Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação C3Tech 450R (GPB-450S)

       
 125.307 Visualizações    Testes  
 43 comentários

Testamos a fonte de alimentação C3Tech 450R (GPB-450S). Vamos ver se ela é uma boa opção de compra.

Teste da Fonte de Alimentação C3Tech 450R (GPB-450S)
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Testamos mais uma fonte de alimentação de marca nacional, desta vez a C3Tech 450R (GPB-450S). Será que ela é uma boa opção? Confira.

Assim como as demais fontes de alimentação da marca, a C3Tech 450R (GPB-450S) é fabricada pela CWT. Internamente, a placa de circuito impresso, apesar de manter algumas similaridades com a usada no modelo 350R (PSN-350S2), é visivelmente diferente.

C3Tech GPB-450S
Figura 1: Fonte de alimentação C3Tech 450R (GPB-450S)

C3Tech GPB-450S
Figura 2: Fonte de alimentação C3Tech 450R (GPB-450S)

A C3Tech 450R (GPB-450S) tem 14 cm de profundidade e ventoinha de 120 mm com rolamento de mancal em sua parte inferior (Hong Hua HA1225M12S-Z).

C3Tech GPB-450S
Figura 3: Ventoinha

Ela não tem nenhum sistema de cabeamento modular e nenhuma proteção de nylon em seus cabos. Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com conector de 20/24 pinos, 58 cm de comprimento
  • Um cabo com dois conectores ATX12V que, juntos, formam um conector EPS12V, 60 cm de comprimento
  • Um cabo com um conector de seis pinos para placas de vídeo, 45 cm de comprimento
  • Dois cabos, cada um com dois conectores de alimentação SATA, 45 cm até o primeiro conector, 15 cm entre conectores
  • Um cabo com três conector de alimentação para periféricos, 42 cm até o primeiro conector, 15 cm entre conectores
  • Um cabo com dois conectores de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para unidades de disquete, 42 cm até o primeiro conector, 15 cm entre conectores

O cabo de alimentação principal da placa-mãe usa fios com a bitola correta (18 AWG), porém os fios dos demais cabos são mais finos do que o recomendado (20 AWG).

C3Tech GPB-450S
Figura 4: Cabos

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




Ela é encontrada no Mercado Livre por algo em torno de 90~95 reais.

Sei não viu, mas, com a escassez das Elite Power 350 (que dizem ser melhor que estas C3Tech) e na falta das Akasa 350w, acho que só sobra elas mesmo na faixa dos 90~100 reais, para computadores bem básicos, sem VGA ou com VGA bem fraquinha.

É uma pena, mas, na minha região mesmo, seria ou essa 450R (aqui tem muito a 400R), ou as Leaderships de 500w, ou as clones de 600w. Para um conhecido, eu sempre digo: pegue a menos pior, pegue a C3Tech.

Que jeito, né?

Depois de ver o teste daquela maravilhosa Seasonic de 360W, e ver essa vergonhosa de 450W, dá até uma melancolia. Aí a gente vai e pensa: "Mas a Seasonic não tem por aqui, e a C3Tech tem ali na quitanda da esquina" ...:mad:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não dá pra esperar muita coisa de uma fonte que usa capacitores JunFuuuuuuuuuu...

Trocadilhos a parte, mais uma fonte C3Tech com problema de tensão baixa em +12V. Se usassem um retificador com queda de tensão menor (Schottky) e fios de 18AWG na fonte toda, provavelmente a fonte iria entregar uns 300W "reau" e até uns 350W no teste de sobrecarga em segurança (com as devidas proteções implementadas).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Ela é encontrada no Mercado Livre por algo em torno de 90~95 reais.

Sei não viu, mas, com a escassez das Elite Power 350 (que dizem ser melhor que estas C3Tech) e na falta das Akasa 350w, acho que só sobra elas mesmo na faixa dos 90~100 reais, para computadores bem básicos, sem VGA ou com VGA bem fraquinha.

É uma pena, mas, na minha região mesmo, seria ou essa 450R (aqui tem muito a 400R), ou as Leaderships de 500w, ou as clones de 600w. Para um conhecido, eu sempre digo: pegue a menos pior, pegue a C3Tech.

