×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

AmonAmarth

Membro Pleno
  • Total de itens

    171
  • Cadastrado em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Tudo que AmonAmarth postou

  1. @leallz Recomendo atualizar TODOS os drivers da placa-mãe (não só o de áudio), começando pelo Chipset. Se parou de sair áudio tanto no painel frontal do gabinete, como na parte traseira (que é direto na placa-mãe), a chance de ser driver é muito grande.
  2. @Allan Rebelo esse erro (SYSTEM THREAD EXCEPTION NOT HANDLED) normalmente é comum acontecer por questões associadas a driver de dispositivos. Por acaso chegou a atualizar algum driver ou a instalar algum programa antes de começar a dar esse problema? Com relação a tela de reparo, você pode fazer o boot da ISO do Windows, como se fosse formatar, e por lá, abrir o cmd e executar os comandos do vídeo acima. A maioria dos computadores abrem a opção de reparo teclando F8, então recomendo testar se no seu funciona também.
  3. Se o cliente pediu o w10 32 bits, então instale o w10 32 bits. Infelizmente ainda hj, muitos módulos de bancos e programas financeiros e contábeis específicos só funcionam ainda com windows 32 bits (muitas vezes nem tem compatibilidade em windows 8 pra cima), então não da pra falar que não existe razão pra usar. Sofro com isso com certa frequência na empresa que eu trabalho dando suporte.
  4. @EdyLobianco As saídas de áudio do gabinete na maioria das vezes é de baixa qualidade, por isso o chiado. O melhor sempre é usar a saída de áudio da placa-mãe. Tente testar o fone ligado direto na placa-mãe, sem o extensor, e veja se o som continua baixo. Se ainda continuar baixo, atualize os drivers de som da sua placa-mãe e veja se resolveu. Se o som sair com um volume normal, troque o cabo extensor por um cabo com plug macho (e fêmea também) banhado a ouro, estéreo (com 2 anéis pretos na ponta), dê preferência por cabos de qualidade (Santo Angelo, Planet Waves, etc..), se couber no orçamento. O melhor mesmo seria não usar extensor, pois sempre tem perda de qualidade do áudio, mas como no seu caso o cabo desse headset é pequeno, utilize um extensor de qualidade.
  5. Sem problemas! Qualquer dúvida acredito que ainda estarei por aqui Recomendo também dar uma olhada em alguns tópicos do forum Cifraclub, que tem muita informação sobre gravação e home studio (alguns são um pouco antigos, mas ainda tem muita informação que vale pros dias atuais)
  6. Acho que nem existem cabos XLR/USB, pois o XLR passa sinal analógico e o USB passa sinal digital. A interface de áudio serve justamente pra converter o sinal analógico pro digital, e o mic USB já faz isso automaticamente. Mic USB normalmente são as duas pontas USB mesmo. Esse modelo que eu falei é apenas USB.
  7. Nesse caso então, melhor optar pelo mic USB. A placa de som dos computadores, embora tenham uma boa qualidade hj em dia, não são ideais para conexão de nenhum instrumento, pois elas não possuem baixa latência, ou seja, vai ter atraso no som, que nem o Asio4All (driver de baixa latência específico para gravação em DAWs) vai conseguir ajudar. Pra isso, o ideal seria uma interface de áudio (que custam na faixa de 700 pra cima) Nesse caso, melhor ir com mic USB por enquanto e aos poucos ir investindo nos outros equipamentos. O que eu uso no meu modesto "home studio" (meu quarto kkk) pra gravar as guitarras e violão que eu toco, é uma interface de áudio USB (Focusrite Scarlett Solo) e um mic dinâmico (Shure SM57) pra captar o som do violão.
  8. Isso mesmo. Cabos XLR são balanceados e também praticamente não emite ruídos e ainda tem um ganho de volume que não tem no p10, por exemplo. Já com relação ao USB, depende de onde você vai ligar (mesa, interface de áudio, PC). Se for direto no PC, não tem problema, mas se for utilizar uma mesa de som ou interface de áudio, elas tem que ter entrada e ser compatíveis com o mic USB. Tudo depende de como você tá planejando esse estúdio e quais equipamentos vai utilizar (se vai mesa de som, interface de áudio, tratamento acústico, etc...)
  9. @TzAWin Esse estúdio seria pra algo específico? pois dependendo do uso, o tipo de microfone (condensador ou dinâmico) pode se adequar melhor. Microfones condensadores são mais sensíveis ao som, ideal para voz em geral (podcast, canto, etc), enquanto os mics dinâmicos são menos sensíveis ao som e mais versáteis (utilizado pra instrumento). Em estúdio, dependendo do uso, o mais adequado seria um mic condensador, desde que o estúdio seja bem estruturado, pois esse tipo de microfone por ser mais sensível, capta muito mais ruídos. Os mais custo/benefício atualmente são o BM800 (entrada XLR/P10) e o Fifine K669 (porta USB). Pra estúdio, eu recomendo mics com entrada XLR
  10. @Snyck10 Tem preferência para fones in ear/on ear/over ear/headset? Seria pra algo em específico? (jogos, música, casual, etc...) O que eu indico é um monitor de áudio KZ ZSN Pro (in ear), que custa em média de 110 a 180 no ML e da pra achar mais barato no Aliexpress. Mas depende do tipo de fone e a finalidade que você quer, já que esse que eu indiquei é mais pra áudio em geral e é in ear, mas vale o investimento.
  11. @MacielMath qual a configuração desse PC? se puder informar o modelo das peças que estão nele, seria um bom começo. Retire esse estabilizador. Equipamentos como esse só diminuem a vida útil da fonte, além de causar outros diversos problemas, ainda mais sendo um equipamento velho e defasado. Recomendo comprar um cabo no padrão correto para a tomada Isso não interfere em nada no uso, mas recomendo tirar o lençol debaixo dele, ainda mais se a fonte estiver na parte de baixo do gabinete, pois é lá que ela puxa o ar para resfriar. Isso é bem estranho, mas recomendo atualizar o windows e todos os drivers do PC manualmente, principalmente o de rede e wireless. E, se puder informar também o erro que ele da quando aparece a tela azul, seria interessante.
  12. @Eryc Silva Esse SSD é novo? Caso sim, siga os passos abaixo: No próprio diskpart, você consegue criar a partição dele e atribuir uma letra (D:) pra ele aparecer no Windows. list disk select disc # (substituir o '#' pelo número do disco) clean create partition primary active format fs=ntfs quick assign Após fazer isso, provavelmente vai aparecer como disco local D.
  13. Pela experiência que eu tive com relação a alguns modelos da linha Acer que eu já peguei para formatar e fazer a limpeza (nas linhas Nitro e Predator), essas temperaturas são comuns (pra GPU, até 70°C ainda considero bom). Acima de 80°C constantemente já seria algo a se preocupar, mas o HotSpot é simplesmente o ponto mais quente que a placa atingiu. Não sei se o projeto de resfriamento desses modelos da Acer é mal planejado (apesar de parecer bem feito visualmente), tendo em vista que o processador (i7 9a geração) é um forno, e o chip gráfico da 2060 não é dos mais frios, ou se a pasta térmica utilizada seja nível Implastec da vida, mas até o momento, não peguei nenhum que fosse tão mais "frio" que esse. Já aproveitando, em qual superfície você costuma utilizar o notebook (na mesa, cama, etc...)? Utiliza algum suporte com ventilação?
  14. @Daniel Silva5 as temperaturas mostradas aí estão totalmente normais pra um notebook (que pode chegar aos 80~90°C, dependendo do modelo e configuração). Recomendo não ficar vendo esses programas sensoriais apenas por ver, a não ser que realmente seu equipamento apresente problemas ou sintomas relacionados a temperatura ou perda de desempenho do mesmo.
  15. @LUCAIX Na verdade não vale a pena nem colocar um i7 9700, muito menos o K, já que essa placa-mãe não aguenta um processador forte como esse com um chipset e construção simples como é de costume dessas placas de entrada. Tanto pra colocar um 10400 ou um 9700 teria que trocar de placa-mãe
  16. @RogerAlvez Infelizmente sua placa-mãe não suporta processadores da 10a geração. Ou seja, pra tu usar um I5 10400, vai precisar trocar a placa-mãe também pra pelo menos uma com chipset H410
