Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

SiS Mirage 3 para Puppy Linux 8.0 - Ubuntu 18.04 Bionic 64 bits


Posts recomendados

* Primeiramente, gostaria de agradecer ao site info.wsouza, pelo processamento e disponibilização dos arquivos de drivers, dos quais consegui adaptar o sistema operacional Puppy Linux Bionic 64 bits para mostrar adequadamente imagens usando o driver da Sis Mirage 3 Graphics. Veja as referências para consultar o post respectivo.

 

* Este tutorial poderá se aplicar à detecção deste driver de vídeo pelo Ubuntu Bionic 18.04 e versões segmentares (ex: Lubuntu 18.04, etc). Leia todo o tutorial e consulte as referências para apoio.

 

TENHA UMA IMAGEM DO PUFFY LINUX GRAVADA EM USB, CASO ALGUM PROCESSO ABAIXO NÃO OCORRA DA MESMA FORMA EM SEU COMPUTADOR, PARA QUE VOCÊ TENHA ACESSO À LINHA DE COMANDO E À UNIDADE DO LINUX INSTALADA, PARA DESFAZER A RENOMEAÇÃO DO ARQUIVO "xorg.conf_old" para "xorg.conf", COMO DESCRITO ABAIXO! A IMAGEM USB PODE SER FEITA USANDO O SOFTWARE UNETBOOTIN.

 

Placas de vídeo antigas da SiS Mirage dão verdadeira dor de cabeça para que sejam detectadas em sistemas linux. Pelo que tenho conhecimento, este é o primeiro tutorial disponível na internet para configurar este driver de vídeo no Puppy Linux, sistema operacional extremamente leve para rodar em computadores e laptops antigos. Devido ao grau de dificuldade, resolvi postar a configuração que fiz em meu computador com sucesso:

 

 

1. Baixe os arquivos disponibilizados, em Dropbox, na seção "Sis Mirage 3 no Ubuntu 14.04 e Linux Mint 17.1 (Rebecca)" do tutorial (link) disponibilizado nas referências abaixo. Os links dos arquivos estão especificados no script fornecido no respectivo tutorial. Não execute o script.

 

 

2. Renomeie os arquivos:

 

root$ mv sisctrl.txt sisctrl
root$ mv "SIS SisCTRL.desktop" SisControl

 

 

3. Agora, mova todos os arquivos para os respectivos diretórios abaixo. Atenção para o "xorg.conf", o qual deverá ser movido com um novo nome "xorg.conf_sismirage3":

 

root$ mv SisControl /etc/skel/SisControl
root$ mv sisctrl /usr/bin/sisctrl
root$ mv sisimedia_drv.la /usr/lib/xorg/modules/drivers/sisimedia_drv.la
root$ mv sisimedia_drv.so /usr/lib/xorg/modules/drivers/sisimedia_drv.so
root$ mv xorg.conf /etc/X11/xorg.conf_sismirage3

 

 

4. Mova o arquivo pré-existente no diretório "/etc/X11/", "xorg.conf" para "xorg.conf_old". Copie o arquivo "xorg.conf_sismirage3" para o mesmo diretório, com o novo nome "xorg.conf".

 

root$ mv /etc/X11/xorg.conf /etc/X11/xorg.conf_old
root$ cp /etc/X11/xorg.conf_sismirage3 /etc/X11/xorg.conf

 

5. Acrescente no final do novo arquivo "xorg.conf" as mesmas linhas que buscam manter as configurações atuais do teclado do computador, para que sejam mantidas durante o carregamento do sistema operacional, logo antes de carregar a tela gráfica do sistema. Essas configurações estão disponíveis no arquivo "xorg.conf_old" e permitem com que o tipo de teclado possa ser alterado futuramente, caso o usuário deseje, não sendo mantido apenas o perfil "us en". Veja o exemplo abaixo, das linhas que devem ser acrescentadas no final do arquivo:

 

Section "InputClass"
	Identifier "keyboard-all"
	MatchIsKeyboard "on"
	MatchDevicePath "/dev/input/event*"
	Driver      "evdev"
	Option      "XkbRules" "evdev"
	Option      "XkbModel" "pc104" #xkbmodel0
	Option      "XkbLayout" "br"
	Option      "XkbVariant" "" #xkbvariant0
	Option      "XkbOptions" "terminate:ctrl_alt_bksp" #xkboptions0
EndSection

 

6. Salve as alterações. Cheque se todos os arquivos citados acima estão permitidos para "leitura" e "execução" do usuário "root" e dos outros usuários do computador que existam ou que porventura possam existir. Em caso negativo, faça as respectivas permissões.

