Teste do processador Athlon X4 845

       
 15.181 Visualizações    Testes  
 9 comentários
AMD

Nós testamos o Athlon X4 845, processador soquete FM2+ de baixo custo da AMD, com quatro núcleos e baseado no novo núcleo Carrizo.

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

O Athlon X4 845 é um dos processadores de baixo custo mais recentes lançados pela AMD para o soquete FM2+, com quatro núcleos, clock base de 3,5 GHz e clock turbo de 3,8 GHz, sem vídeo integrado, e baseado no novo núcleo “Carrizo”. Vamos analisá-lo!

O Athlon X4 845 é, assim como o Athlon X4 880K (que nós já testamos), um processador de quatro núcleos que usa o soquete FM2+, porém não oferece vídeo integrado. Porém, diferentemente deste, que usa o núcleo Godavari (arquitetura Steamroller), o Athlon X4 845 usa o novo núcleo Carrizo, que faz parte da arquitetura Excavator. Esta nova arquitetura também utiliza processo de fabricação tem 28 nm, mas oferece apenas a metade do cache L2 (1 MiB para cada dois núcleos).

Além disso, o Athlon X4 845 oferece uma menor quantidade de pistas PCI Express 3.0: apenas oito pistas, a contrário das 16 pistas presentes no Athlon X4 880K e demais processadores soquete FM2+. Isto, porém, não deve representar uma limitação de desempenho na prática, como já mostramos neste artigo, ainda mais que, sendo um processador de baixo custo, dificilmente será montado em conjunto com uma placa de vídeo topo de linha e muito menos um arranjo SLI ou CrossFire. Outra diferença importante na nova arquitetura é a melhor eficiência energética: o Athlon X4 845 tem um TDP de 65 W, contra 95 W dos demais modelos soquete FM2+. Estas características devem-se ao fato de que o núcleo Carrizo ser derivado de modelos para notebooks.

Em termos de preço, nos EUA, o concorrente direto do Athlon X4 845 é o Pentium G4400 da Intel, mas ele também tem um preço semelhante ao do FX-4300 (leia o teste dele aqui), além de ambos não oferecerem vídeo integrado. Infelizmente não temos o Pentium G4400 disponível em nosso laboratório no momento, então vamos comparar o Athlon X4 845 ao FX-4300. Também incluímos no comparativo o A10-7870K (para termos uma ideia de diferença de desempenho entre as duas arquiteturas) e um Core i3-6100. Lembre-se, porém, que estes dois últimos processadores não são concorrentes diretos do Athlon X4 845, por estarem em uma faixa de preço superior.

Como o Athlon X4 845 não oferece vídeo integrado, rodamos os testes utilizando uma placa de vídeo independente. Por se tratar de um processador de baixo custo, não faria sentido utilizarmos uma placa de vídeo topo de linha; por isso instalamos a GeForce GTX 950 da Gigabyte (leia o teste desta placa de vídeo aqui). Nos demais processadores testados, desabilitamos o vídeo integrado e utilizamos a mesma placa de vídeo.

A Figura 1 revela a embalagem do processador Athlon X4 845 que utilizamos em nossos testes.

athlonX4-845-01.jpg

Figura 1: caixa do Athlon X4 845

A Figura 2 mostra o conteúdo da caixa: um manual, o processador, um adesivo para o gabinete, e um cooler. O Athlon X4 845 vem com o modelo de cooler chamado “solução térmica quase silenciosa de 95W” da AMD, na verdade um cooler simples e de baixo ruído.

athlonX4-845-02.jpg

Figura 2: conteúdo da embalagem

A Figura 3 mostra o processador Athlon X4 845.

athlonX4-845-03.jpg

Figura 3: o processador Athlon X4 845

A Figura 4 mostra o lado inferior do processador.

athlonX4-845-04.jpg

Figura 4: o lado de baixo do processador Athlon X4 845

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Compartilhar

3 pessoas curtiram isso



Comentários de usuários


2 minutos atrás, GabrielLP14 disse:

não entendi algo, vocês testaram o athlon X4 845(FM2 +) numa ASRock Fatal1ty 990FX Killer(AM3+)????

Olá,

Não, o FX4300 é que foi testado na 990FX Killer.

Ficou faltando o modelo usado no Athlon, já estamos corrigindo, obrigado!

3 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
14 horas atrás, lnpott disse:

Esse também possui o vídeo integrado desativado certo ?

 

Os Athlon pós "Era Phenom" são chips de APUs com o vídeo desativado. ;)

3 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

enquanto isso meu i5 que tem seus bons 6 anos ainda é bem melhor, e se comprar usado sai mais barato...

 

o que aconteceu com os avanços tecnológicos?? estamos engessados nesse patamar a anos!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
30 minutos atrás, Raimar Lunardi disse:

enquanto isso meu i5 que tem seus bons 6 anos ainda é bem melhor, e se comprar usado sai mais barato...

 

o que aconteceu com os avanços tecnológicos?? estamos engessados nesse patamar a anos!!

 

Pra que revolucionar se você domina o mercado?

Pra onde se revolucionar se o que se tem atualmente serve? (silício)

 

Não se esqueça que as duas últimas revoluções foram uma josta (Pentium 4 e Bulldozer). ;)

4 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótima análise, nota-se também que o Athlon X4 845 Excavator tem a arquitetura e o ipc consideravelmente melhor que um FX 4300 da linha Piledriver, ambos usam arquitetura modular CMT.

 

 

O Athlon X4 845 tem clock interno(base) de 3.5 ghz 2 MB cache L2 enquanto o FX 4300 clock interno(base) de 3.8 ghz 4 MB cache L2, analisando pelo teste feito no cinebench R15 que mede desempenho do processador o Athlon X4 845 obteve 301 pontos e o FX 4300 297 pontos no teste Multi-Thread mesmo com clock maior e mais memória cache.

 

Como podemos ver nas especificações lado à lado:

 

E no teste feito pelo Cinebench R15:

athlonX4-845-g08.gif

 

 

Editado por OCCT
1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Athlon peitou os grandes e fez bonito!

adicionado 13 minutos depois
Em 4 de dezembro de 2016 às 18:05, Evandro disse:

 

Pra que revolucionar se você domina o mercado?

Pra onde se revolucionar se o que se tem atualmente serve? (silício)

 

Não se esqueça que as duas últimas revoluções foram uma josta (Pentium 4 e Bulldozer). ;)

 

Exatamente! 

'Pra quê gastar dinheiro, se domino o mercado e tenho diversos "testes proprapandas" em meu favor?' ... 'Basta tapear um pouco e continuar lucrando muito mais!' - Assim pensa a Intel.

Claro que não é uma empresa lixosa que lança porcarias, mas a gente vê claramente os abusos nos valores de seus produtos que nem fazem jus ao desempenho. Nos testes notamos diferenças não muito gritantes, igual ao que ocorre com os preços. No uso diário, quase nem se nota diferenças. Em jogos podem ter ganhos, mas o preço não justifica a busca por uns frames"inhos" a mais. Já a AMD, pesa a performance x consumo de energia, que é ruim, mas não muito. Que chova críticas agora! Será?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora