Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do processador A10-7800

       
 58.890 Visualizações    Testes  
 14 comentários

Nós testamos o A10-7800, um processador soquete FM2+ de quatro núcleos da AMD com vídeo integrado Radeon R7, cujo codinome é Kaveri. Confira!

Teste do processador A10-7800
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

O AMD A10-7800 é um processador intermediário para computadores de mesa, embora seja um dos processadores mais caros disponíveis para a plataforma FM2+. Os processadores série A 7xxx têm codinome “Kaveri”, e têm maior eficiência energética (isto é, consomem menos) do que os da geração anterior, chamados “Richland”. O A10-7800 tem um TDP de 65 W, que pode ser reduzido para 45 W (às custas da redução de seu clock máximo), se o BIOS de sua placa-mãe suportar esta opção. O A10-7800 é baseado na microarquitetura “Steamroller” e, como mencionado, usa o soquete FM2+.

Nós vamos comparar o A10-7800 com o A10-6800K e com o Core i3-4150, que também são processadores de quatro núcleos de uma faixa de preço semelhante. Nós também incluímos o A6-6400K e o Pentium G3220, dois processadores de baixo custo e dois núcleos que usam as mesmas plataformas, para podermos ter uma ideia de quanto os processadores intermediários são mais rápidos do que os de baixo custo.

A Figura 1 revela o processador A10-7800.

A10-7800
Figura 1: o processador A10-7800

Vamos comparar as principais características dos processadores testados na próxima página.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Mais um belo trabalho cujas conclusões reforçam a ideia de qual é o foco da AMD neste momento: mercado de entrada e intermediário, com baixo/mediano custo, boa performance geral e muito boa performance gráfica.

 

Tenho uma dúvida há algum tempo: a AMD diz que a adição de uma placa de vídeo em máquinas com esses processadores da série "A" (se eu não me engano a linha R7) permite um "hybrid crossfire" interessante. Quanto melhor pode ficar um sistema com essa configuração?

 

@Rafael Coelho, você já fez algum teste assim ou já viu algum que tenha sido feito por outro site qualificado? Se positivo, por favor me indique; se negativo, deixo como sugestão.

 

No mais... parabéns e muito obrigado! thumbsup.gif

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mais um belo trabalho cujas conclusões reforçam a ideia de qual é o foco da AMD neste momento: mercado de entrada e intermediário, com baixo/mediano custo, boa performance geral e muito boa performance gráfica.

 

Tenho uma dúvida há algum tempo: a AMD diz que a adição de uma placa de vídeo em máquinas com esses processadores da série "A" (se eu não me engano a linha R7) permite um "hybrid crossfire" interessante. Quanto melhor pode ficar um sistema com essa configuração?

 

@Rafael Coelho, você já fez algum teste assim ou já viu algum que tenha sido feito por outro site qualificado? Se positivo, por favor me indique; se negativo, deixo como sugestão.

 

No mais... parabéns e muito obrigado! thumbsup.gif

 

Obrigado Duda!

Dê uma olhada neste artigo:

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/SLI-vs-CrossFire/1291

Tem algo sobre o Hybrid Crossfire na página 6.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho o A10 7800 interessante, pois fica sempre a dúvida de até quanto vale a pena esse processador ao invés de outro modelo com uma placa de vídeo, considerando custo, e também as opções de memória, já que ele suporta até DDR3 2133. Por outro lado, aqui no RJ a diferença de preço entre o 7800 e o 7850k é de apenas 10 reais.

 

Também seria interessante a comparação de algum hybrid crossfire e tentar comparar com o mesmo orçamento de outro sistema com uma placa de vídeo um pouco melhor. Fica difícil termos essa comparação, e saber até quanto vale a pena investir em uma plataforma FM2+. Exemplo: Com 580 reais, é possível comprar um FX-6300 + Radeon R7 240. O que é mais interessante? Nunca vejo uma comparação em que há equiparação de custos nesses casos de sistemas integrados, pois acho que deve haver sempre uma melhor configuração para uma faixa de preço. Outro exemplo de preços semelhantes? O que é melhor? A10 7850k + R7 240 @ Hybrid Crossfire ou FX 6300 + R7 250X? Qual consome mais? Qual tem o melhor desempenho? 

 

Hoje sabemos inclusive que certas placas de vídeo não tem o mesmo desempenho dependendo do sistema, e acho que que um parâmetro que seria válido a ter nos testes seria os fps mínimos alcançados, pois para situações de jogo hoje em dia, vale muito o FPS mínimo alcançado, que pode fazer diferença em uma partida. Acredito também quando se testa processadores de arquiteturas diferentes esse valor pode variar mais ou menos, com uma mesma placa de vídeo.

