Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Roliveira82

Valor está entre outros 2 valores (excel)

Recommended Posts

Boa tarde pessoal. Estou montando uma ferramenta que calcula o índice de viscosidade de óleos lubrificantes: 

Entro com o valor de Y (B3), conforme a figura 1;

Esse valor é buscado em uma matriz via PROCV conforme a figura 2;

Preciso que, quando eu digitar, por exemplo, 2,05, retorne a média de B2 e B3 da figura 2, pois 2,05 está entre 2,00 e 2,10.

 

Grato desde já!

1.jpg

2.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite

 

Para facilitar anexe a planilha, demonstrando o resultado esperado.

 

A imagem não ajuda nada, pois não podemos testar fórmulas em imagem.

 

[]s

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Você pode utilizar dá seguinte maneira:

 

média (arredondar(valor;pra cima);arredondar(valor;pra baixo))

 

Então de acordo com o que acabei de postar se você digitar 2,05 ele vai fazer uma média dos valores 2,00 e 2,10.

 

Onde está escrito valor você pode trocar pelo seu PROCV.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite, ROliveira

Na verdade eu acho que, ao invés de uma média simples, você deveria fazer uma interpolação. No exemplo que você deu, tudo bem porque 2,05 está bem no meio entre 2,00 e 2,10, mas se fosse, por exemplo, 2,08? Estaria bem mais próximo de 2,10 do que de 2,00, então uma média não traria um resultado adequado.

Veja a discussão sobre esse tema e o resultado/fórmula no tópico do Planilhando sobre INTERPOLAÇÃO.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas, como queira. Uma interpolação nada mais é do que uma regra de três composta (ou uma proporção de triângulos, o que dá no mesmo). Elas são muito úteis em engenharia, por exemplo, quando você tem medições discretas de pares de valores, por exemplo, pressão e temperatura, e quer estimar um valor que não está na tabela, mas está entre dois outros já medidos. Um exemplo clássico é o da tabela de Vapor Saturado Seco ou das medições de viscosidade que o colega está apresentando acima.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É uma razão de diferenças. No caso que citei acima, imagine que ele queira saber o valor de L tendo o valor de CST(Y) sendo 2,08. Como 2,08 está bem mais próximo de 2,10 do que de 2,00, então L estará bem mais próximo de 8,640 do que de 7,994, correto? Mas quanto mais próximo? Então aí é que entraria a regra de três composta:

(2,10 - 2,00)   -----  (8,640 - 7,994)

(2,08 - 2,00)   -----  (x - 7,994)

Leia-se: "2,10 menos 2,00 está para 8,640 menos 7,994 assim como 2,08 menos 2,00 está para x menos 7,994"

Algebrismos à parte, chegaremos a: x = (0,646 x 0,08)/0,1 + 7,994 = 0,5168 + 7,994 = 8,5108

 

Ou seja, para CST(Y) 2,08 teremos L = 8,5108

 

Se fosse pela média seria L = (8,640 - 7,994)/2 + 7,994 = 0,323 + 7,994 = 8,317, o que dá uma boa diferença já.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite pessoal. Muito obrigado pelas respostas! @Edson Luiz Branco, o certo é sim interpolar, mas o que realmente me interessa é a busca. Só não falei da interpolação para não fugir do foco. Pode ser qualquer valor entre 2,00 e 2,10 como descrito no exemplo. Só preciso que a busca entenda que 2,05 está entre B2 e B3.@Patropi, segue a planilha para análise da fórmula. Vamos em linhas:

PROCV procura o valor;

Retorna #N/D pois 2,05 não existe;

O valor precisa ser achado para tirar as médias das colunas B e C

 

Muito obrigado mais uma vez.

Tabela Indice de Viscosidade.xlsx

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Roliveira

 

Como você esta usando o Falso (ou zero) na formula com PROCV, a procura é exata, mas se você trocar o FALSO por verdadeiro (ou por 1), desde que esteja em ordem crescente vai retornar o valor mais próximo.

 

Experimente assim:

=PROCV(B3;'TABELA YLH'!$A$2:$C$10450;2;1)

 

[]s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como o amigo citou acima, você tem que fazer um procv do valor desejado, mas trocar o falso por verdadeiro, para ele encontrar o numero inferior mais proximo.

Vou tentar fazer na sua tabela para demostrar, apesar dela está protegida.

 

 

adicionado 28 minutos depois

 

segue as formulas:

d2 =procv($b$3;'tabela ylh impressão'!$a$2:$c$54;1;1)

e2 =procv(d2;'tabela ylh impressão'!$a$2:$c$54;2;0)

d3=índice('tabela ylh impressão'!a:a;(corresp(d2;'tabela ylh impressão'!a:a;1)+1);1)

e3=procv(d3;'tabela ylh impressão'!$a$2:$c$54;2;0)

d4=previsão.linear(b3;e2:e3;d2:d3) - 

d4 é o valor procurado onde foi feito a interpolação.

 

espero que tenha ajudado.

exemplo.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×