Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Matheus Braga1

21:9 à 75hz ou 16:9 à 144hz

Recommended Posts

Estou decidindo entre 2 monitores, um 21:9 da LG https://www.submarino.com.br/produto/132609475/monitor-gamer-led-29-ips-1ms-ultrawide-full-hd-29um69g-lg e o outro 16:9 da Acer https://www.submarino.com.br/produto/132118609/monitor-gamer-led-24-1ms-144hz-widescreen-gn246hl-acer 

 

Jogo vários tipos de jogos, com ênfase em jogos de tiro. E meu PC é assim:

Placa-mãe:  Gigabyte GA-Z170M-D3H DDR3

Placa de Vídeo: MSI GEFORCE GTX 1050 TI GAMING X 4G

Processador: Intel Core i5-7400

Memória RAM: 8GB

Monitor: Samsung Syncmaster T190

 

Estou ciente que para os grandes jogos atuais o meu setup talvez não consiga entregar 144 fps, desperdiçando dinheiro. Mas também não sei se a resolução de 21:9 vai diminuir muito a quantidade de fps que eu já consigo atualmente. Então gostaria que me dessem a opinião de vocês sobre qual deles pegar.

Também devo ressaltar que o monitor da LG possui uma função chamada "Black Stabilizer" que me atraiu bastante pois resolve um problema que eu sofro bastante, e não parece que o da Acer possui algo assim.

 

E tenho uma dúvida: nas descrições dos meus produtos (placa-mãe, gpu, processador) está escrito coisas do tipo "Porta DVI-D (a que eu uso), suportando uma resolução máxima de 1920x1200 @ 60 Hz". Isso significa que mesmo que o fps produzido seja maior que 60, a quantidade "mostrada" na tela será sempre no máximo 60?

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×