Que jeito, né?

Depois de ver o teste daquela maravilhosa Seasonic de 360W, e ver essa vergonhosa de 450W, dá até uma melancolia. Aí a gente vai e pensa: "Mas a Seasonic não tem por aqui, e a C3Tech tem ali na quitanda da esquina" ...:mad:

A akasa você acha fassinho no kabum

http://www.kabum.com.br/produto/1833/fonte-akasa-atx-ultra-silenciosa-350w-real-akp350gbkam

A elite power parou de ser fabricada, pelo que foi me dito por um vendedor do balao da informatica

Aff eu nao recomendaria nenhuma fonte com potencia fantasiosa, pois a compra da mesma so incentiva essa pratica!!

Se eu fosse você recomendari a seus amigos comprar uma fonte boa pela internet, se quiser encontrar um site bom para compras on-line aqui mesmo no CdH tem um topico de avaliaçao das mesmas

Editado por Erich_ET

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Daqui a pouco vem um gerente de marketing da C3Tech (olha só o cargo) falar como os testes foram feitos de maneira errada e como no equipamento "super ultra caro" deles esse lixo de fonte passa nos testes, em um ambiente devidamente climatizado para o mais próximo possível da realidade do consumidor que mora no Alaska.

Parabéns C3Tech, continue sendo uma empresa medíocre, com produtos medíocres, desculpas medíocres e atitudes medíocres com o consumidor.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
A akasa você acha fassinho no kabum

http://www.kabum.com.br/produto/1833/fonte-akasa-atx-ultra-silenciosa-350w-real-akp350gbkam

A elite power parou de ser fabricada, pelo que foi me dito por um vendedor do balao da informatica

Aff eu nao recomendaria nenhuma fonte com potencia fantasiosa, pois a compra da mesma so incentiva essa pratica!!

Se eu fosse você recomendari a seus amigos comprar uma fonte boa pela internet, se quiser encontrar um site bom para compras on-line aqui mesmo no CdH tem um topico de avaliaçao das mesmas

Permita-me fazer uma pequena observação.

No teste da Akasa 350W, no teste de potência total, a fonte apresenta tensão em +12v um pouco menor que o permitido. No teste 4, onde é extraído 271W da Akasa, puxa-se 18A da linha de +12V sem problema de queda de tensão excessiva.

Enquanto isso, no teste desta última C3Tech, no teste 9, onde se extrai 267W da fonte, puxa-se 20A da linha de +12V, ainda sem problema de queda de tensão. Ambos os testes citados puxaram cerca de 270W da fonte, porém, como eu disse, na Akasa puxaram 18A e na C3Tech pucharam 20A em +12V.

Não temos as voltagens detalhadas no teste da Akasa, mas o que dá pra concluir mais ou menos, é o seguinte: embora a C3Tech queime, ela é capaz de fornecer uns 2A a mais em +12V sem apresentar queda de tensão na mesma faixa de potência (270W), o que teoricamente faz dela uma fonte melhor que a Akasa Essential Power, assim como no quesito ripple/noise. O real problema dessa C3Tech é seu rótulo errôneo e falta de proteção contra sobrecarga.

No mais, vejo que, em um PC mediano, de consumo de até uns 230 Watts, a C3Tech é mais indicada, por ter eficiência superior e ripple/noise mais baixo.

É a minha opinião...

Editado por WMoreira

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Permita-me fazer uma pequena observação.

No teste da Akasa 350W, no teste de potência total, a fonte apresenta tensão em +12v um pouco menor que o permitido. No teste 4, onde é extraído 271W da Akasa, puxa-se 18A da linha de +12V sem problema de queda de tensão excessiva.

Enquanto isso, no teste desta última C3Tech, no teste 9, onde se extrai 267W da fonte, puxa-se 20A da linha de +12V, ainda sem problema de queda de tensão. Ambos os testes citados puxaram cerca de 270W da fonte, porém, como eu disse, na Akasa puxaram 18A e na C3Tech pucharam 20A em +12V.

