Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

(Descontinuado) Guia Básico CPU: Intel 8ª/9ª Geração


Posts recomendados

  • Membro VIP

TÓPICO CRIADO EM 17/10/2017 (ATUALIZADO EM 25/06/2020)

 

Este tópico tem como objetivo fazer uma simples análise sobre os processadores Intel Core 8ª geração Coffee Lake e 9ª geração Ice Lake para computadores de mesa (Desktop) quanto ao desempenho e algumas diferenças entre as gerações anteriores. Não será abordada a diferença de modelos específicos, assim como overclocks ou valores.

Este tópico não receberá mais atualizações!

 

Para interessados na próxima geração:

 

AVISO:
Caso queira solicitar uma recomendação de PC e/ou perguntar sobre orçamento, por favor crie um tópico informando sua situação que a comunidade do CDH certamente estará disposta a lhe ajudar.

 

ANTES DE INICIAR:

Núcleos e Threads

De modo simples, Threads são as tarefas/filas que o processador realiza, e cabe aos seus núcleos todo o trabalho.

Single Thread (Uma Tarefa) se refere o termo aos aplicativos que fazem apenas um núcleo do processador trabalhar, deixando os demais de lado.

Multi Thread (Multitarefas) se refere o termo aos aplicativos que fazem mais de um núcleo do processador trabalhar, mas estes aplicativos nem sempre utilizam todos os núcleos disponíveis.

 

Núcleos físicos: Corresponde ao que o próprio nome já diz, são a quantidade de núcleos que um processador possui em forma física.

Exemplo: Core i7-8700 possui 6 núcleos físicos.

Núcleos lógicos: É quantidade de núcleos totais que o processador pode ter e trabalhar, e em outras palavras, os threads/tarefas. Os núcleos lógicos contam com o número de threads igual a soma dos núcleos físicos junto se possibilitado, com a quantidade de núcleos virtuais adicionais. Estes núcleos virtuais adicionais são criados a partir de tecnologias como o HT (Hyper Threading) utilizado pela Intel (algo similar ao Simultaneous multithreading da AMD). Contudo, os núcleos virtuais não possuem toda e eficiência de um núcleo físico mas fazem uma diferença interessante.

Exemplo: Core i7-8700 possui 6 núcleos físicos e 6 núcleos virtuais, totalizando 12 núcleos lógicos graças ao HT.

 

Single Thread (Poder de núcleo)
Quando se trata de programas que utilizam um ou poucos núcleos do processador, um fator determinante no desempenho é o poder do single thread. O poder de single thread varia conforme o IPC (instruções por clock, o quanto de coisa que o processador consegue fazer a cada ciclo de trabalho), sendo que neste caso, quanto o maior o clock, melhor será o desempenho (considerando processadores de mesma arquitetura). O valor do clock é expresso em Hz (unidade referente a frequência).

Exemplos de aplicativos que abusam do single thread são emuladores de console, jogos antigos, assim como programas de pacote Office e aplicativos antigos. Desde a 4ª geração Haswell, o IPC dos processadores Intel tiveram pouca mudança, 10~25% em testes reais.
Vale ressaltar que em programas que utilizam vários núcleos, o poder de single thread também afeta no desempenho, além que a falta de núcleos de um processador pode ser compensada com um poder de núcleo forte.

 

Quantidade de núcleos e Multi Thread (Multi-Tarefa)

Multi thread se refere a aplicativos que podem usar vários núcleos (podendo ser 2 ou mais). Um processador ter mais núcleos que um aplicativo precisa não significa que terá um desempenho proporcional, no entanto, pode gerar uma folga de uso considerável, deixando uma boa estabilidade.

Exemplos de aplicativos focados em multi thread são jogos atuais e programas de uso profissional como renderização de vídeo, edição de imagens.

O multi thread é a soma das forças dos núcleos do processador, mas, não é uma soma linear (2+2 não são 4).

Por que isso existe?

Porque desenvolver e construir núcleos cada vez mais poderosos para atender às demandas é muito complicado (não que fazer um processador com vários núcleos seja fácil) e inviável (financeiramente e tecnologicamente).

