Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Albertowl

Capacitor em cc

Recommended Posts

Olá, pessoal. Estou com uma dúvida aqui. Se um capacitor bloqueia a corrente contínua, como a corrente segue o circuito a partir daquele ponto se ela foi bloqueada? existe alguma forma de colocar o capacitor para que ele não bloqueie a corrente? se puderem me ajudar, eu agradeço.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A corrente contínua se apresenta em dois fios, um positivo e outro negativo..

Se o capacitor for usado entre esses terminais, um polo no positivo e outro no negativo ele não bloqueia a corrente e sim filtra a mesma..  A isso se chama ligação em paralelo do capacitor. 

Entretanto, se ele for ligado em série, um fio no positivo, saindo pelo outro extremo do capacitor, ai sim a corrente contínua não vai passar pelo mesmo, e note, às vezes ele é usado assim justo para que a corrente contínua não passe, deixando passar somente a corrente alternada..

Olhe esse capacitor de 100 nF, tanto na esquerda quanto na direita.  Ele deixa passar a corrente alternada, no caso o sinal ...

a02fig07.jpg

 

Já ai abaixo a presença do capacitor, agora em paralelo, filtra a tensão alternada na saída do diodo retificador...

 

1.png

Editado por faller
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Essa questão me deixou com a pulga atrás a orelha durante uns dias. Em minhas pesquisas eu cheguei até a cogitar que a solução poderia ser colocar o capacitor em paralelo mesmo, mas nenhuma explicação confirmava de forma clara essa resposta. Então, achei prudente pedir ajuda e a confirmação de alguém do fórum. Valeu demais Faller, me ajudou muito.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @faller

    4 horas atrás, faller disse:

    A corrente contínua se apresenta em dois fios, um positivo e outro negativo..

    Se o capacitor for usado entre esses terminais, um polo no positivo e outro no negativo ele não bloqueia a corrente e sim filtra a mesma..  A isso se chama ligação em paralelo do capacitor. 

    Entretanto, se ele for ligado em série, um fio no positivo, saindo pelo outro extremo do capacitor, ai sim a corrente contínua não vai passar pelo mesmo, e note, às vezes ele é usado assim justo para que a corrente contínua não passe, deixando passar somente a corrente alternada..

    Olhe esse capacitor de 100 nF, tanto na esquerda quanto na direita.  Ele deixa passar a corrente alternada, no caso o sinal ...

    a02fig07.jpg

     

    Já ai abaixo a presença do capacitor, agora em paralelo, filtra a tensão alternada na saída do diodo retificador...

     

    1.png

    boa tarde mestre aproveitando o topico ai pra esclarecer uma duvida porque então usar um capacitor para deixar"passar vcc"ao invés de um diodo que tem praticamente a mesma função então?

    desde ja agradeco

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Oi, Alessandro. O capacitor não tem “praticamente” a mesma função que o diodo. Dependendo de onde forem utilizados, ambos tem funções bem diferentes. O que acontece é que, quando se trata de retificação de um sinal (onda), os dois sim trabalham juntos, isto é, o diodo transformando o sinal da alternada em contínua pulsante e, logo mais a frente,  o capacitor filtra as ondulações para que, de fato,  possas sair uma contínua mais pura. Entendendo dessa forma, eles podem até ter funções “similares”, mas, como eu disse, dependendo de onde forem colocados eles tem funções bem diferentes. Um abraço.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    4 horas atrás, Alessandro Guimaroes disse:

    @faller

    boa tarde mestre aproveitando o topico ai pra esclarecer uma duvida porque então usar um capacitor para deixar"passar vcc"ao invés de um diodo que tem praticamente a mesma função então?

    desde ja agradeco

    O diodo tem a função de retificar (transformar a tensão alternada em tensão contínua porém pulsante). O capacitor tem a função de amortecer essa pulsação, age como um amortecedor, lineariza essa tensão pulsante e a transforma em corrente contínua efetiva, sem pulsação, ou com pouco tensão de ondulação ou de ripple como usualmente se diz. Veja que são funções diferentes entre o diodo e o capacitor de filtro.

    CursoEN1aula04Figura5.png

     

    Note que o diodo deixa passar e o capacitor transforma, modifica, são funções diferentes..

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 9 horas atrás, faller disse:

    A corrente contínua se apresenta em dois fios, um positivo e outro negativo..

    Se o capacitor for usado entre esses terminais, um polo no positivo e outro no negativo ele não bloqueia a corrente e sim filtra a mesma..  A isso se chama ligação em paralelo do capacitor. 

    Entretanto, se ele for ligado em série, um fio no positivo, saindo pelo outro extremo do capacitor, ai sim a corrente contínua não vai passar pelo mesmo, e note, às vezes ele é usado assim justo para que a corrente contínua não passe, deixando passar somente a corrente alternada..

    Olhe esse capacitor de 100 nF, tanto na esquerda quanto na direita.  Ele deixa passar a corrente alternada, no caso o sinal ...

    a02fig07.jpg

     

    Já ai abaixo a presença do capacitor, agora em paralelo, filtra a tensão alternada na saída do diodo retificador...

     

    1.png

     

    adicionado 5 minutos depois

    Consegui resolver meu circuito, só comunicando. Obrigado mais uma vez, Faller.

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    16 horas atrás, faller disse:

    O diodo tem a função de retificar (transformar a tensão alternada em tensão contínua porém pulsante). O capacitor tem a função de amortecer essa pulsação, age como um amortecedor, lineariza essa tensão pulsante e a transforma em corrente contínua efetiva, sem pulsação, ou com pouco tensão de ondulação ou de ripple como usualmente se diz. Veja que são funções diferentes entre o diodo e o capacitor de filtro.

    CursoEN1aula04Figura5.png

     

    Note que o diodo deixa passar e o capacitor transforma, modifica, são funções diferentes..

    Nem quando fazia o curso de eletromecânica meu professor soube explicar tão bem a essa pergunta

    obrigado mais uma vez professor faller abraços....

    Editado por Alessandro Guimaroes

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @Alessandro Guimaroes ,

     

    Uma observação bem pertinente :

     

    O capacitor deixa passar a corrente alternada EM AMBAS AS DIREÇÕES . O diodo deixa passar a corrente alternada EM UMA SÓ DIREÇÃO.

     

    Quando voce usa o circuito acima, o diodo não deixa a corrente circular no sentido inverso, então o capacitor não tem como "devolver" essa corrente, e acaba acumulando essa energia, armazenando ela para ser consumida pelo circuito ligado a ele. A descrição de funcionamento do capacitor dada acima só se aplica ao circuito apresentado !

     

    Existem muitos outros tipos de circuito onde a função do capacitor pode ser outra bem diferente, como por exemplo criar uma defasagem entre a corrente e a tensão, ou atenuar determinadas frequências, ou apenas acoplar um sinal de freqüência alternada entre dois locais de tensões contínuas diferentes.

     

    Acho melhor você entender o funcionamento desta maneira, do que ficar com idéias pré-definidas...

     

    Paulo

     

     

     

    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @aphawk toda observação e bem valida!! e obrigado pelo seu comentário me fez querer estudar mais a fundo sobre capacitores e outros componentes em geral

    tenho a regalia de participar desse fórum e associar a teórica com a pratica aqui na bancada o que muito bom pra mim..

    abraços...

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @Alessandro Guimaroes ,

     

    Essa é a melhor maneira de aprender !!!!

     

    A teoria a gente lê e esqueça, mas a prática ajuda muito a "fixar" a teoria !

     

    Saber um pouco de cada componente é muito importante para você saber o funcionamento de um circuito.

     

    A minha opinião sobre isso é a seguinte : não precisa estudar muito a fundo capacitores, diodos, resistores, e indutores. Mas os transistores merecem um estudo mais profundo, pois são a base de quase tudo hoje. Depois disso, os amplificadores operacionais.

     

    Após isso, estudar como funcionam os chamados circuitos básicos, e testar eles na bancada vai te dar um baita dum conhecimento.

     

    Paulo

     

    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @aphawk vou fazer isso dar mais atenção aos transistores e aos amplificadores operacionais

    na verdade ultimamente ando comprando alguns livros e lendo bastante sobre o assunto

    mais de inicio o livro do Gabriel torres e muito bom estou na metade dele já e achei muitas coisinhas interessante nele, e os livros do newton.c braga também são legais aos poucos eu estou "esmiuçando"as coisas para eu poder entender melhor o funcionamentos de tudo 

    ainda mais tarde quando eu tiver condições quero comprar um osciloscópio e aprimorar meus conhecimentos(pois quando fiz o curso tinha um na escola mais malemar o professor sabia pra que servia,que nível de educação não?)

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @Alessandro Guimaroes ,

     

    Sim, insista em bons livros, eu aprendi mais com livros e revistas e montagens do que na faculdade. E olha que naquela época as faculdades eram consideradas boas !

     

    Infelizmente hoje o nível das escolas está bem baixo, e você deve procurar aprender mais usando a Internet, tem muita coisa boa, muitos sites estrangeiros com excelentes apostilas, e temos tradutor do Google que ajuda bastante se você precisar.

     

    Um osciloscópio é uma excelente aquisição, mas tem muita coisa antes dele para você adquirir....

     

    Uma boa fonte simétrica, um bom multímetro True RMS, um analisador de Transistores / semicondutores / capacitores / Indutores no Ebay ( menos de US$ 17 ), protoboard, kits básicos de componentes, isso vem antes.

     

    Depois que voce dominar razoavelmente a eletrônica analógica, ainda tem a digital, com os microcontroladores...

     

    Paulo

    Editado por aphawk
    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×