Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Placa de Vídeo Gigabyte Radeon X800 Pro

       
 80.755 Visualizações    Testes  
 0 comentários

Testes realizados com a Placa de Vídeo Gigabyte Radeon X800 Pro.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A série Radeon X800 é atualmente a série de placas de vídeo topo de linha da ATI, concorrendo diretamente com a série GeForce 6800 da NVIDIA. Esta série possui quatro modelos de chips gráficos: X800 SE, X800 Pro, X800 XT e X800 XT Platinum Edition. Dentro desta série, a X800 Pro é um modelo intermediário, voltado aos usuários que querem alto desempenho mas não estão a fim de pagar os tubos para ter uma X800 XT. Para você ter uma idéia, o preço sugerido de uma Radeon X800 XT é de US$ 499 (o mesmo de sua concorrente GeForce 6800 Ultra) e o da Radeon X800 Pro é de US$ 399 (o mesmo de sua concorrente GeForce 6800 GT). Isso nos EUA.

Nós recebemos para testes a Radeon X800 Pro AGP da Gigabyte, e neste testes estaremos comparando este modelo ao modelo topo de linha, Radeon X800 XT Platinum Edition, e ao GeForce 6800 Ultra. Compararemos este modelo também aos dois modelos topo de linha da geração passada da ATI (Radeon 9800 XT) e da NVIDIA (GeForce FX 5950 Ultra), de forma a vermos o quanto de desempenho a mais esta nova placa de vídeo traz.

Infelizmente não recebemos ainda para testes um modelo de GeForce 6800 GT, que é o verdadeiro concorrente da Radeon X800 Pro. Ficaremos devendo esta comparação.

Por conta da fatia de mercado que estes novo chips gráficos se destinam – altíssimo desempenho para usuários com muita grana sobrando –, alteramos a nossa metodologia de testes e incluimos dois jogos de última geração, o Doom 3 e o Far Cry, que representam os jogos pesadíssimos que usuários que compram este tipo de placa de vídeo com certeza rodarão. Além disso, em nossos testes estaremos apenas comparando placas de alto desempenho, já que não faz sentido compararmos uma Radeon X800 Pro com uma Radeon 9200.

Compilamos a tabela abaixo contendo as principais características dos principais chips gráficos topo de linha existentes hoje no mercado. Todos os chips listados abaixo acessam a memória a 256 bits por vez. A ATI lançou na semana passada o Radeon X700, que concorre diretamente com o GeForce 6600. Ambos usam a interface PCI Express x16 e são voltados para o mercado intermediário, acessando a memória a 128 bits.

Chip Gráfico Clock Clock da Memória Memória Taxa de Transf. Memória Canalizações
GeForce FX 5950 Ultra 475 MHz 950 MHz 256 bits 30,4 GB/s 8
GeForce 6800 325 MHz 700 MHz 256 bits 22,4 GB/s 12
GeForce 6800 GT 350 MHz 1 GHz 256 bits 35,2 GB/s 16
GeForce 6800 Ultra 400 MHz 1,1 GHz, GDDR3 256 bits 35,2 GB/s 16
GeForce 6800 Ultra Extreme 450 MHz 1,1 GHz, GDDR3 256 bits 35,2 GB/s 16
Radeon 9800 XT 412 MHz 730 MHz 256 bits 23,3 GB/s 8
Radeon X800 SE * * * * 8
Radeon X800 Pro 475 MHz 950 MHz, GDDR3 256 bits 30,4 GB/s 12
Radeon X800 XT 520 MHz 1,08 GHz, GDDR3 256 bits 34,56 GB/s 16
Radeon X800 XT Platinum Edition 540 MHz 1,18 GHz, GDDR3 256 bits 37,76 GB/s 16

Além do clock, existem várias diferenças internas entre os chips da série GeForce 6800 e os da série Radeon X800. Clique aqui para ver detalhes dos chips GeForce 6800 ou clique aqui para ver detalhes dos chips Radeon X800.

Resumidamente, os chips Radeon X800 são capazes de processar até 80 operações de shader por pulso de clock, enquanto os chips da série GeForce 6800 processam até 128 operações por pulso de clock.

Uma novidade do Radeon X800 é a sua arquitetura de memória de vídeo. A interface de memória continua sendo de 256 bits, mas em vez de acessar a memória como se ela fosse única, a memória é dividida em canais independentes; ela é dividida em 4 canais de 64 bits cada. Com um único canal não é possível ler e/ou escrever mais de um dado na memória ao mesmo tempo. Com esta nova arquitetura, o chip gráfico pode acessar, ao mesmo tempo, até quatro endereços de memória diferentes, desde que estes endereços estejam localizados em bancos diferentes – ou seja, pode guardar ou ler até quatro dados na memória de vídeo ao mesmo tempo.

A terceira grande diferença entre os novos chips da NVIDIA e da ATI é em relação à versão do Shader suportada. Os chips da NVIDIA usam o novo modelo de programação Shader 3.0 (DirectX 9.0c), enquanto os chips da ATI continuam usando o modelo Shader 2.0 (DirectX 9.0).

Em compensação, o Radeon X800 traz um recurso que não existe no GeForce 6800, que é o mapeamento normal (normal map). Os mapas normais são texturas especiais usadas para adicionar mais detalhes às superfícies tridimensionais, em especial superfícies que precisam ser desenhadas com imperfeições, como os lábios ou a pele. O mapeamento normal é implementado nos chips da série Radeon X800 usando a tecnologia de compressão 3Dc, gerando maior realismo na imagem.

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora