Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
ROMÃOVILÃO

gt 1030 gargala em i3 530?

Recommended Posts

Olá @ROMÃOVILÃO , primeiro me diga qual é significado de "gargalo" para você. É um termo muito popular e pouco explicado. Ás vezes é usado de modo exagerado e/ou explicitar algo negativo. O verdadeiro "gargalo" existe e sempre existirá .

Talvez o "gargalo" que se refere é se "meu (ou não) i3 consegue aproveitar a GT 1030 ou GTX 750.

 

Bom para começo de conversa, comparar uma placa de 2014 (GTX 750) com uma de 2017 (GT 1030) é talvez contraditório.

Isso se reflete ao desempenho apresentado em suas gerações, apesar da GT 1030 não ficar longe, a GTX 750 era considerado uma placa de entrada enquanto a série GT, não, seu publico não era necessariamente "gamer". Mas como se passaram 3 anos e 1/2, obviamente com evolução das placas, a GT não ficou para trás. E com o subida de desempenho da GTX1050, a GT 1030 "roubou" o tier da velha GTX 750, custando bem menos e consumindo menos energia, não exigindo uma fonte de potência alta.

 

Teoricamente maior limitador, seja com GTX 750 ou GT1030, são os jogos. Se o jogo é programado em threads ajustadas e bem "elaboradas" para vários núcleos, não há i3 (atualmente), que não vai dar problema.

Quando um jogo é executado, o CPU precisa realizar os "Draw Calls" para a GPU desenhar os quadros a serem exibidos, se a CPU não consegue acompanhar a GPU, ou está tendo problemas, resulta em uma GPU subutilizada. O famigerado "gargalo" da internet a fora.

 

E outro detalhe: Essa duvida está relacionado a compra? E se sim, porque estas placas? Em qual fonte você vai utilizar?

Se tiver duvidas, responda à vontade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
47 minutos atrás, zopek disse:

Olá @ROMÃOVILÃO , primeiro me diga qual é significado de "gargalo" para você. É um termo muito popular e pouco explicado. Ás vezes é usado de modo exagerado e/ou explicitar algo negativo. O verdadeiro "gargalo" existe e sempre existirá .

Talvez o "gargalo" que se refere é se "meu (ou não) i3 consegue aproveitar a GT 1030 ou GTX 750.

 

Bom para começo de conversa, comparar uma placa de 2014 (GTX 750) com uma de 2017 (GT 1030) é talvez contraditório.

Isso se reflete ao desempenho apresentado em suas gerações, apesar da GT 1030 não ficar longe, a GTX 750 era considerado uma placa de entrada enquanto a série GT, não, seu publico não era necessariamente "gamer". Mas como se passaram 3 anos e 1/2, obviamente com evolução das placas, a GT não ficou para trás. E com o subida de desempenho da GTX1050, a GT 1030 "roubou" o tier da velha GTX 750, custando bem menos e consumindo menos energia, não exigindo uma fonte de potência alta.

 

Teoricamente maior limitador, seja com GTX 750 ou GT1030, são os jogos. Se o jogo é programado em threads ajustadas e bem "elaboradas" para vários núcleos, não há i3 (atualmente), que não vai dar problema.

Quando um jogo é executado, o CPU precisa realizar os "Draw Calls" para a GPU desenhar os quadros a serem exibidos, se a CPU não consegue acompanhar a GPU, ou está tendo problemas, resulta em uma GPU subutilizada. O famigerado "gargalo" da internet a fora.

 

E outro detalhe: Essa duvida está relacionado a compra? E se sim, porque estas placas? Em qual fonte você vai utilizar?

Se tiver duvidas, responda à vontade.

 

adicionado 0 minutos depois
agora, romãovilão disse:

 

opa eu querias saber se ela aguenta melhor dizendo hehe!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×