda parte – em nossos carros, telefones celulares, notebooks, tocadores de música. Neste tutorial investigaremos um pouco como as baterias que alimentam nossos dispositivos portáteis funcionam e como podemos usá-las com mais eficiência.

O desenvolvimento das baterias começou por volta de 1800 quando um físico italiano chamado Alessandro Volta inventou a pilha voltaica. Volta fez uma grande pilha de camadas alternadas de zinco e prata (eletrodos) separadas por papelão embebido em água salgada (eletrólito). Quando as camadas de cima e de baixo foram conectadas por um fio, uma corrente elétrica passou pelo fio e pela a pilha voltaica. Volta trabalhou para medir a força elétrica, que agora é medida em volts, em sua homenagem. Quanto maior a pilha, mais potente ela era, ou seja, mais energia conseguia fornecer. Embora em alguns países, como é o caso do Brasil, as baterias sejam chamadas de “pilhas” por causa da pilha voltaica, elas também são referidas como “baterias”. Este nome foi criado por Benjamin Franklin por causa do termo “bateria de artilharia”, que se refere a uma unidade de artilharia agrupada para aumentar o desempenho.

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Bom artigo!

Só fico em duvida quanto a recarregar baterias de ion litio (celular, notebook) pois elas não sofrem de efeito memória, mas dizem que é bom usa-las até o fim antes de recarregar... elas perdem a eficiencia (leia-se, tempo de duração de uma carga completa) de forma regular, ou conforme são carregadas?

Alguns errinhos :D

\/

Pagina 3 Baterias secundarias:

Elas sobrem de um infame problema chamado “efeito memória”

Clique aqui para ler mais sobre este assunto (não tem link nenhum)

Pagina 5: No entanto, o riso de vazar aumenta

Editado por =insane=

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bom o artigo, e pensar que sempre misturei vários tipos de baterias em um mesmo aparelho eletrônico sem menor pudor.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pilhas não são recarregáveis, baterias são, acho que essa nomenclatura causaria menos confusão.

Tem uns dados que poderiam ser adicionados neste site sobre o meio ambiente e as baterias http://www.comprare.com.br/loja/meioambiente.php?osCsid=ophhud8p0lkmvchl5opar6ugc6, neste mesmo site no passado existia um tutorial como escolher as baterias, inclusive explicando muitos detalhes técnicos importantes, pena que não existe mais o tutorial...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bom esse artigo, muitas duvidas foram resolvidas.

Percebi que tem 2 pequenos erros, o 1º e o link relativo ao efeito memória na página 3 não esta funcionando, pelo menos aqui. E o segundo no 11º ponto da página 5 tem um erro de digitação, ta escrito riso, onde acredito que seria risco.

falou ae.PANAO.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Legal o texto.

Mas acho que autora poderia ter acrescentado uma informação relevante sobre os primeiros indícios de utilização de baterias, que não foram com Alessandro Volta no ano de 1800, mas sim no ano 250 AC com a chamada Bateria de Bagdá (Baghdad Battery), isso é claro ao considerarmos o entendimento de historiadores mais modernos.

http://en.wikipedia.org/wiki/Baghdad_Battery

http://www.cq.ufam.edu.br/bateria/Historia_Bateria_bagda.html

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

na pagina 4 : "A Panasonic tem baterias Oxyride que utilizam um grafite granulado e dióxido de magnésio..."

O Magnesio tem nox (numero de oxidação) fixo em +2 e não forma um Dioxido. MgO2 é o peroxido de magnesio que propridades diferentes do oxido..

Algumas pessoas confundem Manganes (Mn) com Magnesio (Mg), o Mn forma o dioxido que é a forma mais estavel e comum na natureza..

Editado por jonathan.baumi

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bem legal esse artigo...uma pena é que a maioria das baterias recarregaveis de NiCd e NiMh sofrem uma auto descarga muito rápida(algo em torno algumas semanas)...e isso atrapalha o seu uso....

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

sempre achei os artigos da compukiss.com pra leigos, acho que a Sandy sempre fala o obvio pelo menos pra mim.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Muito bom esse artigo, muitas duvidas foram resolvidas.

Percebi que tem 2 pequenos erros, o 1º e o link relativo ao efeito memória na página 3 não esta funcionando, pelo menos aqui. E o segundo no 11º ponto da página 5 tem um erro de digitação, ta escrito riso, onde acredito que seria risco.

falou ae.PANAO.

Erros corrigidos, obrigadíssimo por nos avisar!

na pagina 4 : "A Panasonic tem baterias Oxyride que utilizam um grafite granulado e dióxido de magnésio..."

O Magnesio tem nox (numero de oxidação) fixo em +2 e não forma um Dioxido. MgO2 é o peroxido de magnesio que propridades diferentes do oxido..

Algumas pessoas confundem Manganes (Mn) com Magnesio (Mg), o Mn forma o dioxido que é a forma mais estavel e comum na natureza..

Você está corretíssimo, estou corrigindo isso. Em tempo: isso foi um erro na tradução (a autora é americana), no original está realmente manganês e por algum motivo o Cássio traduziu como magnésio... Ilustração do que vou fazer com ele::chicote:

sempre achei os artigos da compukiss.com pra leigos, acho que a Sandy sempre fala o obvio pelo menos pra mim.

Mas eles SÃO para leigos... :cool:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Adorei o artigo. A recomendação de que a bateria de Lítio deve esperar ser completamente descarregada ainda gera controvérsias. O Li é o metal mais leve da tabela então não haveria necessidade de esperar até o final. Mas ocorre que a cada ciclo de recarga a bateria se desgasta. Dando assim a impressão de que há efeito memória. Mandei uma vez um e-mail pra Nokia perguntando sobre isso e eles me responderam que a vida útil de uma bateria de cel. usada intesamente como meu (5610) seria de cerca de dois anos e meio. Depois disso descarregaria muito rápido.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Uma observaçãoa ser feita e ao uso da termo "força elétrica" que foi usado como sinônimo de potencial elétrico sendo que são coisas diferentes. O potencial elétrico é uma grandeza física somente associada a carga fonte, enquanto que a força elétrico surge quando há outra carga elétrica nas imediações da carga fonte.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora