Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

albert_emule

Membros Plenos
  • Total de itens

    14.319
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

1.476

5 Seguidores

Sobre albert_emule

  • Data de Nascimento 16-01-1993 (25 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    salvador
  1. Um SCR discreto com transistores mais um zener para acionar o Gate. adicionado 3 minutos depois Pode usar também uma lâmpada néon que funciona de forma bem semelhante. Mas senão me engano, a tensão de disparo é de uns 70V. Já a tensão de disparo do diac é de uns 30V.
  2. Se fossem todos os painéis iguais em serie, ficaria show de bola. Mas painéis em serie, sendo que um deles é de corrente e de tensão diferente, a potência final vai ficar limitada pelo painel de corrente menor. Já fica meio ruim.. Todos eles em paralelo, sendo que um deles tivesse corrente e tensão diferentes, nem sei o que aconteceria
  3. Tem como armazenar sim. Mas vai ficar tão cansativo quanto. Se quer acender o led por uma hora na bateria, terá que girando manivela por muito tempo para poder armazenar a energia. A não ser que você carregue a bateria num carregador ligado numa tomada 127 ou 220V. Mas aí estará trapaceando.
  4. Não. O delay da capacitância faz uma constante de tempo RC. Este outro delay o IGBT demora a responder a ordem de desligar. Mas não faz a rampa dos atrasos de constante RC.
  5. Não é ao contrário? A capacitância dos IGBTs são mais baixa? Geralmente é o que eu tenho visto. IGBTs de até 90 amperes a capacitância é muito mais baixa que se fosse mosfet na mesma corrente. Mas realmente eles são limitados em freqüência. Parece que não é muito recomendado passar dos 30Khz. Eles tem uns Delay para ligar e desligar. De forma que se a freqüência for muito alta, o IGBT pode não desligar a tempo de desligar antes do outro entrar em ação. Daí cabum Mas o mosfet em 100Khz ainda é tranquilo.
  6. Recomendado um CI UC3845: Agora o teste prático: https://www.youtube.com/watch?v=10nlBqkcVd0
  7. Acho que ninguém perguntou: Qual tipo de lâmpada incandescente? Eu conheço umas de 200 watts que iria ser bem difícil de você conseguir acender Partindo da potência da lâmpada, podemos definir o circuito do elevador de tensão. Não precisa ser necessariamente um inversor com corrente alternada de 60Hz. Pode ser até tensão DC, por se tratar de lâmpada. Daí podemos usar um conversor Boost.
  8. Veja; https://youtu.be/xfkXHr7fNso adicionado 3 minutos depois O esquema a seguir é de máquina de solda. Porém com uma pequena modificação irá funcionar como fonte estabilizada. http://danyk.cz/svar_en.html
  9. Parabéns pelo resultado. Só continuo com o pensamento de que da menos eficiência devido ao movimento alternado. Se assim desse maior eficiência, os melhores geradores do mundo seriam tipo solenoide. Mas isso não tira seu mérito. Além do mais funciona e da resultados adicionado 2 minutos depois 60 watts em 150 RPM né? Acha que exigiu quantos Newton metros para manter os 150 RPM? adicionado 13 minutos depois Veja o resultado de uns cálculos mecânicos; adicionado 18 minutos depois Agora o resultado em HP:
  10. Uns reapertos internos resolve. Ou aplicação de esmalte para transformador
  11. É uma forma controlar corrente AC através de PWM, por ser mais eficiente. O PWM também permite que um circuito eletrônico mantenha o controle. Queria brincar com duas coisas: Primeiro um modo de estabilizar tensão AC. Segundo eu queria brincar com um negócio chamado de STATCOM: Static synchronous compensator. Este segundo experimento seria para controlar as reativas que excita as bobinas de um motor de indução quando ele está sendo usado como gerador. Mas a prioridade é estabilizar tensão. Veja um exemplo: https://www.youtube.com/watch?v=avdc3RyxumM&
  12. Através do PWM unipolar o circuito eletrônico abaixa os 12V da bateria para 7.5Vac. Daí o transformador funciona perfeitamente.
  13. Para gerar senoide pura adequada a um inversor, tem que gerar PWM unipolar. Depois ainda precisa estabilizar a tensão. Isso não fica nada simples com circuitos analógicos. Só fica simples com micro controlador. Simples a parte eletrônica. Pois o código que faz o micro-controlador rodar costuma ser bem complexo. adicionado 5 minutos depois https://youtu.be/SIVeqqcBIew
  14. Olá pessoal! Está difícil de fazer algo que seja muito simples para regular tensão AC através de PWM. Eu montei o esquema da foto abaixo. Mas se comportou como um tanque ressonante. Entre o capacitor de 10uF e o indutor a corrente é alta. Mas a corrente AC que circula aí na entrada da ponte retificadora é baixa. Em fim. Ficou inviável. adicionado 14 minutos depois Cheguei a pensar em um conversor Buck duplo. Mas é impossível para corrente alternada. Por causa dos diodos. Teria que chavear duas bobinas num trafo para dar certo. Como se fosse um Push-pull. Acabo voltando ao circuito inicial que é este da foto a seguir: Mas se for para usar estes diodos todos e mais três mosfets ou IGBTs, vejo que é mais vantagem montar logo uma ponte H e fazer um inversor completo: É isso que vou fazer. A ideia é retificar sem filtrar. Daí eu uso um PWM fixo que acionará as duas metades da ponte sincronizada com os 60Hz da rede.. O resultado será este:
  15. O cidadão do vídeo a seguir é um professor de eletrônica. Por isso ele explicará bem melhor que eu. https://www.youtube.com/watch?v=5w4elabXRVQ&t=4s adicionado 13 minutos depois O núcleo de ferrite tem grandes chances de estar saturando. Este pode ser o motivo das explosões. Saturando por corrente muito alta. Daí a magnetização chega num limite, não podendo aumentar mais e as bobinas acabam se comportando como se fossem núcleo de ar.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×