Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Jayro Pessanha

Como saber a fonte de alimentação ideal para sua configuração

Recommended Posts

Como saber a fonte ideal para minha configuração ?

 

Existe algum calculo envolvendo as peças do computador para chegar a um resultado o qual seria a fonte ideal ?

 

minha configuração

 

Microstar- MSI H81ME33
Intel Core i3 4130
Samsung DDR 3(PC 3-10666)(4GB)
Gravador e leitor de cd-rom e dvd
Hard Disk 320GB 7200 RPM  SATA 3.0Gb/s 
 
não tem placa de video
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Há sim, o site http://extreme.outervision.com/psucalculator.jsp.

 

A versão grátis não calcula a corrente (corrente) necessária nas linhas 3.3v, 5v e 12v. Você pode comprar a versão PRO e ter esses dados revelados.

 

Como estou de bom humor hoje vou fazer o cálculo para você :)

 

Não achei o seu modelo de processador no site, isso é algo que nunca aconteceu antes. Usei um modelo do core i5, o 4330, para ter garantia de que o consumo ficará um pouco maior (e não menor, o que seria um problema).

 

Consumo total: 203W, com 12.8A na linha 12v.

Editado por Amarildo Júnior

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

Como saber a fonte ideal para minha configuração ?

 

Existe algum calculo envolvendo as peças do computador para chegar a um resultado o qual seria a fonte ideal ?

 

minha configuração

 

Microstar- MSI H81ME33
Intel Core i3 4130
Samsung DDR 3(PC 3-10666)(4GB)
Gravador e leitor de cd-rom e dvd
Hard Disk 320GB 7200 RPM  SATA 3.0Gb/s 
 
não tem placa de video

 

placa-mãe + memos = 40 Watts

CPU i3 4130 = 54 Watts (usando a TDP dela)

Gravador CD/DVD = 10 Watts

HD = 8 Watts

Total da demanda = 40 + 54 + 10 + 8 = 112 Watts, muito longe daqueles 203 Watts ai acima citados pelo colega Amarildo Júnior, que provavelmente está mal usando a ferramenta de cálculo do site da Outervision.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

placa-mãe + memos = 40 Watts

CPU i3 4130 = 54 Watts (usando a TDP dela)

Gravador CD/DVD = 10 Watts

HD = 8 Watts

Total da demanda = 40 + 54 + 10 + 8 = 112 Watts, muito longe daqueles 203 Watts ai acima citados pelo colega Amarildo Júnior, que provavelmente está mal usando a ferramenta de cálculo do site da Outervision.

@faller Estou usando como acho que deve ser usada: especificando cada componente dentro de seus respectivos campos. Posso gravar um video para você ver se preciso mudar em algo.

 

Edição: Note que usei um modelo de i5 pois não há o modelo de i3 no site da Outervision. É interessante notar que o modelo de i5 que eu escolhi (sem ver o TDP no site da Intel) tem o mesmo TDP do i3 do OP, mesmo assim o cálculo no site deu maior. De fato, até se eu não selecionar um modelo de processador (usando só a placa mãe + 1 pente DDR3 + 1 DVD+RW = 1 S-ATA) o cálculo sai maior.

Editado por Amarildo Júnior

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@faller Estou usando como acho que deve ser usada: especificando cada componente dentro de seus respectivos campos. Posso gravar um video para você ver se preciso mudar em algo.

 

Edição: Note que usei um modelo de i5 pois não há o modelo de i3 no site da Outervision. É interessante notar que o modelo de i5 que eu escolhi (sem ver o TDP no site da Intel) tem o mesmo TDP do i3 do OP tem, mesmo assim o cálculo no site deu maior. De fato, até se eu não selecionar um modelo de processador (usando só a placa mãe + 1 pente DDR3 + 1 DVD+RW = 1 S-ATA) o cálculo sai maior.

 

Confira ai como eu faco para ver aonde nossos modos de fazer divergem..

JayroPessanha_zps84a04b97.jpg

 

Claro, não deu os 112 que eu calculei em cima da perna mas de longe nem chegou perto dos 203 Watts que tinhas calculado..Onde está a divergência???

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Claro, não deu os 112 que eu calculei em cima da perna mas de longe nem chegou perto dos 203 Watts que tinhas calculado..Onde está a divergência???