Não temos as voltagens detalhadas no teste da Akasa, mas o que dá pra concluir mais ou menos, é o seguinte: embora a C3Tech queime, ela é capaz de fornecer uns 2A a mais em +12V sem apresentar queda de tensão na mesma faixa de potência (270W), o que teoricamente faz dela uma fonte melhor que a Akasa Essential Power, assim como no quesito ripple/noise. O real problema dessa C3Tech é seu rótulo errôneo e falta de proteção contra sobrecarga.

No mais, vejo que, em um PC mediano, de consumo de até uns 230 Watts, a C3Tech é mais indicada, por ter eficiência superior e ripple/noise mais baixo.

É a minha opinião...

Hummm...

Sua colocação faz sentido. Outra coisa que os caras falam por aqui é o seguinte: A C3Tech acha-se aqui (a uns 200Km, em Feira de Santana, chega no mesmo dia, pede de manhã, de tarde já está por aqui) por uns 90~100 reais. A Akasa é 120~130 reais + frete de 20~25 reais, logo, fica mais cara.

No Brasil há uma cultura de que fonte é o componente que menos importa. Fui montar um PC pra escola daqui, e o vendedor "quase me bateu" (gíria baiana pra dizer que o cara encheu o saco!!!) quando eu demorei uma semana, pois disse que só montava quando a Corsair 430 chegasse. Ele queria por que queria me empurrar uma clone de 600 wattis reau, disse que era uma "fonte reau". Como é o PC principal da escola preferi esperar, mas ele ficou na defensiva o tempo todo, dizendo que eu deveria aplicar melhor essa grana, em outros componentes. Quando um vendedor, colega, "técnico em manutençao", pensa assim, imagine o resto. Triste constatação!!!

Infelizmente, pra não ser pior, diante da teimosia alheia, falo sempre pra alguns pegarem a C3Tech mesmo. Espero não estar fazendo uma besteira muito grande, he he he...

Abraços!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Infelizmente, pra não ser pior, diante da teimosia alheia, falo sempre pra alguns pegarem a C3Tech mesmo. Espero não estar fazendo uma besteira muito grande, he he he...

Como voce disse no seu outro post, se as opções são LeaderSHIT, Clone e C3Tech, opte pela C3Tech que "normalmente" é a menos pior. Espero que algum dia a C3Tech melhore a qualidade das suas fontes, etiquetá-las com suas potencias reais ao invés dessas "fantasiosas" já seria um bom começo..

E o que o Jorno disse foi perfeito: Parabéns C3Tech, continue sendo uma empresa medíocre, com produtos medíocres, desculpas medíocres e atitudes medíocres com o consumidor.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Permita-me fazer uma pequena observação.

No teste da Akasa 350W, no teste de potência total, a fonte apresenta tensão em +12v um pouco menor que o permitido. No teste 4, onde é extraído 271W da Akasa, puxa-se 18A da linha de +12V sem problema de queda de tensão excessiva.

Enquanto isso, no teste desta última C3Tech, no teste 9, onde se extrai 267W da fonte, puxa-se 20A da linha de +12V, ainda sem problema de queda de tensão. Ambos os testes citados puxaram cerca de 270W da fonte, porém, como eu disse, na Akasa puxaram 18A e na C3Tech pucharam 20A em +12V.

Não temos as voltagens detalhadas no teste da Akasa, mas o que dá pra concluir mais ou menos, é o seguinte: embora a C3Tech queime, ela é capaz de fornecer uns 2A a mais em +12V sem apresentar queda de tensão na mesma faixa de potência (270W), o que teoricamente faz dela uma fonte melhor que a Akasa Essential Power, assim como no quesito ripple/noise. O real problema dessa C3Tech é seu rótulo errôneo e falta de proteção contra sobrecarga.

No mais, vejo que, em um PC mediano, de consumo de até uns 230 Watts, a C3Tech é mais indicada, por ter eficiência superior e ripple/noise mais baixo.

É a minha opinião...