 

 QUAL A DIFERENÇA ENTRE A 8ª GERAÇÃO E AS DEMAIS JÁ LANÇADAS?
A principal diferença está na quantidade de núcleos físicos presentes em cada uma das linhas.
i3 no legado: 2 núcleos físicos e 4 threads (usando a tecnologia HT)
i3 na 8ª/9ª geração: 4 núcleos físicos e 4 threads

i5 no legado: 4 núcleos físicos e 4 threads
i5 na 8ª/9ª geração: 6 núcleos físicos e 6 threads

i7 no legado: 4 núcleos físicos e 8 threads (usando a tecnologia HT)
i7 na 8ª geração: 6 núcleos físicos e 12 threads (usando a tecnologia HT)
i7 na 9ª geração: 8 núcleos físicos e 8 threads

 

i9 se tornou uma novidade, possuindo 8 núcleos físicos e 16 threads (usando a tecnologia HT)


2  COMPATIBILIDADE DE PLACA-MÃE! O QUE MUDOU?
A 8ª/9ª geração é apenas compatível com placa-mãe de série 300 de socket 1151, como a Z370, por isto para quem já tem uma placa como a B250, Z270 ou H110, usar os novos processadores é impossível. (Quanto a questão do BIOS, não é preciso nenhuma atualização como acontecia em placas como H110, B150 e o Kaby Lake com os processadores de 8ª geração. Infelizmente, a 9ª geração precisa de uma atualização do BIOS para seu correto funcionamento com a série 300)
Ao contrário também é incompatível! Placa-mãe série 300 com socket 1151 não aceitam processadores de 6ª e 7ª geração.
Na questão de coolers (air ou water) que suportam socket 1151, eles são compatíveis, podendo usar sem nenhum problema.

 

Referências de chipset de placa-mãe para Intel Core 8ª/9ª geração socket 1151:
Básicas: H310

Intermediárias: B360, B365
Avançadas: Z370, H370, Z390

 

> Básicas são as placa-mãe simples que já garantem todas as peças funcionando sem problemas, e mais indicadas para processadores sem o K (bloqueados para overclock). Recomendadas para processadores de entrada e intermediários, já que em alguns casos pode limitar o desempenho de processadores com mais núcleos e/ou clocks altos.

> Intermediárias por sua vez possuem algumas melhorias em relação as básicas, podendo ter mais conexões de peças, melhor construção/elaboração, melhor codec de som, ter RGB, etc. Recomendadas para qualquer processador.

> Avançadas são destinadas as pessoas que querem fazer overclocks, Crossfire, SLI e utilizar memórias RAM de alta frequência, sendo indicadas para processadores com o K (liberados para overclock).

3  BREVE DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS
i3 – Processadores básicos destinados a PCs de entrada para realização de tarefas básicas, podendo desfrutar de forma razoável em grande parte dos jogos. Possui chances de travamentos. Desempenho equivalente ao i5 de 7ª geração.

 

i5 – Processadores intermediários destinados ao usuário que quer desempenho satisfatório para jogos e quebra-galho de tarefas que demandam muito de seu uso.

i7 – Processadores de alto desempenho para jogos, usufruindo bem de tarefas mais exigente e uso profissional.

 

i9 – Processadores de desempenho de sobra para jogos, sendo poderoso em multitarefas e uso profissional.

 

SIGNIFICADO DOS SUFIXOS:

Sem sufixo – Basicamente quando o nome do modelo apresenta somente os números (por exemplo, Core i3-8100 e i7-8700), significa que são processadores padrão, sem nenhuma característica especial, sendo travados para overclock.

 

K – Este sufixo significa que o processador é liberado para realizar overclock, sendo que para fazer overclock é necessário uma placa-mãe que também permita o procedimento. (Exemplo de processadores: i5-8600K, i9-9900K)

 

F – Significa que são modelos sem chip gráfico integrado, sendo que com estes processadores é obrigatório o uso de uma placa de vídeo avulsa para poder utilizar o computador, caso contrário não conseguirá liga-lo. Assim como os modelos sem sufixo, também são travados para overclock, salvo os casos onde o modelo tem como sufixo KF, que seria tanto sem chip gráfico como com possibilidade de overclock. (Exemplo de processadores: i5-9400F, i3-9350KF)

 

DESEMPENHO EM JOGOS

Considerando os jogos lançados até a data citada no início do tópico, os processadores de 8ª geração aparentemente o i5, i7 e i9 conseguem utilizar todo o potencial das principais placas de vídeo (RX 570/580, GTX 1060/1070/1080) em resolução FullHD ou maior, ou seja, não apresentam gargalo, garantindo média de FPS acima de 60 considerando somente o processador. Quando em resoluções menores que 1080p (FullHD), como por exemplo 720p (1280x720),já se nota um escalonamento de desempenho de acordo com a otimização do jogo em aproveitar mais threads que o processador oferece.

