Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
SAGA06

Overclock No Amd Athon

Recommended Posts

Assim como a maioria dos processadores AMD, o Athlon não oferece a possibilidade de overclocks mirabolantes de 50% ou mais, como é possível em alguns modelos no Celeron, mas de qualquer modo, e possível conseguir resultados razoáveis com ele.

Como sempre, a opção mais simples de overclock é simplesmente aumentar a frequência de barramento da placa mãe. É importante lembrar, que no Athlon a placa mãe funciona a apenas 100 MHz, e não a 200 como muita gente pensa. O Bus EV6 utilizado no Athlon permite que sejam feitas duas transferências por ciclo entre o chipset e o processador, o que na prática resulta em transferências equivalentes a um barramento de 200 MHz, mas a frequência real continua sendo de 100 MHz.

A maioria das placas mãe para o Athlon suportam frequências de barramento mais altas: 105, 112, 124 e até mesmo 133 MHz em alguns casos. A Asus K7M por exemplo, oferece frequências entre 100 e 125 MHz, com incrementos de 1 MHz, permitindo escolher qualquer valor. Na grande maioria dos caso você sequer precisará abrir o gabinete para alterar a posição de jumpers, pois a configuração da frequência de barramento pode ser feita através do Setup.

Como disse, o Athlon não tem um potencial de overclock muito grande. Em geral você conseguirá bons resultados utilizando bus de 112 MHz.

O Athlon oferece também a possibilidade de alterar o multiplicador, o que permitiria um leque maior de opções. O problema é que para isto é necessário conectar um overclocking card ao feature conector do processador, um encaixe que fica na parte superior do Athlon.

Existem vários modelos de overclocking cards ou "Gold Fingers" como alguns preferem chamar. Em todos existem conjuntos de jumpers ou dip-switches que permitem alterar o multiplicador do processador livremente. Basta então configurar os dips e encaixar o gold finger no Athlon.

Porém, esta segunda opção não é lá muito vantajosa. Primeiro por que ara usar o gold finger, você precisará retirar a capa de proteção do processador, o que caso feito sem cuidado ode ate mesmo danificar o processador. Segundo por que estes dispositivos de overclock são relativamente caros, custam de 40 a 80 dólares. Oras, ao invés de gastar tudo isso num gold finger, só para fazer overclock, seria muito melhor comprar logo um processador mais rápido. Se você tem um Athlon, prefira fazer overclock aumentando a frequência de barramento

:naonao: "LIBERDADE DE EXPRESSAO" :naonao:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como disse, o Athlon não tem um potencial de overclock muito grande. Em geral você conseguirá bons resultados utilizando bus de 112 MHz.

Athlon não oferece a possibilidade de overclocks mirabolantes de 50% ou mais, como é possível em alguns modelos no Celeron

Pelo visto você está bem desatualizado :muro:

Procure se informar melhor antes de botar esses comentários que formaram um quadro 4 anos atrás,

Procure ler um pouco sobre núcleos de processadores, (só a athlon-xp tem 6 tipos diferentes, cada um com uma caracteristica), v-core, v-dimm, pci e fsb bus, stress-test entre centenas de outros termos tecnicos,

Não pare no tempo,

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×