Olha o passo de teste da akasa e muito maior que o da c3 tech, então nao da para ter certeza de quanto ela pode gerar com segurança, porém o primero teste que a akasa nao passou estava puxando 23a da linha 12v enquanto o c3 tech so estava puxando 22a

e o ruido nao tem como ter certeza se era memor no c3 tech pois o teste do akasa nao tem a tabela, mais o autor diz que so fica acima do que eles gostam de ver durante o teste 5 ( ou seja acima da metade do limite) que foi o ultimo teste

Mais vamos ver por outro lado, o primario do akasa e capaz de fornecer 6a enquanto o do c3 tech so 2,8a , isso quer dizer que a fonte da akasa foi realmente projetada para ser uma fonte de 350w enquanto a c3 tech e uma fonte projetada para fornecer 250w renomeada para 450w, e que por acaso conseguiu fornecer 267,8w

Como eu disse antes o pior problema de comprar uma fonte dessas nao e a qualidade, e sim você estar incentivando essa pratica abusiva de falsa potencia!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É "Curioso" essa fonte do teste da C3Tech apresentar defeito...

Eu explico. Até sei que é uma marca que dificilmente passa do razoável, mas...

Já foi testada pelo CdH uma outra fonte da C3Tech, a PSH750V (http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Teste-da-Fonte-de-Alimentacao-C3Tech-PSH750V/1580), que pasmém, se passou muito bem nos testes.

O que se conclui é que apesar da marca, a fonte mesma é projetada por outra empresa, a CWT, e na análise é descoberto que essa fonte tem o mesmo projeto de outra fonte da Corsair, a TX750W e outra da Thermaltake. Existem algumas diferenças, por exemplo, sendo que a C3TECH PSH750V é modular.

Eu tenho essa PSH750V (Video Edition, uma edição posterior a da fonte testada aqui) comprada em casa e funciona muito bem. Pesada pacas e guenta bem o tranco. Jogo muitos games no máximo como Crysis 2 e BF3 (em resolução grande) sem problemas. Já fiz teste de stress de CPU também, normal.

Só adquirir essa PSH750V da C3Tech porque passou no teste do CdH e o projeto é usava em outras fontes de qualidade e de marcas conhecidas. Senão, nem sonhando, os outros modelos de fonte de C3Tech são insuficientes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Por sorte nao comprei essa fonte de 450W C3 (-vendendor "custa apenas R$15,00 a mais") comprei uma 400W (PUF-400S) se olharem os testes é uma fonte melhor que esta do teste, nao explodiu, tem os componentes de filtragem de transientes, os capacitores de saida sao Samxon (o mesmo usado na C3 Tech "clone" Corsair, também usado por grandes fabricantes em monitores), tem uma eficiência de 80% ate 260W se PC consome isso na minha opinião da pra usar.

As fontes Satélite (aquelas com cooler de 80mm atras) usam capacitores JunFu, usei ela por mais de 5 anos, depois desse tempo os capacitores da saida estufaram, bastou troca los e ainda esta em uso.

Nao da pra recomendar a fonte C3 tech como marca por falta de padrão do fabricante, umas explodem outras nao, falta de filtros em alguns modelos, capacitores de qualidade diferentes, etc...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu esperava mais da C3Tech GPB450, embora nunca se saiba nada com certeza sem testar. Pelos resultados obtidos ela não vale o que custa. Com o sumiço da Elite Power 350, a Akasa 350 (250W) e a BGF 450 (350W) ficam como as melhores opções de 100 reais do mercado. O povo feliz de Goiás conta com a Seasonic SS-350BS por 105 reais.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
É "Curioso" essa fonte do teste da C3Tech apresentar defeito...

Eu explico. Até sei que é uma marca que dificilmente passa do razoável, mas...

Já foi testada pelo CdH uma outra fonte da C3Tech, a PSH750V (http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Teste-da-Fonte-de-Alimentacao-C3Tech-PSH750V/1580), que pasmém, se passou muito bem nos testes.

O que se conclui é que apesar da marca, a fonte mesma é projetada por outra empresa, a CWT, e na análise é descoberto que essa fonte tem o mesmo projeto de outra fonte da Corsair, a TX750W e outra da Thermaltake. Existem algumas diferenças, por exemplo, sendo que a C3TECH PSH750V é modular.

