Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Ricardov

Membros Plenos
  • Total de itens

    5.912
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

1.982

6 Seguidores

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Santa Catarina
  • Sexo
    Masculino
  1. @LucasElt poste o esquema do circuito que pretendem fazer. Fica difícil ajudar sem informação. Pode ser um rascunho, é melhor que nada.
  2. Use a ferramenta de criação de mídia da Microsoft. Ela baixa o Windows e grava num pendrive. Boot é a partida do computador, normalmente o boot é pelo HD. Mude a ordem de boot para o pendrive, vai aparecer a tela de instalação do Windows, daí escolha a opção Reparar. Se não tem prática veja no YouTube.
  3. Vish, já era o HD. Pode tentar recuperar arquivos usando Linux num pendrive, sem instalar. O Linux é mais robusto e acessa arquivos que o Windows não consegue. Ou o programa Testdisk (veja tutoriais no YouTube).
  4. É um conversor step up, elevador de tensão. Apontei esse como exemplo, teria que conseguir um modelo de 1A ou medir o consumo da lousa. Pode conseguir em lojas de eletrônica, de automação, robótica. Ou no mercado livre alguém da sua cidade. O mais simples é ligar numa bateria de 12V.
  5. Olá. Pode usar um conversor DC-DC desse tipo: http://www.fabioconversoresdc.com/automotivos/conversor-dcdc-18v-a-32v-para-24-v-au10 Teria que medir o consumo dessa lousa. Esse conversor do exemplo pode fornecer 0,8 A e 2A de pico. O mais simples é ligar numa bateria de 12V. O power bank talvez não consiga alimentar a carga muito tempo.
  6. @Henrique-gs não é mito. Eletricidade estática pode facilmente danificar circuitos integrados, tanto que em linhas de montagem se tomam muitos cuidados com aterramento, manta anti-estática, calcanheiras, etc. e componentes mais sensíves vem em embalagens antiéstática. O que ocorre é o clima no Brasil é úmido e isso evita que as cargas se acumulem. Mas basta trabalhar em ambientes com ar-condicionado que é muito fácil ver como a carga se acumula.
  7. 1. Sim, o cabo pode ter até 100 metros. Não faça emendas. Se o cabo ficar exposto ao tempo tem que usar um cabo tipo outdoor/externo. 2. Pode passar junto, tem que ver se cabe. 3. Use cabo de boa procedência, como Furukawa ou Nexans. 4. Pode; o alcance do 5 GHz é bem menor. Uma outra maneira de resolver é utilizando adaptadores powerline, que usam os fios elétricos da casa para transmitir o sinal.
  8. Não, para reparar tem que usar a mesma versão. Na linha de comando pode usar o comando SFC para tentar reparar o Windows. Seria bom também testar o HD, grave um pendrive/CD com o Hirensboot que tem utilitários de teste e não depende do Windows para rodar.
  9. Olá, o Windows pode ser obtido com ferramenta de criação de mídia da Microsoft. Grave um pendrive, use no boot e escolha a opção Reparar.
  10. @Renan211 de fato, não exatamente mestrado, mas cursos mais específicos de áreas de seu interesse. Como pode ver os dois anos iniciais da engenharia são de disciplinas de base: Cálculo, Física, Álgebra, Mecânica, Fundamentos de Programação, Cálculo Numérico. Agora tem até pré-Cálculo, que é um reforço de matemática por que os alunos chegam do ensino médio com muitas lacunas de conhecimento. Mas eu não tinha visto que o curso EaD. Não sei como fazem para haver interação, porque cursar engenharia sozinho não é fácil.
  11. Por isso mesmo. Consta no site por escrito que a Americanas garante a compra. Ela não pode se eximir disso depois.
  12. O Gabriel Torres editor do Clube do Hardware tem um livro de Eletrônica muito bom. Existem muitos canais no YouTube também. E é importante conseguir sucatas para não gastar muito com componentes na fase inicial.
  13. O Clamper não possui fusível, mas sim um micro-disjuntor que vai desligar a energia em caso de sobrecorrente, além da proteção contra surtos. As fontes devem ficar em local ventilado e muita gente não tem esse cuidado, além de usar carregadores de procedência duvidosa, Tê e todo tipo de gambiarra elétrica.
  14. Arquivos de sistema, de recuperação, etc. Use o TreeSize free que mostra onde está esse espaço.
  15. @Néstorp existem outros sites, inclusive de revendas Microsoft, com ofertas semelhantes então concluo que as americanas não estão agindo de má fé. Minhas recomendações são por precaução.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×