  17. @Pixel20 Não haverá gargalo. O que você precisa se atentar é se sua fonte tem a qualidade necessária pra não torrar seu PC com uma placa dessas que hj está deveras caro. Qual a sua configuração atual?
  18. @Marcelo_gsPegar um R5 5600G e colocar uma RX 550 é jogar dinheiro fora. Use e abuse da APU desse Ryzen aí e junte grana pra pegar algo melhor quando os preços melhorarem
  19. @luiz05guilherme Qual o restante da configuração? Posso adiantar que, eu consegui zerar Horizon Zero Dawn com uma GTX 750 TI (desempenho praticamente semelhante a RX 550) e um i3 10100f (o restante da minha config tá na bio do meu perfil aí do lado), reduzindo a resolução do jogo pra 900p e com quase tudo no low, mantendo os 30 fps, que pra um jogo assim, é o suficiente pra ter uma boa experiência, e ainda assim o jogo continua lindo. Minha dica é optar por uma placa mais forte, pelo menos uma GTX 960 ou um GTX 1050 TI, se couber no seu orçamento, além também de definir o restante da configuração que você não informou.
  20. Eu raramente uso ele também, apenas em casos isolados como do exemplo do soquete que eu citei, mas não sabia dessa informação sobre o composto do limpa contato danificar a PCB. Muito boa a dica. Obrigado.
  21. Sinto dizer, mas os "profissionais" que fizeram a limpeza do seu PC, fizeram do jeito errado. 1- Não se tira processador para limpar o computador. 2- Soquete não precisa ser limpo, a não ser quando cai pasta térmica, e aí se limpa com um pequeno jato de limpa contato, que é próprio pra componentes eletrônicos. 3- Processador se limpa apenas a pasta térmica quando a mesma está ressecada com um pouco de alcool isopropílico. 4- O resto dos componentes (gabinetes, fonte, fans, periféricos) apenas com um jato de ar/aspirador e um pincel (ou só o pincel e paciência, caso não tenha o ar comprimido/aspirador) pra tirar o grosso da poeira. No meu caso, eu retiro a placa-mãe toda do gabinete (quando necessário), sem tirar memórias, nem o cooler e nem o processador. Trabalho na limpeza do gabinete e fans separadamente (quando esses estão lotados de poeira) com ar comprimido, pincel e um pano pra parte externa. Depois limpo a fonte também com ar comprimido e já preparo a organzação dos cabos e por fim recoloco a placa-mãe no gabinete e termino a montagem. E finalizando, cobre a pessoa que fez isso no seu equipamento! Todo serviço tem garantia pelo CDC e se voltou com defeito, acione na justiça.
  22. @gabriel chaves da silva Qual a configuração do seu PC? Amassados você quer dizer tortos? se sim, não recomendo nem ligar o PC sem saber o que esses terminais controlam. Se os pinos forem no processador, tente CUIDADOSAMENTE endireitar eles, sem forçar demais. Se os pinos forem na placa-mãe, melhor levar para uma assistência especializada para eles endireitarem novamente, pois os pinos são muito mais sensíveis e menores, sendo facilmente quebrado com um leve passar de dedo, por exemplo.
  23. @P4UL1NN com ctza é o processador. um 2/2 com 1.3ghz de clock. Resumindo, ele é um dual core muito antigo. Não tem muito o que fazer nesse caso, qualquer coisa que inclui multitarefas vai ser pesado pra ele, ainda mais com o Windows rodando tanto processo em segundo plano. Mesmo desativando alguns, não vai melhorar muito o desempenho dele, mas dá pra tentar.
  24. @P4UL1NN Qual a configuração completa desse notebook? Se com SSD e mais memória RAM ele ainda continua lento, o limitante pode ser o processador
  25. Analisando só por esses componentes, sem placa-mãe e fonte nunca daria certo. Seria interessante colocar todas as peças, informando a marca e modelo de cada uma, além do seu orçamento, caso ainda for comprar as peças informadas no tópico.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Curso de Hacker Ético

LANÇAMENTO!

CLIQUE AQUI E CONFIRA!

* Este curso não é ministrado pela equipe do Clube do Hardware.