Eu tenho essa PSH750V (Video Edition, uma edição posterior a da fonte testada aqui) comprada em casa e funciona muito bem. Pesada pacas e guenta bem o tranco. Jogo muitos games no máximo como Crysis 2 e BF3 (em resolução grande) sem problemas. Já fiz teste de stress de CPU também, normal.

Só adquirir essa PSH750V da C3Tech porque passou no teste do CdH e o projeto é usava em outras fontes de qualidade e de marcas conhecidas. Senão, nem sonhando, os outros modelos de fonte de C3Tech são insuficientes.

Tem um detalhe, esse teste foi feito com o testador antigo do CdH, e por isso o teste nao e muito confiavel, mais essa fonte foi a unica da c3 trash a fornecer sua potencia rotulada

Dizer que as fontes da C3Tech sao boas por causa desse teste é mesma coisa que falar que as fontes da leadership sao boas so porque uma goldship de 600w passou no teste (http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Teste-da-Fonte-de-Alimentacao-Goldship-Real-Power-600-W/1770)

A proposito eu ainda nao acredito que tem gente que acha que so porque a fonte e pesada ela e boa?!?! ou que para uma fonte ser boa ela precisa ser pesada, nao a relaçao nenuma entre o peso da fonte e sua qualidade

Eu esperava mais da C3Tech GPB450, embora nunca se saiba nada com certeza sem testar. Pelos resultados obtidos ela não vale o que custa. Com o sumiço da Elite Power 350, a Akasa 350 (250W) e a BGF 450 (350W) ficam como as melhores opções de 100 reais do mercado. O povo feliz de Goiás conta com a Seasonic SS-350BS por 105 reais.

Como dito antes, a akasa pode ser achada no kabum, e a BFG / Huntkey, tambem http://www.kabum.com.br/produto/15666/fonte-bfg-atx-450w-v2-2-lw-6450hg

Editado por Erich_ET

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Eu esperava mais da C3Tech GPB450, embora nunca se saiba nada com certeza sem testar. Pelos resultados obtidos ela não vale o que custa. Com o sumiço da Elite Power 350, a Akasa 350 (250W) e a BGF 450 (350W) ficam como as melhores opções de 100 reais do mercado. O povo feliz de Goiás conta com a Seasonic SS-350BS por 105 reais.

Kayke,

Se não for pedir demais, você tem algum link com essa BFG a venda? Ela é aquele modelo testado pelo CDH, ou outro inferior? Vi umas BFG de 95 reais na Kabum, mas não tenho certeza se é o modelo que você está citando aqui.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Já foi testada pelo CdH uma outra fonte da C3Tech, a PSH750V (http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Teste-da-Fonte-de-Alimentacao-C3Tech-PSH750V/1580), que pasmém, se passou muito bem nos testes.

O que se conclui é que apesar da marca, a fonte mesma é projetada por outra empresa, a CWT, e na análise é descoberto que essa fonte tem o mesmo projeto de outra fonte da Corsair, a TX750W.

Fabricada pela CWT, mas com diferenças, os capacitores da Corsair sao melhores e possui o dissipador anodizado, sem mencionar garantia de 5 anos do fabricante, pelo preco que vi no Mercado Livre a fonte C3 Tech PSH750V custa mais caro que a Corsair TX750W :tantan:

Sinceramente melhor a C3 Tech ficar fazendo fontes com capacitores FunJu e vender a um preco baixo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Kayke,

Se não for pedir demais, você tem algum link com essa BFG a venda? Ela é aquele modelo testado pelo CDH, ou outro inferior? Vi umas BFG de 95 reais na Kabum, mas não tenho certeza se é o modelo que você está citando aqui.