 

Faço esses questionamentos pois muito entusiasta sabe dizer muito bem uma configuração top, mas quando o orçamento é limitado, montar uma configuração de entrada ou intermediária gera muita confusão.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

    Já montei um FM1 com A8-3870K, e fiquei muito satisfeito, essa relação custo e jogabilidade, e muito interessante, especialmente quando o orçamento esta curto e acaba utilizando a maquina para jogar eventualmente.

 

Hildon Messias


Faço esses questionamentos pois muito entusiasta sabe dizer muito bem uma configuração top, mas quando o orçamento é limitado, montar uma configuração de entrada ou intermediária gera muita confusão.

 

E complemento com o seguinte, com R$ 1.500,00 monta q máquina para jogar bem? Só um exemplo.

 

Hildon Messias

Editado por Hildon Messias

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

    Já montei um FM1 com A8-3870K, e fiquei muito satisfeito, essa relação custo e jogabilidade, e muito interessante, especialmente quando o orçamento esta curto e acaba utilizando a maquina para jogar eventualmente.

 

Hildon Messias

 

E complemento com o seguinte, com R$ 1.500,00 monta q máquina para jogar bem? Só um exemplo.

 

Hildon Messias

Esse jogar bem é relativo, depende do jogo, da resolução, tem jogo que posso economizar absurdamente no processador e placa mãe, e colocar fonte e placa de vídeo decente, rsrs. Esse é um desafio para o CdH!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho o A10 7800 interessante, pois fica sempre a dúvida de até quanto vale a pena esse processador ao invés de outro modelo com uma placa de vídeo, considerando custo, e também as opções de memória, já que ele suporta até DDR3 2133. Por outro lado, aqui no RJ a diferença de preço entre o 7800 e o 7850k é de apenas 10 reais.

 

Também seria interessante a comparação de algum hybrid crossfire e tentar comparar com o mesmo orçamento de outro sistema com uma placa de vídeo um pouco melhor. Fica difícil termos essa comparação, e saber até quanto vale a pena investir em uma plataforma FM2+. Exemplo: Com 580 reais, é possível comprar um FX-6300 + Radeon R7 240. O que é mais interessante? Nunca vejo uma comparação em que há equiparação de custos nesses casos de sistemas integrados, pois acho que deve haver sempre uma melhor configuração para uma faixa de preço. Outro exemplo de preços semelhantes? O que é melhor? A10 7850k + R7 240 @ Hybrid Crossfire ou FX 6300 + R7 250X? Qual consome mais? Qual tem o melhor desempenho? 

 

Hoje sabemos inclusive que certas placas de vídeo não tem o mesmo desempenho dependendo do sistema, e acho que que um parâmetro que seria válido a ter nos testes seria os fps mínimos alcançados, pois para situações de jogo hoje em dia, vale muito o FPS mínimo alcançado, que pode fazer diferença em uma partida. Acredito também quando se testa processadores de arquiteturas diferentes esse valor pode variar mais ou menos, com uma mesma placa de vídeo.

 

Faço esses questionamentos pois muito entusiasta sabe dizer muito bem uma configuração top, mas quando o orçamento é limitado, montar uma configuração de entrada ou intermediária gera muita confusão.

Concordo contigo que seria bem interessante um comparativo dentre integrados verso combinação tradicional (cpu + vga). O complicado é que existem centenas de combinações, então escolher uma que represente a maioria dos casos seria muito difícil.

Agora quanto ao fps mínimo, ele é um dado que pode confundir muita gente. Digo isso porque em vários jogos roda-se liso 99% do tempo, e uma vez ou outra se atinge o mínimo. A verdade é que, por mais interessante que seja averiguar o máximo de informações, o ideal (e mais seguro) é atentar-se ao FPS médio. 

Neste artigo eu gostaria de ter visto o desempenho do A10 7700 rodando o BF4 com Mantle, só pra ter uma ideia de como esta APU se comportaria com uma API moderna. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Concordo contigo que seria bem interessante um comparativo dentre integrados verso combinação tradicional (cpu + vga). O complicado é que existem centenas de combinações, então escolher uma que represente a maioria dos casos seria muito difícil.

Agora quanto ao fps mínimo, ele é um dado que pode confundir muita gente. Digo isso porque em vários jogos roda-se liso 99% do tempo, e uma vez ou outra se atinge o mínimo. A verdade é que, por mais interessante que seja averiguar o máximo de informações, o ideal (e mais seguro) é atentar-se ao FPS médio. 

Neste artigo eu gostaria de ter visto o desempenho do A10 7700 rodando o BF4 com Mantle, só pra ter uma ideia de como esta APU se comportaria com uma API moderna. 