Já os i3 a história muda um pouco. Devido a terem apenas 4 threads, em alguns jogos manter 60 FPS começa a se tornar difícil, mesmo em resoluções baixas. Uma RX 580 ou GTX 1060 seria a melhor combinação, já que a partir da GTX 1070 se começa a ver uma certa limitação causada pelo processador.

O i9 em particular, chega a ser um exagero de uso até mesmo com uma GTX 1080, sendo a recomendação deste processador mais para pessoas cuja intenção é de uso intenso, além é claro, jogos.
É importante ressaltar que a média de FPS pode variar devido aos demais componentes usados no PC, como placa de vídeo, quantidade de RAM assim como a otimização do sistema, configurações gráficas/resolução...


5  DESEMPENHO EM MULTITAREFAS
Para saber qual processador é melhor para certos programas como Blender, algum tipo de streaming ou 7zip/Winrar, tenha em mente que quanto maior a quantidade de threads que o processador apresenta, mais rápido ele poderá executar as tarefas deste tipo. Neste caso, evidentemente há um escalonamento visível entre i3, i5, i7 e i9.

 

6  QUAL COMPRAR OU FAZER UPGRADE
> Para aqueles que pretendem montar um PC novo e tenha lido até aqui, a sugestão é simples: i3 se quiser economizar e não se importar com programas de multitarefa; i5 para jogar qualquer jogo de forma satisfatória e não abusar de multitarefa; i7 para garantir sem medo o desempenho em jogos e tiver foco em streaming e/ou em multitarefa; i9 para total desempenho em qualquer situação a longo prazo.

> Para aqueles que pretendem realizar upgrade e já tenham um Intel de outra geração, a dica é sempre pegar um processador de linha superior na qual já tem. Por exemplo, quem tem um i3, pegar um i5 ao i9; Quem tem um i5, pegar um i7 ou i9; Quem tem um i7, opcionalmente pegar outro i7/i9 se caso realmente achar que não está dando mais conta do recado.

Aos possuidores de FX, um i5 ao i9.

Quem possui Ryzen não há necessidade de migrar.

 

 

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES:
 

SOBRE O FAMOSO GARGALO
De forma genérica, pode se dizer que é quando uma peça está limitando ou atrapalhando o desempenho das demais, afetando a quantidade de FPS (Frames Por Segundo) e provocando travamentos (engasgos, stuttering).

O tamanho do gargalo varia em cada jogo. Os gargalos mais comuns são entre o processador, placa de vídeo e memória RAM.

Vale ressaltar que o gargalo não faz uma peça ter menos desempenho do que poderia na situação, mas sim deixar de utilizar todo seu potencial.
Para complemento, você pode assistir a este vídeo:

O que é gargalo?

 

COM “K” OU SEM “K”?
Apesar de as versões K serem exclusivas para realizar overclock, os modelos geralmente dispõem um extra de performance. Pode pegar um modelo com K sem problemas, mas fique atento aos coolers indicados que garantam seu bom funcionamento.

 

CUIDADO: PROCESSADOR SEM COOLER!

Alguns modelos de processadores não acompanham cooler, sendo você obrigado a conseguir um que seja compatível que garanta o uso da peça sem problemas. (Confirme nas especificações do produto que esteja interessado)

 

ARTIGOS E TÓPICOS QUE PODEM AJUDAR:

Spoiler

 

 

 

 

OBS: Qualquer sugestão/dúvida/correção sobre o tópico é bem vinda!

  • Curtir 7
  • Obrigado 1
  • Amei 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • Membro VIP

@Lost Byte Excelente tópico, bem explicativo e fácil e prático de se entender, eu pessoalmente estou querendo montar outro PC com essa 8º geração, só estou esperando diminuir esse preço excessivo de memórias RAM e das GPU.

