Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Placa-mãe ASRock B365M Phantom Gaming 4

       
 8.767 Visualizações    Primeiras Impressões  
 2 comentários

Confira a ASRock B365M Phantom Gaming 4, placa-mãe intermediária para processadores Intel Core i de oitava e nona geração, baseada no novo chipset B365.

Placa-mãe ASRock B365M Phantom Gaming 4
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Periféricos on-board

O chipset Intel B365 é uma solução de apenas um chip, também conhecido como PCH (Platform Controller Hub ou hub controlador de plataforma). Esse chip oferece seis portas SATA-600, com suporte a RAID 0, 1, 5 e 10.

As portas SATA são instaladas nas extremidades da placa-mãe, como mostrado na Figura 4. Quatro destas portas são rotacionadas em 90 graus para evitar que sejam bloqueadas por placas de vídeo longas. Uma delas é compartilhada com o segundo slot M.2 e será desabilitada se for lá for instalado um SSD SATA.

ASRockB365M-PhantomGaming4-05.jpg

Figura 5: as seis portas SATA-600

O chipset Intel B365 suporta 14 portas USB 2.0 e oito portas USB 3.0. A ASRock B365M Phantom Gaming 4 oferece seis portas USB 2.0, duas no painel traseiro e quatro disponíveis em dois conectores localizados na placa-mãe. Há sete portas USB 3.0 (também chamada USB 3.1 geração 1), todas controladas pelo chipset, sendo cinco delas no painel traseiro (quatro tipo A e uma tipo C) e duas disponível em um conector. Não há portas USB 3.1 geração 2.

Interessante notar a presença de uma porta serial em um conector da placa-mãe. Para usar esta porta, porém, é necessário o uso de um adaptador (não incluído).

Esta placa-mãe suporta áudio no formato 7.1, gerado pelo chipset usando um codec Realtek ALC1200. Infelizmente, não encontramos as especificações de teste codec, então não podemos avaliar a qualidade do áudio desta placa-mãe. O circuito de áudio utiliza capacitores "pure gold" da japonesa Nichicon, e a seção de áudio é separada fisicamente do restante da placa-mãe, o que ajuda a evitar interferências. As saídas de áudio analógico são independentes e folheadas a ouro, e a placa-mãe também vem com uma saída SPDIF óptica on-board.

A Figura 5 mostra a seção de áudio da placa-mãe.

ASRockB365M-PhantomGaming4-06.jpg

Figura 6: seção de áudio

A placa-mãe analisada vem com uma porta Gigabit Ethernet controlada por um chip Intel I219V.

Na Figura 5, podemos ver o painel traseiro da placa-mãe, com um conector PS/2 compartilhado para teclado ou mouse, duas portas USB 2.0, uma saída HDMI, uma saída DisplayPort, uma porta USB 3.0 tipo C, quatro portas USB 3.0 tipo A (azuis), uma porta Gigabit Ethernet, conector SPDIF óptico e os conectores de áudio analógico.

ASRockB365M-PhantomGaming4-07.jpg

Figura 7: painel traseiro

A B365M Phantom Gaming 4 possui controlador de LEDs RGB, além de ter LEDs RGB na borda da placa e na proteção plástica próxima ao painel traseiro.

Na Figura 8, podemos ver os acessórios que acompanham a ASRock B365M Phantom Gaming 4.

ASRockB365M-PhantomGaming4-08.jpg

Figura 8: acessórios

Compartilhar

  • Curtir 3


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Olha, se tivesse suporte para OC, seria uma escolha excelente para montar um sistema mid/high, pois tem suporte a RAID, coisa que os B360 não tem. Sei lá... ficou meio no limbo esta especificação. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tá ai para quem procura uma boa placa-mãe com qualidade de construção e recursos e não pretende colocar cpu da linha "K"  é uma boa escolha

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Junte-se à conversa

Você pode postar agora e cadastrar-se depois. Se você tem uma conta, faça o login para postar.

Visitante
Adicionar um comentário

×   Você colou conteúdo com formatação.   Restore formatting

  Só é possível ter até 75 emoticons.

×   O link foi automaticamente convertido para mostrar o conteúdo.   Clique aqui para mostrá-lo como link comum

×   Seu texto anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!