Ir ao conteúdo

Teste do SSD Corsair Force LE de 120 GiB

       
 21.637 Visualizações    Testes  
 14 comentários

Testamos mais um SSD de baixo custo com 120 GiB de capacidade: o Corsair Force LE. Vamos ver como ele se sai contra outros SSDs de entrada.

Teste do SSD Corsair Force LE de 120 GiB
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Recentemente, comparamos três SSDs “populares”: o Kingston SSDNow UV400, o SanDisk SSD PLUS e o Kingston SSDNow V300, todos de 120 GiB, que atualmente são alguns dos modelos mais baratos de SSD encontrados no mercado brasileiro. Agora estamos incluindo mais um SSD de baixo custo ao nosso comparativo: o Force LE da Corsair.

Antes de prosseguirmos com este teste, nós sugerimos a leitura do tutorial “Anatomia das unidades SSD”, onde você encontrará informações sobre estas unidades.

Assim como o Kingston UV400, o Corsair Force LE utiliza memórias TLC (triple level cell), que armazenam não dois bits por célula como a maioria das memórias MLC, mas três bits. Isso permite uma maior densidade de dados e, com isso, um menor custo de fabricação para um modelo de mesma capacidade.

A desvantagem das memórias TLC frente às memórias MLC de dois bits (e mais ainda em relação às memórias SLC) são a menor velocidade (devido ao mecanismo de correção de erro) e a menor durabilidade, pois há mais desgaste das células a cada processo de apagamento (utilizado antes da escrita de dados).

Isso pode ser notado em uma característica deste modelo: o total de bytes gravados (TBW, que significa a quantidade de dados gravados na unidade até que a mesma possa ter problemas por desgaste) do Force LE de 120 GiB é de 30 TiB. Para comparação, o Kingston UV400 de 120 GiB tem um TBW de 50 TiB. Logicamente, este valor é bem alto e não deve preocupar o usuário comum, mas torna este modelo desaconselhável para aplicações que exijam uma grande quantidade de gravação de dados, como servidores, por exemplo.

Todas as unidades testadas têm 128 GiB de memória total, mas são vendidos como 120 GiB pois 8 GiB são reservados para uso interno (“overprovisioning”), usados pelos mecanismos de coleta de lixo e balanceamento de desgaste.

Na tabela abaixo comparamos as unidades testadas. Todas as unidades usam interface SATA-600 e são baseadas no formato de 2,5”, com altura de 7 mm (podendo, desta forma, ser instaladas em notebooks ultrafinos que necessitam de unidades de armazenamento com esta altura).

Fabricante

Modelo

Código do Modelo

Capacidade Nominal

Preço nos EUA

Preço no Brasil

Corsair

Force LE

CSSD-F120GBLEB

120 GiB

US$ 50

R$ 230

Kingston

SSDNow UV400

SUV400S37/120G

120 GiB

US$ 41

R$ 220

Kingston

SSDNow V300 (605)

SV300S37A/120G

120 GiB

US$ 41

R$ 225

SanDisk

SSD PLUS

SDSSDA-120G-G

120 GiB

US$ 44

R$ 216

Os preços foram pesquisados no dia da publicação deste teste.

Na tabela abaixo, nós fornecemos um comparativo de detalhes técnicos das duas unidades.

Modelo Controlador Buffer Memória
Corsair Force LE Phison PS3110-S10C-12 256 MiB Nanya NT5CC128M16IP-DI 4x 32 GiB Toshiba TT58G51ARA
Kingston SSDNow UV400 Marvell 88SS1074 256 MiB Nanya NT5CC128M16FP-DI 8x 16 GiB Kingston FT16B08UCT1-0F
 Kinsgton SSDNow V300 CL13826Z (SandForce) - 8x 16 GiB Kingston FT16B08UCT1-DD
SanDisk SSD PLUS Silicon Motion SM2246XT - 2x 64 GiB SanDisk 05446 064G

Compartilhar

  • Curtir 4


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários


Muito bom o teste! Estou pensando em pegar um SSD faz um tempo, e esses testes ajudam muito a saber qual escolher. rs

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O tamanho não é 120 GB? 120 x 1000^3 bytes? Pois no artigo inteiro está 120 GiB (120 x 1024^3).

 

Caso realmente for 120 GB como imagino (os caras seguem o método dos fabricantes de discos rígidos), se quiser usar o prefixo binário, terá que colocar 111,7 GiB.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, Marcos FRM disse:

O tamanho não é 120 GB? 120 x 1000^3 bytes? Pois no artigo inteiro está 120 GiB (120 x 1024^3).

 

Caso realmente for 120 GB como imagino (os caras seguem o método dos fabricantes de discos rígidos), se quiser usar o prefixo binário, terá que colocar 111,7 GiB.

Está correto no artigo. Fabricantes de SSDs utilizam 1 GB (na verdade 1 GiB) como 1024^3, ao contrário dos discos rígidos que usam GB (1000^3).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Prezado Sr. Rafael, bom dia! Gostei imensamente do teste realizado com o SSD Corsair Force LE de 120 GiB. Parabéns! Tinha em mente, adquirir o SSD Corsair Force LS 120 GiB depois de ler o teste aqui já realizado. Qual o sr. sugere para uso em um pequeno escritório? Será o meu primeiro ssd. Penso também, mais pra frente, em adquirir um para minha casa. Nesses equipamentos serão instalados apenas o sistema operacional e alguns programas (office, adobe reader, photoshop). Muito obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, Gustavo Martini disse:

Prezado Sr. Rafael, bom dia! Gostei imensamente do teste realizado com o SSD Corsair Force LE de 120 GiB. Parabéns! Tinha em mente, adquirir o SSD Corsair Force LS 120 GiB depois de ler o teste aqui já realizado. Qual o sr. sugere para uso em um pequeno escritório? Será o meu primeiro ssd. Penso também, mais pra frente, em adquirir um para minha casa. Nesses equipamentos serão instalados apenas o sistema operacional e alguns programas (office, adobe reader, photoshop). Muito obrigado!

Gustavo, conforme está nas conclusões do teste, creio que qualquer um dos que recomendamos vai satisfazer suas necessidades. Abraços e obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, claudineibx disse:

Gostaria de ver o teste do SSD AMD Radeon R3 240Gb em comparação com este Corsair.

Sugestão anotada, obrigado!

Infelizmente a AMD não disponibiliza esses SSDs, mas se novos usuários cadastrarem-se como VIP nós podemos comprar este modelo.

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×