Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Jonas Bertuol

Circuito para controle de tensão de fontes ATX em série

Recommended Posts

Eai galera eu montei uma fonte automotiva com 3 fontes atx em serie na linha de 5v ficou bacana pelo custo usei 3 fontes de 300w que declara 30 Amperes na saída de 5v a fonte ficou com 15.5v apos 4 diodos de 10A baixou para 15.2v!

Agora eu gostaria de um circuito que controle essa fonte

porque as vezes uma das fontes desarma eu gostaria de estabilizar em 14.4v e que a tensão minima de 13v alguém conhece um circuito desses? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ligue a bateria na fonte, depois ligue a fonte na tomada.

A fonte desarma por causa do pico de corrente.

 

Imagino que um circuito de estabilização na etapa final de uma fonte chaveada, "seria andar para trás".

 

Aguarde informações de usuários que entendem mais da coisa.

Abraço

Editado por cesardelta1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu recomendaria a ligação em paralelo das fontes !

Você vai ver que na saída das tensões tem um toroid "um redondo com fios enrolados" vai ver que um deles vai para a saída de 5v corte o fio. Depois pegue dois diodos Ex: 1N4004, 1N4007 e etc... coloque um virado para cima e o outro para baixo e solde os terminais, após isto solde na placa um dos lados e o outro no fio do toroid.

Pronto sua saída 12v vai estar com 13,8v. Faça isso em todas as fontes e ligue em paralelo vão ficar com 13,8v e a soma das correntes de cada uma !

 

Abraço, caso tenha duvidas entre em contato comigo.

mateusjdm_sl@hotmail.com

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá,

 

Eu já mexi muito com essas fontes, as mais fáceis de alterar são as que tem o CI DBL494 ou TL494, são controladores PWM, e o esquema pode ser facilmente encontrado na net, mesmo que não seja o original já é muito perto do circuito real.

 

O caso é que tem circuitos que monitoram:

- falta de tensão, em todas saídas.

- pico de tensão, em todas saídas.

- corrente máxima de todas saídas juntas,

 

O mais interessante dessas fontes é o indutor, a bobina, que tem depois do transformador, ela é a circular e lembra um transformador toroidal, ela é a responsável por balancear as tensãoes:

 

 

Como o circuito é chaveado por PWM, se os pulsos são curtos, temos pouca transferencia de energia para a saída, e o inverso também, ou seja se os pulsos forem largos a transferência é maior.

 

Desta forma se a fonte está em repouso, temos 5, 12, 3v3, -12 e -5, e também 5 para o circuito auxiliar, mas esta é uma fonte separada, que é controlada de forma independente.

 

Voltando, se a linha de 5v fornecer uma corrente alta, a tendencia seria a de que os pulsos (parte ativa) do PWM sejam mais largos o que faria com que as outras tensões recebessem mais energia, logo como o consumo das outras saídas como 12 e -12 não fossem alterados a tensão acabaria subindo.

 

E é nesta parte que a bobina toroidal faz a sua função, ao fluir mais energia de uma linha (5v) as outras recebem uma tensão negativa, que acaba cancelando o aumento da tensão final e por fim ocorre a estabilização.

 

 

 

Se for utilizar apenas uma tensão de uma fonte dessas, poderá remover a bobina toroidal e os diodos das outras linhas, assim o excesso de energia não será retificado e não vai queimar nada.

 

O que é necessário então é encontar o circuito de falta de tensão e adaptar eles para a nova necessidade.

 

Como é um circuito que opera com mais de 300V é recomendado atenção e caso não tenha conhecimento é melhor evitar mexer com este tipo de circuito.

 

E também devido à potencia elevada, se acontecer alguma coisa fora do normal, como um curto ou sobre aquecimento os componentes podem explodir, já aconteceu muitas vezes comigo, e em algumas os óculos de proteção foram muito bem aplicados.   

 

Geralmente os transistores de chaveamento da tensão do primário do transformador maior, ao explodir quebram seu invólucro (parte preta) e os estilhaços ganham muita velocidade.

 

Também tem o problema dos capacitores que podem vazar e dar um jato quente e ácido nos olhos e pode ser feio!

 

Cautela é sempre bom, mas EPI, como óculos, luvas são baratos e podem evitar muita coisa.

 

Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Gostei da ideia de ligar as fontes em paralelo nos 12v

    eu conheço a modificação e achei um circuito muito com eu gostaria de ajuda

    pois eu não acho o esquema para min montar a placa gostaria de ver se vocês conhecem ele esta nesse site

    http://eletrnicavirtual.blog.terra.com.br/2012/06/06/regulador-estabilizador-para-fontes-138-volts-15ar-6000/ 

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×