 

Mas é essa a principal questão desse processador. Ele trás um custo benefício razoável em uma faixa não tão estreita de performance: Usando ele somente com o vídeo integrado ou combinando ele em hybrid crossfire. No meu ver qualquer tentativa de colocar uma outra placa de vídeo já se foi dinheiro jogado fora, como o Rafael Coelho concluiu, pois tem outras opções, inclusive da AMD que entregam maior performance.

 

Mas não ficaria centenas de opções, pois o balizador seria o preço, e criar faixas de preço para medir a performance é o mais interessante, pois no final das contas quando montamos um PC o orçamento sempre é limitado. Por isso acho interessante a comparação de um sistema hybrid crossfire com um fusion para ver se com o mesmo valor monto um PC com mais ou menos performance, ou consumo.

 

Com relação ao FPS médio, também concordo com você que é mais simples, mas acredito que o FPS mínimo pode ser um bom critério de desempate quando temos desempenhos tão semelhantes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mas é essa a principal questão desse processador. Ele trás um custo benefício razoável em uma faixa não tão estreita de performance: Usando ele somente com o vídeo integrado ou combinando ele em hybrid crossfire. No meu ver qualquer tentativa de colocar uma outra placa de vídeo já se foi dinheiro jogado fora, como o Rafael Coelho concluiu, pois tem outras opções, inclusive da AMD que entregam maior performance.

 

Mas não ficaria centenas de opções, pois o balizador seria o preço, e criar faixas de preço para medir a performance é o mais interessante, pois no final das contas quando montamos um PC o orçamento sempre é limitado. Por isso acho interessante a comparação de um sistema hybrid crossfire com um fusion para ver se com o mesmo valor monto um PC com mais ou menos performance, ou consumo.

 

Com relação ao FPS médio, também concordo com você que é mais simples, mas acredito que o FPS mínimo pode ser um bom critério de desempate quando temos desempenhos tão semelhantes.

É, o público alvo das APUs é bastante específico; aquele cara que faz um uso básico/mediano do computador e é, ao mesmo tempo, um gamer casual. No meu ver o grande trunfo duma APU como essa A10 7700 é permitir a montagem de um micro a um preço razoável e que satisfaz bem a necessidade desse consumidor específico, com o bônus de consumir pouca energia.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É, o público alvo das APUs é bastante específico; aquele cara que faz um uso básico/mediano do computador e é, ao mesmo tempo, um gamer casual. No meu ver o grande trunfo duma APU como essa A10 7700 é permitir a montagem de um micro a um preço razoável e que satisfaz bem a necessidade desse consumidor específico, com o bônus de consumir pouca energia.

 

Apenas completando: é um público bastante específico, mas é o maior público consumidor. O que deve explicar a aposta da AMD nesse segmento, de uns tempos pra cá.

Editado por Duda Sgluber

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A AMD já anunciou que haverá uma nova geração de APUs em 2016,então é de se esperar cerca de 15 ou 20% de melhora na parte gráfica. Mas eu gostaria que eles dessem uma melhorada nessa CPU que é bem fraquinha,apesar de cumprir sua função.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabéns pelo teste...

 

Com esta alta do dólar as APUs parecem ser um investimento razoável para que está com orçamento bem curto e não quer deixar de jogar um joguinho nas horas vagas e com o consumo de energia baixando vai se tornando mais viável ainda pois pode se usar fontes mais simples também no pacote, ao final tudo sai mais barato...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A redução de litografia é significativa quanto à eficiência energética. a Intel disparou 2 a 3 gerações nesse quesito à frente da AMD, e por isso tornou seus CPU's mais eficientes, mas esse CPU da AMD mostra que mesmo a AMD pode obter uma boa eficiência ao reduzir a litografia. Ele tem praticamente o mesmo desempenho da CPU irmã testada, mas um vídeo integrado melhor e ainda consume menos energia, por esse ganho na eficiência energética, acho que talvez esse tenha sido o melhor trabalhoa da AMD nos últimos tempos!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabéns a equipe CdH pelos testes. Pena que tenham usado DDR3 1866, pois comprovado em testes, as APU podem tirar proveito de clocks maiores das memórias devido a placa de video e controlador de memória integrado.

Mesmo assim deu pra ter uma noção do desempenho deste A10, que se não bate a intel em processamento bruto, acaba sendo surpriendente em games.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

AMD divulgou en um evento recente que o A10-7850K é capaz de rodar Battlefield 4 em 1080p.

AMD divulgou en um evento recente que o A10-7850K é capaz de rodar Battlefield 4 em 1080p. Quem tiver curioso é só jogar no Google.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×