Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do Gabinete NZXT Beta

       
 26.923 Visualizações    Testes  
 6 comentários

O Beta é um gabinete torre-média de baixo custo da NZXT. Será que ele consegue acompanhar os modelos topo de linha deste fabricante? Confira.

Teste do Gabinete NZXT Beta
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

O Beta é um gabinete torre m&eacture;dia de baixo custo da NZXT que ainda assim tem vários recursos tradicionalmente encontrados apenas em alguns modelos topo de linha. Vejamos se o Beta é uma boa aquisição.

A primeira coisa que notamos neste gabinete foi que ele é muito leve, pesando apenas 7,28 Kg, que é praticamente metade do peso de gabinetes torre m&eacture;dia que normalmente testamos.

Gabinete NZXT Beta
Figura 1: Gabinete NZXT Beta.

Gabinete NZXT Beta
Figura 2: Gabinete NZXT Beta.

Como você pode ver na Figura 1, o painel lateral tem duas grades onde você pode instalar ventoinhas de 120 mm.

O painel frontal não tem porta. Todas as baias utilizam tampas gradeadas para aumentar a ventilação dentro do gabinete e todas elas possuem filtros de poeira. Este gabinete tem quatro baias externas de 5,25” e apesar de haver uma baia externa de 3,5” dentro do gabinete o painel frontal não tem uma abertura para a instalação de dispositivos de 3,5” externos. Esta é uma grande falha de projeto sobre a qual falaremos depois.

Gabinete NZXT Beta
Figura 3: Painel frontal.

De modo a reduzir custo este gabinete não vem com um manual, mas ele pode ser baixado no site do fabricante.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não acho que seja um ponto fraco o gabinete não vir com mais ventoinhas.

Pelo contrário, é até melhor, pois você pode escolher a ventoinha que mais lhe agradar, já que qualquer uma de 120 mm pode ser instalada. Um exemplo comum é a ventoinha R4-L2R-20CK-GP da Cooler Master.

Apontar isto como ponto fraco é o mesmo que dizer que é um "ponto fraco os gabinetes (de marca) virem sem fonte de alimentação".

Portanto, compre-o apenas se você não for usar este dispositivo arcaico.

E também se não for usar leitor de cartão de memória, algo muito comum hoje em dia. Afinal, é bem mais prático tirar o cartão de memória de uma câmera, por exemplo, e plugar no PC do que pegar o cabo USB pra transferir as fotos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gabinete bonito, bem acabado (pintura interna na cor preta em gabinetes desse nível eu nunca vi) e com bom preço. Também não acho desvantagem não vir com todas ventoinhas, pois possibilita que você escolha os fans que melhor lhe aprouver.

O único problema, esse sim grotesco e indesculpável, é ter a baia de 3 ½” mas não poder utilizar dispositivos 3 ½”! :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O preço la esta otimo, o grande "PRO" é o preço que ele vai chegar aqui. Alguem sabe me dizer se ja existe a venda por aqui???

Abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Concordo plenamente com o L337 Krew!

O gabinete não ter ventoinhas extras ajuda no custo final do produto e da ao usuario a opção de escolher a ventoinha que quiser! Não é um ponto negativo!

O unico problema é a baia para disquete! Eu uso um leitor de cartão de memórias, não vivo sem ele :D então, como faço? Será que é possivel arranjar alguma maneira de adaptar uma baia de 5 ¼" para transforma-la em uma baia de 3 ½"?

___________________________________________________________________

Acredito que aqui custe algo em torno de R$250,00!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×