E essa do kabum sim, embora ela tenha sido marcada como 450w ela é uma fonte de 350w, ela é uma Huntkey V-Power 450W, que na verdade é uma Geen Star 450w renomeada, e apos algum tempo e varios testes provando que ela so fornece 350w, a huntkey corrigiu no site a potencia da mesma (mais o interessante e a mudança so ocorreu no site brasileiro, que posteriormente saiu do ar)

mais agora nao faz diferença pois a mesma acabou

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Tem um detalhe, esse teste foi feito com o testador antigo do CdH, e por isso o teste nao e muito confiavel, mais essa fonte foi a unica da c3 trash a fornecer sua potencia rotulada

Dizer que as fontes da C3Tech sao boas por causa desse teste é mesma coisa que falar que as fontes da leadership sao boas so porque uma goldship de 600w passou no teste (http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Teste-da-Fonte-de-Alimentacao-Goldship-Real-Power-600-W/1770)

A proposito eu ainda nao acredito que tem gente que acha que so porque a fonte e pesada ela e boa?!?! ou que para uma fonte ser boa ela precisa ser pesada, nao a relaçao nenuma entre o peso da fonte e sua qualidade

Como dito antes, a akasa pode ser achada no kabum, e a BFG / Huntkey, tambem http://www.kabum.com.br/produto/15666/fonte-bfg-atx-450w-v2-2-lw-6450hg

Claro, concordo. Só esse modelo de fonte da C3TECH que funciona melhor, o restante nem comenta...

Então, será que o Gabriel poderia testar novamente esta fonte de 750W da C3TECH (já tem a Video Edition - modelo novo com novas linhas na faixa de +12V eu acho) e outra de 850W que a C3TECH vende? É bom deixar a galera bem informada.

Editado por Wolf.RAC
Um simples erro de português

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Kayke,

Se não for pedir demais, você tem algum link com essa BFG a venda? Ela é aquele modelo testado pelo CDH, ou outro inferior? Vi umas BFG de 95 reais na Kabum, mas não tenho certeza se é o modelo que você está citando aqui.

BFG 450:

http://www.kabum.com.br/cgi-local/kabum3/produtos/descricao.cgi?id=01:01:15:33:355&tag=

Bastante inferior ao modelo testado no CdH, porém menos ruim que todas essas outras bombas de 100 reais.

Vale como teste dela:

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/1502

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Daqui a pouco vem um gerente de marketing da C3Tech (olha só o cargo) falar como os testes foram feitos de maneira errada e como no equipamento "super ultra caro" deles esse lixo de fonte passa nos testes, em um ambiente devidamente climatizado para o mais próximo possível da realidade do consumidor que mora no Alaska.

Parabéns C3Tech, continue sendo uma empresa medíocre, com produtos medíocres, desculpas medíocres e atitudes medíocres com o consumidor.

Excelente sua colocação, Jorno. Inclusive, quero ver agora a C3Tech nos "peitar" depois que os testes do Inmetro corroboraram os nossos testes...

É "Curioso" essa fonte do teste da C3Tech apresentar defeito...

Eu explico. Até sei que é uma marca que dificilmente passa do razoável, mas...

Já foi testada pelo CdH uma outra fonte da C3Tech, a PSH750V (http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Teste-da-Fonte-de-Alimentacao-C3Tech-PSH750V/1580), que pasmém, se passou muito bem nos testes.

O que se conclui é que apesar da marca, a fonte mesma é projetada por outra empresa, a CWT, e na análise é descoberto que essa fonte tem o mesmo projeto de outra fonte da Corsair, a TX750W e outra da Thermaltake. Existem algumas diferenças, por exemplo, sendo que a C3TECH PSH750V é modular.(...)

As fontes da C3Tech, em sua maioria, são fabricadas pela CWT. No caso do modelo de 750 W que foi aprovada em nossos testes, era um modelo bom, projetado para ser um modelo bom. Mas as fontes de baixo custo, teve uma que foi projetada pela CWT como sendo de 400 W e a C3Tech mandou eles marcarem ela como sendo de 600 W... Aí não dá.

Kayke,

Se não for pedir demais, você tem algum link com essa BFG a venda? Ela é aquele modelo testado pelo CDH, ou outro inferior? Vi umas BFG de 95 reais na Kabum, mas não tenho certeza se é o modelo que você está citando aqui.