 

7. Reinicie o computador.

 

8. Na tela "Desktop" do sistema, configure a resolução da mesma, a qual, agora, deverá mudar (ex: 1280x768).

 

 

Referências:

 

Dicas Linux e Windows. Novidades sobre a Sis Mirage 3 no Ubuntu Trusty Tahr (14.04) , Linux Mint Rebecca (17.1), Debian Wheezy (7) e Jessie (8). Disponível em: <https://info.wsouza.com.br/2015/01/novidades-sobre-sis-mirage-3-no-ubuntu.html>. Acesso em: 14/06/2020.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • mês depois...
  • mês depois...

@Rafael Tiveron

Na verdade a matéria que fiz em 2015 foi um compilado de dicas que encontrei pesquisando na net e, por meio de testes foi colocando o que dava certo. 

Muito legal que uma matéria tão antiga ainda consegue servir de referência para ajudar as pessoas. Só quem ainda tem as famigeradas  Sis Mirage 3 sabem o desespero quando não se consegue atingir o resultado esperado.

Com a adaptação que você conseguiu fazer é certeza que muito mais pessoas foram ajudadas, parabéns.

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Dicas Linux e Windows

Legal demais você encontrar esse posto, tá vendo? Hahaha

Que esses arquivos possam continuar a servir para as próximas versões do Ubuntu, superiores, ainda mais quando já estão compilados, coisa mais difícil em achar... e difícil demais se for compilar... Com o preço dos computadores de hoje, dependendo de como você vai usar o computador e o aumento do lixo eletrônico, acho que compensa as pessoas divulgar e reportar as configurações que fizeram em suas máquinas e que deram certo, principalmente aquelas configurações que quase não achamos nem em post em inglês..

 

Agradeço novamente a você pelas informações e pelos agradecimentos, salvei um computador que já não estava conseguindo mais acompanhar as atualizações do Windows!

 

Valeu

adicionado 6 minutos depois

@Dougman

Testei novamente os links e todos estão funcionando atualmente (17/09/20). Não sei se você já havia checado, mas de qualquer forma, existe a passagem "baixe aqui" dentro da página citada nas referências, que dá acesso ao script que poderá ser aberto diretamente no navegador. Dali é possível copiar os links e baixá-los separadamente. A conta Dropbox vinculada pertence a outra pessoa.

 

Qualquer outro esclarecimento, pode responder.

 

Valeu

Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Rafael Tiveron

Este notebook que testei, na época tinha 5 anos de uso e utilizei-o até dezembro de 2019. Lembro que antes de conseguir fazer a Sis Mirage 3 funcionar eu estava pensando que teria que arranjar outro. Acabou que ele durou mais 4 anos de uso intenso e ainda estou com ele, mesmo com o monitor queimado, servindo de backup de arquivos.

Também acho super válido aproveitarmos ao máximo os equipamentos pela questão da redução do lixo eletrônico e da redução do consumo sem necessidade.

 

Sucesso.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Dicas Linux e Windows

O mesmo aqui, desde 2009, 11 anos kkkkk

Pelo menos para as atividades de escritório, programar, ssh e vídeos até 480p está quebrando o galho usando o Puppy. Excelente iniciativa do pessoal também em fazer esse sistema com kernel bem atual.

 

Sucesso pra você tb

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

O arquivo sisimedia_drv.la é inútil (lixo que a libtool deixa para trás). Pode excluir.

 

Esse sisimedia_drv.so foi compilado para qual versão do servidor Xorg?

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Marcos FRM vou repassar essa pergunta para @Dicas Linux e Windows , referente ao tutorial onde está vinculado os links dos arquivos, caso ele saiba e consiga te responder. De toda forma, caso isso possa te ajudar, no Puppy Linux, esses arquivos estão rodando corretamente, pelo menos pra mim, no Xorg Xserver 7.7 e Xrandr 1.5.1, sem ter o xorg-dev instalado no sistema.