A divergência reside nos fatos de:

 

* Eu usar o valor recomendado, e não o mínimo. Como não sou da área sempre garanto com o "recomendado" do que com o "mínimo", afinal, usar o mínimo para quaisquer situações (ou pelo menos para a maioria) é um risco que não quero correr sem ter comprovações, nesse caso de que na área de fontes o consumo específico mínimo do Outervision garante um uso seguro dos equipamentos. Pode ser o caso de que o mínimo do site dê conta de uma forma segura, mas só aceito (pois acreditar não é comigo) quando ver testes evidenciando que "uma fonte de 150W aguenta a configuração citada por anos, sem abrir as pernas, e sem ter ruídos que possam prejudicar o equipamento a longo prazo", por exemplo;

 

* O recomendado dar 196W com utilização em 90%, mas eu usei com utilização em 100%, que faz o consumo ficar em 203W.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A divergência reside nos fatos de:

 

* Eu usar o valor recomendado, e não o mínimo. Como não sou da área sempre garanto com o "recomendado" do que com o "mínimo", afinal, usar o mínimo para quaisquer situações (ou pelo menos para a maioria) é um risco que não quero correr sem ter comprovações, nesse caso de que na área de fontes o consumo específico mínimo do Outervision garante um uso seguro dos equipamentos. Pode ser o caso de que o mínimo do site dê conta de uma forma segura, mas só aceito (pois acreditar não é comigo) quando ver testes evidenciando que "uma fonte de 150W aguenta a configuração citada por anos, sem abrir as pernas, e sem ter ruídos que possam prejudicar o equipamento a longo prazo", por exemplo;

 

* O recomendado dar 196W com utilização em 90%, mas eu usei com utilização em 100%, que faz o consumo ficar em 203W.

 

Então não chame de demanda de pico, de consumo da config, se sempre somas 50 Watts ai na conta...

Ademais essa folga boba dai é completamente burra. Veja, como no caso do demandante. O real consumo de pico da config é de 146 Watts. ai você soma 50 Watts e diz que esse será o consumo de pico, ou seja 196/146 = 34% a maior que a real demanda..

Se por acaso a demanda de pico de uma config super pesada, um tri SLI, com placas de vídeo das comedoras de energia, com OC, resultar em uma demanda de pico da ordem de 850 Watts você dirá que , somados os malditos 50 Watts, agora 900 Watts será demanda de pico, ou seja, somente 900/850 = só 5,8% a maior???

Esse seu pensamento está errado..

Essa calculadora é uma base de dados de demandas de pico dos mais diferentes componentes possíveis de ser encontrados em uma config. Isso é o que ela tem de bom..

Não jogue isso fora fazendo arredondamentos e somando 50 Watts por ai no caminho..

 

Claro, seria muito burro recomendar uma fonte baseado na resposta de demanda de pico da calculadora de demanda. Ai vem a segunda etapa, o dimensionamento da fonte a recomendar. agregando a demanda de pico mais a folga desejada e segura..

 

Usar 100% (é percentagem de TDP, como bem avisa o site, não tem nada a ver com o uso ou ocupação dessa CPU) é outra decisão errada. As CPUs nunca usam de 100% de sua TDP que significa a máxima potência de dissipação que o conjunto CPU dissipador poderia assumir. (Thermal Design Power).

 

Mesma coisa vale para o System Load, que deve ser conservado em 90% também. Se colocares em 100% aquele estarás assumindo que todos os componentes de uma config estariam em seu pico de demanda.. Você consegue imaginar em um mesmo tempo tocadores der CD, HD's todos, memórias, CPU, GPU, e o que mais exista em seu PC todos eles entregando tudo o que poderiam entregar??? E desse modo consumindo 100% de seus consumos de pico..

Saiba que 90% é um dado super conservador e se na prática aferires essas demandas, mesmo exercitando a config com burners de tudo o que é tipo não vais conseguir que eles, esses componentes comprometam mais do que 90% de que são capazes.. Um PC é ainda que bastante paralelizado, uma máquina de estados, serial portanto, sequencial, umas coisas depois das outras..

 

Eu costumo pegar o número da demanda de pico, usando 90%, não usando aging e ai, de posse desse número, colocar de 20 a 30% de folga para o dimensionamento de uma fonte para a config..

Isso se faz dividindo a demanda de pico por 0,8 ou por 0,7 (folgas de 20% e folga de 30%)

Uma coisa é a demanda de pico, tirada de um tabelão enorme de dados de demanda. Outra totalmente diferente é dimensionar a fonte a usar.

Não misture as coisas..

 

Demanda sempre será o Minimum PSU Wattage

E por favor, usando 90% para ser coerente..

 

Falo isso com conhecimento de causa pois além de ter montado inúmeras configs ao longo da vida sempre aferi as demandas das mesmas com um ou outro dos aparelhos de medida de potência demandada que tenho de longa data..

Esses dois ai:

Kill-a-Watt_JNX-2000A.jpg

Principalmente esse dai que opera de 80 a 280 Volts o que o Kill-a-Watt não faz, só opera em 120 Volts..JNX-2000APlugchato.jpg

 

Esse dai é ótimo e trás uma série de informações como potência ativa, reativa, aparente, FP, Tensão,corrente e frequência

JNX-2000A.jpg

 

Ou seja, cada um calcula como bem entender, mas não chame de demanda de pico esse seu resultado dai por que certo que não e..

 

Chame de demanda acrescida de 50 Watts se todos os componentes pudessem pedir toda a energia que conseguiriam..  É muito mais correto...

Editado por faller
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então não chame de demanda de pico, de consumo da config, se sempre somas 50 Watts ai na conta...

Ademais essa folga boba dai é completamente burra. Veja, como no caso do demandante. O real consumo de pico da config é de 146 Watts. ai você soma 50 Watts e diz que esse será o consumo de pico, ou seja 196/146 = 34% a maior que a real demanda..

Se por acaso a demanda de pico de uma config super pesada, um tri SLI, com placas de vídeo das comedoras de energia, com OC, resultar em uma demanda de pico da ordem de 850 Watts você dirá que , somados os malditos 50 Watts, agora 900 Watts será demanda de pico, ou seja, somente 900/850 = só 5,8% a maior???

Esse seu pensamento está errado..

Essa calculadora é uma base de dados de demandas de pico dos mais diferentes componentes possíveis de ser encontrados em uma config. Isso é o que ela tem de bom..

Não jogue isso fora fazendo arredondamentos e somando 50 Watts por ai no caminho..

Fiquei me perguntando o que fez você presumir que a fórmula "X-Watt-minimo + 50W = consumo recomendado" foi feita por mim. Se foi falta de informação por minha parte ou especulação sua, não importa, vamos deixar claro que eu nunca faria uma fórmula sem base dessas; eu apenas reportei o resultado da própria calculadora.

 

 

Claro, seria muito burro recomendar uma fonte baseado na resposta de demanda de pico da calculadora de demanda.

Obviamente que se o resultado der um consumo de 300W eu não irei recomendar uma fonte de 300W. Seria muita ingenuidade de minha parte. Eu jamais considero resultados teóricos como verdade absoluta, se o resultado der 300W eu procuraria uma fonte como a CX430 que é capaz de entregar até 518W e é muito barata. Pode ser considerado potência demais, mas ao meu ver (de um usuário comum que pensa em probabilidades e no investimento de medio prazo, se tratando de fontes) daria uma margem de segurança boa e ainda seria capaz de suportar upgrades futuros, desde que feita uma analise do que seria atualizado.

 

Usar 100% (é percentagem de TDP, como bem avisa o site, não tem nada a ver com o uso ou ocupação dessa CPU) é outra decisão errada. As CPUs nunca usam de 100% de sua TDP que significa a máxima potência de dissipação que o conjunto CPU dissipador poderia assumir. (Thermal Design Power).

Obrigado, eu realmente não prestei atenção nessa parte, apesar de saber o que é TDP.

 

Mesma coisa vale para o System Load, que deve ser conservado em 90% também. Se colocares em 100% aquele estarás assumindo que todos os componentes de uma config estariam em seu pico de demanda.. Você consegue imaginar em um mesmo tempo tocadores der CD, HD's todos, memórias, CPU, GPU, e o que mais exista em seu PC todos eles entregando tudo o que poderiam entregar??? E desse modo consumindo 100% de seus consumos de pico..

Saiba que 90% é um dado super conservador e se na prática aferires essas demandas, mesmo exercitando a config com burners de tudo o que é tipo não vais conseguir que eles, esses componentes comprometam mais do que 90% de que são capazes.. Um PC é ainda que bastante paralelizado, uma máquina de estados, serial portanto, sequencial, umas coisas depois das outras..

Não consigo, realmente.

 

Sou leigo no assunto de fontes e por isso fico com receio de confiar completamente nas informações do site. Há muitas variáveis que eu considero como importantes e não possuo informação relacionada a todas. Basicamente, penso da seguinte forma:

"Bem, o consumo mínimo é de 300W com utilização em 90%, mas não posso obter resultados satisfatórios subtraindo os valores de DVD-Drive + HD + memórias dos valores possíveis de utilização máxima de processador + VGA. É melhor ter certeza e calcular os valores máximos de CPU+VGA do que eles juntos com DVD+HD pois é menos provável que esses últimos sejam utilizados em suas capacidades máximas, fazendo assim a capacidade máxima teórica ser maior".

 

O sistema todo talvez nunca chegue a 100%, mas mesmo que chegasse os 15W do drive de DVD e HD seriam insignificantes se comparados com a potência de CPU e VGA, e não é incomum esses chegarem a 100% de utilização. Portanto, considero mais fiável calcular a maioria das possibilidades do que ser pego com as calças nas mãos.

 

Uma coisa é a demanda de pico, tirada de um tabelão enorme de dados de demanda. Outra totalmente diferente é dimensionar a fonte a usar.

Não misture as coisas..

Gostaria que você esclarecesse mais isso. Pela lógica, mínimo é mínimo e máximo é máximo, e parece que você usa o valor mínimo do PSU Calculator para ter o valor de consumo de pico. A não ser que o valor mínimo deles tenha um significado diferente do seu, o que é totalmente compreensível levando em conta a sua explicação do porquê dos fabricantes de placas de vídeo recomendarem uma potência muito maior do que a necessária.

 

Demanda sempre será o Minimum PSU Wattage

E por favor, usando 90% para ser coerente..

 

Falo isso com conhecimento de causa pois além de ter montado inúmeras configs ao longo da vida sempre aferi as demandas das mesmas com um ou outro dos aparelhos de medida de potência demandada que tenho de longa data..

 

Ou seja, cada um calcula como bem entender, mas não chame de demanda de pico esse seu resultado dai por que certo que não e..

Pode ser que você esteja certo, e sei que você pouco se importa com minha opinião em relação a sua, mas isso não me fará afirmar suas palavras com convicção sem antes ter testado seus métodos junto com você. Se algum dia nos toparmos e tivermos a oportunidade de pôr tudo isso à prova, e os resultados forem bons para seu lado, pode ter certeza que você terá um seguidor e aprendiz orgulhoso :) Enquanto isso, continuarei a usar o resultado recomendado pelo PSUCalculator.

 

É, é ruim ter que falar com um cético como eu. Mas pelo meu lado do tabuleiro, me livrei de problemas sendo assim, e não pretendo mudar meu ceticismo.

Editado por Amarildo Júnior

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo, nem é uma questão de conhecimento e sim de semântica..

A potência mínima que uma fonte terá de ter é justamente a máxima potência de demanda da config.. Para entender isso dai não é necessário mais do que dois neurônios, se eles se conversarem..

 

Não fique chateado com o que lhe disse, não é meu objetivo ensinar nada a ninguém pelo menos quando esse alguém não quer aprender..

 

Faça seus cálculos do modo que bem entenderes, é um direito seu. Só tentava lhe dar uma orientação, nada mais, e de graça ainda..

 

Essa calculadora, repito, tem de interessante somente sua base de dados, nada mais. Aliás, a base de dados da mesma ainda é um tanto antiga e desse modo extremamente conservadora. A maioria das potências estão a maior na base de dados e para checar isso dai basta colocares um HD e reparares que isso vai fazer a calculadora agregar 14 Watts a mais de potência demandada, o que é bem maior que os típicos 9 Watts que um HD contemporâneo agrega na prática..  E assim vai os desvios sempre a maior. Se aceitares desvios a maior e ainda aceitares a soma de 50 Watts ao final. ai fica tudo super dimensionado.. Já dizia um grande mestre que tive.. "O melhor modo de chegares a um cálculo errado é, a cada passo do cálculo, somar algum coeficiente de segurança. Ao final do cálculo não vais saber exatamente a margem a dar e a que já foi dada.."

 

Ou seja, o ser humano é dotado de inteligência justo para poder criticar o que lhe é imposto..

 

Faça como bem entenderes os teus cálculos, repito, só estava tentando ajudar, nada mais acredite...

 

Quanto a demanda das placas de vídeo, citadas pelos seus fabricantes, outra doce ilusão sua de que minimamente tem alguma credibilidade. até redigi algo sobre isso. Leia se interessar:  10 Razões para o fabricante da placa de vídeo pedir fonte de exagerada potência     

 

Quanto ao seguinte:

"Fiquei me perguntando o que fez você presumir que a fórmula "X-Watt-minimo + 50W = consumo recomendado" foi feita por mim."

Não, não foi você quem fez, foi o autor da calculadora.. Calcula a demanda de pico (Minimum PSU Wattage) e em seguida, burramente, agrega 50 Watts de folga e os declara como "Recommended
 PSU Wattage:
"

Se a config demandar 100 Watts ele recomendará uma fonte de 150 Watts. Se a config demandar 800 Watts ele recomendará uma fonte de 850 Watts.. Mais burro do que isso é impossível...

 

Por isso que apregoo não se valer dessa demanda de pico com 50 Watts somados pois é altamente burra, em todos os sentidos pois se for folga, deveria ser dada de modo percentual, diferentemente para uma demanda de 100 Watts e de 800 Watts, não lhe parece???

 

Use o que a calculadora tem de bom e deixe essas baboseiras de fora..

 

Outra asneira sem tamanho é o tal de aging..   Experimente exercitar o mesmo e verás que a demanda de uma config vai variar com o aumento do aging, na exata proporção do fator que usares..

Se usares 30% de aging a calculadora aumenta a demanda de sua config em 30% (multiplica por 1,3) e assim vai.. Asneirice total.. Fora do contexto. Por isso apregoo, use da calculadora no que e;a é boa, como base de dados de demanda e não invente..

Editado por faller
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu era um grande usuário desta calculadora aqui no fórum, sempre utilizava ela antes de fazer as recomendações de fontes aqui no fórum. Até que percebi como ela exagera nos valores. E tudo isso que o @faller falou é bem fácil de se exemplificar. Vamos ver esse exemplo:

 

Um review da GTX770 feito pelo site Anandtech:

 

http://www.anandtech.com/show/6994/nvidia-geforce-gtx-770-review

 

Neste teste, na página 3, é descrito o hardware utilizado no review. Resumidamente, um i7-3960X, overclocado para 4.3GHz:

 

http://www.anandtech.com/show/6994/nvidia-geforce-gtx-770-review/3

 

Na página 16 é descrito quantos watts essa configuração consome, dentre alguns programas, no Furmark (programa de Stress bem conhecido):

 

http://images.anandtech.com/graphs/graph6994/55191.png

 

Como pode ser visto, o consumo da máquina inteira, com o I7 overclocado e a GTX770, em full load no Furmark, chega a 383w.

 

Um outro site de reviews, o LegitReviews, fez um teste de consumo com praticamente o mesmo hardware:

 

http://www.legitreviews.com/nvidia-geforce-gtx-770-reviewed-in-2-way-sli-and-nvidia-surround_2210

 

Na pagima 12 temos os resultados de consumo:

 

http://legitreviews.com/images/reviews/2210/power-consumption.png

 

Novamente temos cerca de 360w.

 

Agora vá lá na calculadora de consumo e coloque o mesmo hardware, faça o cálculo. No meu deu 442w de Mínimo e 492w de máximo.

 

Simples assim.
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente, faller, estou notando que os métodos usados pelo site para o que seria recomendado não possuem tanta credibilidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente, faller, estou notando que os métodos usados pelo site para o que seria recomendado não possuem tanta credibilidade.

Fico contente em teres percebido isso. Use a calculadora, é uma excelente ferramenta mas evite qualquer ação que venha a aumentar a potencia de pico por ela fornecida (Minimum PSU Wattage), que, acredite, já esta inflada o bastante..

 

Vantagens da mesma:

- Base de dados boa, dificilmente encontrada por ai na Internet;

- Sistematiza a busca pelo somatório da demanda;

- Se bem usada ajuda e muito..

 

Se mal usada e de rir de seus resultados...

Editado por faller
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×