  • Curtir 1
  • Obrigado 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Pequena atualização e provavelmente definitiva em 03/07/2018

> Oficialização das placa-mães lançadas e adicionamento da Z390 como referência em placas consideradas avanças.

 

Em 05/03/2018 às 10:11, GabrielLP14 disse:

só estou esperando diminuir esse preço excessivo de memórias RAM e das GPU.

Eu estou só pelas memórias e possivelmente ainda vai demorar para diminuir. Tá difícil amigo, e do modo como está indo a coisa, acho melhor eu já ficar pensando na 9ª geração. :D

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
agora, Lost Byte disse:

Pequena atualização e provavelmente definitiva em 03/07/2018

> Oficialização das placa-mães lançadas e adicionamento da Z390 como referência em placas consideradas avanças.

 

Eu estou só pelas memórias e possivelmente ainda vai demorar para diminuir. Tá difícil amigo, e do modo como está indo a coisa, acho melhor eu já ficar pensando na 9ª geração. :D

Com certeza, isso se for diminuir

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Notas de atualização 17/01/2019

> Adição de processadores de 9ª geração já que são compatíveis com a série de placa-mãe 300.

> Adição de i9 e considerações de desempenho ao decorrer do post.

> Diferenças entre o i7 de 8ª e 9ª geração.

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Notas de atualização 13/02/2019

> Passado os conceitos de single e multi thread de complementar para o ínício de forma oficial.

> Adicionamento da explicação sobre núcleos físicos/lógicos.

> Adição de nível intermediário em placa-mãe, assim como o balanceamento das demais e um tanto mais detalhado.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Notas de atualização 22/03/2019:

> Adicionamento de placa-mãe B365 como exemplo de placa intermediária.

> Descrição dos sufixos na sessão 3:

Em 17/10/2017 às 15:29, Lost Byte disse:

SIGNIFICADO DOS SUFIXOS:

Sem sufixo – Basicamente quando o nome do modelo apresenta somente os números (por exemplo, Core i3-8100 e i7-8700), significa que são processadores padrão, sem nenhuma característica especial, sendo travados para overclock.

 

K – Este sufixo significa que o processador é liberado para realizar overclock, sendo que para fazer overclock é necessário uma placa-mãe que também permita o procedimento. (Exemplo de processadores: i5-8600K, i9-9900K)

 

F – Significa que são modelos sem chip gráfico integrado, sendo que com estes processadores é obrigatório o uso de uma placa de vídeo avulsa para poder utilizar o computador, caso contrário não conseguirá liga-lo. Assim como os modelos sem sufixo, também são travados para overclock, salvo os casos onde o modelo tem como sufixo KF, que seria tanto sem chip gráfico como com possibilidade de overclock. (Exemplo de processadores: i5-9400F, i3-9350KF)

 

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Evandro destacou este tópico

Não sei se o tópico correto seria esse, caso não seja perdão.

 Alguém saberia me Informar se vazou alguma informação ou alguma noticia sobre a décima geração da Intel se vai continuar com as z390 ou pular?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
1 hora atrás, y4g0 disse:

Não sei se o tópico correto seria esse, caso não seja perdão.

 Alguém saberia me Informar se vazou alguma informação ou alguma noticia sobre a décima geração da Intel se vai continuar com as z390 ou pular?

Tudo que se sabe no momento é que vai ser refresh do Cooffe Lake refresh e provavelmente terá processadores com 10 núcleos. Porcamente falando, uma 9ª geração com algumas pequenas melhorias basicamente.

 

Sobre o assunto, o mais indicado seria seguir este tópico:

 

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Atualização final 25/06/2020:

> Apenas algumas melhorias de texto e pequenas modificações no texto inicial

 

Este tópico vai parar de receber atualizações (por minha parte) devido ao lançamento da 10ª geração de processadores da Intel. Estarei agora focando nesta nova geração em um tópico próprio.

Link:

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Dj Rayke removeu o destaque deste tópico

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

minicurso-montagem-popup.jpg

MINICURSO GRÁTIS!

Como ganhar dinheiro montando computadores!

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE AGORA MESMO!