 

Qualquer outra dúvida que eu puder te ajudar a solucionar, pode mandar mensagem.

 

Valeu

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Rafael Tiveron @Marcos FRM Para ser sincero, eu não lembro em qual versão do Xorg estava na época, afinal, já fazem 5 anos.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
$ xdriverprobe -o moduledata -d sisimedia
modname:      sisimedia
vendor:       X.Org Foundation
xf86version:  11500000
majorversion: 0
minorversion: 8
patchlevel:   0
abiclass:     X.Org Video Driver
abiversion:   15.0
moduleclass:  X.Org Video Driver

 

https://www.x.org/wiki/XorgModuleABIVersions/

 

Xorg server 1.15. Não funcionará em nada atual. ABI já quebrou pelo menos duas vezes desde o 1.15 (estamos no 1.20) se a memória não me falha. Ou seja... 😫

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...

Pessoal, para aqueles que estão tentando rodar o driver no Puppy, para melhorar compatibilidade, instalem, também, os pacotes "devx", "32 bits compatibility sfs" e o "extra firmware sfs" mais recentes e compatíveis com a versão do sistema operacional, por meio dos aplicativos "Puppy quickpet" ou "Puppy Updates", localizados no menu iniciar.

 

O "32 bits compatibility sfs" permite melhor compatibilidade do sistema 64 bits em rodar aplicações e scripts criados para 32 bits, enquanto o "extra firmware sfs" pode trazer novas definições e identificar drivers até então não identificados pelo sistema. Se eu não me engano, esse driver de vídeo é para 32 bits, mas consegui rodar no Puppy 64 bits, conforme mencionado no tutorial.

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...

Aha! Mais um repositório com modificações:

 

https://github.com/rasdark/xf86-video-sis671

 

Esse parece funcionar no Xorg server 1.20. Bom achado! Posso tentar criar um pacote RPM se interessar a alguém.

  • Curtir 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse driver compila no meu CentOS 8. O GCC exibe vários avisos do tipo "warning: implicit declaration of function...". Algum cabeçalho faltante... porém compila. Como não tenho mais o notebook Clevo que tinha esse chip, não tenho como testar.

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Rafael Tiveron @Dougman @Dicas Linux e Windows @Jean.gK

 

Arquivo SPEC:

 

%define moduledir %(pkg-config xorg-server --variable=moduledir)
%define driverdir %{moduledir}/drivers
%define gittag for-xorg-1.20

# Full RELRO quebra os drivers
%undefine _hardened_build

Summary: Xorg X11 sis671 video driver
Name:    xorg-x11-drv-sis671
Version: 0.10.4
Release: 1%{?dist}
URL:     https://github.com/rasdark/xf86-video-sis671
License: Custom
Source0: https://github.com/rasdark/xf86-video-sis671/archive/%{gittag}.tar.gz

%description
Xorg X11 sis671 video driver

BuildRequires: automake autoconf libtool pkgconfig
BuildRequires: xorg-x11-server-devel
Requires: Xorg %(xserver-sdk-abi-requires ansic)
Requires: Xorg %(xserver-sdk-abi-requires videodrv)

%prep
%setup -q -n xf86-video-sis671-%{gittag}

%build
autoreconf -fi
%configure --disable-static
%make_build

%install
%make_install

rm -f %{buildroot}%{driverdir}/sis671_drv.la

%files
%{driverdir}/sis671_drv.so
%{_mandir}/man4/sis671.4*

 

RPM para CentOS 8 anexo (zipado pois o fórum não aceita extensão RPM). Xorg server 1.20. O SRPM gastaria muito da minha cota de anexos no fórum (1,2 MiB); quem quiser use o SPEC acima e crie-o.

 

Não tenho como testar, mas fica arquivado para a posteridade. 🧙‍♂️

 

Soma de verificação (SHA1):

 

843ec5c81a4c1fdb8df3937edf4ff7d19f844faa  xorg-x11-drv-sis671-0.10.4-1.el8.x86_64.rpm

 

Provavelmente funcione no Fedora também.

xorg-x11-drv-sis671-0.10.4-1.el8.x86_64.zip

  • Curtir 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!