Gostaria de lembrar a todos aqui que a empresa BFG faliu, fechou as portas em 2010. Essas fontes BFG vendidas no Brasil é estoque velho que alguém resolveu desovar no Brasil.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Felizmente o cenario de fontes a venda no brasil está melhorando muito ^_^

Eu fico feliz por isso, pois se deve, em parte, pelo trabalho que fazemos aqui no Clube do Hardware! :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Eu fico feliz por isso, pois se deve, em parte, pelo trabalho que fazemos aqui no Clube do Hardware! :)

Muito bem ^^ eu me lembro de um tempo atrás em que eu só encontrava pra comprar fontes como sevemteam dos modelos antigos e ruins,c3 tech ,huntkey algumas boas e outras horriveis ,também se via muitas corsair e cooler master ou xfx porém com os preços lá nas nuvens era muito caro mesmo ,Isso que estou falando me baseio nos preços aplicados as mercadorias aqui em são paulo na região da santa efigenia ,mas melhorou muito mesmo hoje em dia com 170 R$ se compra um boa fonte antigamente podia se colar 300 R$ e olhe lá > obrigado Clube do Hardware a ajudar a trazer fontes melhores a preços mais acessiveis :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
BFG 450:

http://www.kabum.com.br/cgi-local/kabum3/produtos/descricao.cgi?id=01:01:15:33:355&tag=

Bastante inferior ao modelo testado no CdH, porém menos ruim que todas essas outras bombas de 100 reais.

Vale como teste dela:

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/1502

Ok Kaike, Obrigado!!!

Fiquei interessado nela pra 3 máquinas daqui do laboratório da escola onde trabalho.

E essa do kabum sim, embora ela tenha sido marcada como 450w

mais agora nao faz diferença pois a mesma acabou

E esse é o problema (o fato dela ter acabado). Pelo visto seria uma opção "menos pior" que as famigeradas C3Tech.

Gostaria de lembrar a todos aqui que a empresa BFG faliu, fechou as portas em 2010. Essas fontes BFG vendidas no Brasil é estoque velho que alguém resolveu desovar no Brasil.

É! Isso pode complicar a vida de quem comprar.

Tenho três máquinas aqui no laboratório de informática da escola e tenho exatamente 350 reais (com frete) para comprar. Dá uma média de 120 reais por peça, e não posso comprar nem sequer a Akasa 350, pois faltará alguns trocados.

Sinto falta de uma boa fonte de 250W (digo, que forneça 250W) no Brasil.

Acho que o mercado está perfeito para quem quer fontes na faixa de 150~200 reais (temos seasonic, corsair, Antec, todas de primeira).

No entanto, pra máquinas de baixo custo, deveria ter alguma fonte na faixa dos 90~100 reais que fosse pelo menos menos vagabunda que estas que temos da C3Tech...

----------------------------------------------------------------------------

Obrigado aos amigos por terem me ajudado a entender a situação.

Abraços!!!

Editado por jrjaguar

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
BFG 450:

http://www.kabum.com.br/cgi-local/kabum3/produtos/descricao.cgi?id=01:01:15:33:355&tag=

Bastante inferior ao modelo testado no CdH, porém menos ruim que todas essas outras bombas de 100 reais.

Vale como teste dela:

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/1502

Ja achei ruim a testada pelo CdH (os capacitores sao Jianghai, TEAPO) ambos listados como Bad capacitores, também fiquei surpreso com preco mesmo que em 2008 custava U$80,00 parece que nao é so freguês Brasileiro que é enganado, pois nao vale aquilo. Os testes do CdH sao bons imparciais, mas imparciais falta o testes como durabilidade onde esta fonte provavelmente nao iria passar, é recomendado a leitura dos artigos das PSU do CdH como fonte de informacao, mas nao deve ser a unica informacao para escolha de uma fonte.

Tenho três máquinas aqui no laboratório de informática da escola e tenho exatamente 350 reais (com frete) para comprar. Dá uma média de 120 reais por peça

Se fosse voce pararia de sofrer, melhor pedir um pouco a mais de orcamento:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-434071253-fonte-corsair-430w-cmpsu-430cx-real-pfc-ativo-box-certif-_JM

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×