Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

DVD

       
 59.690 Visualizações    Tutoriais  
 0 comentários

Conheça os adventos da era do DVD.

DVD
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Diversos kits multimídia já estão vindo com um dos lançamentos tecnológicos mais esperados dos últimos tempos: o DVD (Digital Versatile Disk).

O DVD é um CD com uma capacidade de armazenamento monstruosa: 4,7 GB em sua primeira versão. Planeja-se o lançamento de 4 tipos de DVD (vide tabela). O tipo 1 é o único tipo atualmente comercializado, pois os DVDs do tipo 1 podem ser gravados utilizando as mesmas máquinas para gravar CD hoje existentes. A gravação de DVDs do tipo 2 necessitará que as máquinas sejam adaptadas, enquanto a gravação de DVDs dos tipos 3 e 4 necessitará de novas máquinas.

Padrão Capacidade de armazenamento Método de gravação
DVD-5 4,7 GB 1 face e 1 camada
DVD-9 8,5 GB 1 face e 2 camadas
DVD-10 9,4 GB 2 faces e 1 camada
DVD-18 17 GB 2 faces e 2 camadas

A unidade DVD é capaz de ler outros tipos de CD sem maiores problemas, como o CD de áudio, CD-ROM, CD-R e CD-RW, uma vez que todos estas mídias possuem o mesmo tamanho físico. A maioria das unidades DVD já incorpora o circuito de Controle Automático de Ganho (AGC), o que permite a leitura de discos CD-RW (vide a nossa coluna da semana passada). Da mesma forma, é de se esperar que uma unidade DVD que consiga ler DVDs do tipo 3 consigam também ler DVDs do tipo 1 e do tipo 2, e assim analogamente para as unidades DVD que empregarem tecnologias de leitura diferentes.

O DVD será utilizado basicamente em três nichos de mercado: áudio (DVD-áudio), vídeo (DVD-vídeo) e dados (DVD-ROM). Tanto que a sigla DVD, que inicialmente significava Digital Video Disk (Disco de vídeo digital) passou a significar Digital Versatile Disk (Disco versátil digital), de modo a não excluir o uso do DVD que não sejam com vídeo.


Áudio

O CD comum nos oferece um áudio digital com taxa de amostragem de 44.100 Hz e dados de 16 bits. O DVD-áudio permite áudio digital com taxa de amostragem de até 96.000 Hz e dados de 24 bits, trazendo para dentro de casa som com a qualidade antes atingida somente nos modernos estúdios digitais de gravação.

Vídeo

Para armazenar dados, vimos que no DVD do tipo 1 cabem até 4,7 GB de dados. No caso de vídeo, isto equivale a cerca de 2 horas e 13 minutos de filme (utilizando o algoritmo de compressão de imagens MPEG-2), com 8 opções de dublagem, 32 opções de legenda e 5 opções de formato de tela. Com um detalhe: utilizando áudio AC-3.

O áudio AC-3 traz para dentro de casa um sistema de som digital "surround", no formato 5.1: 5 caixas de som tradicionais (esquerda frontal, direita frontal, esquerda traseira, direita traseira e central) e uma exclusivamente para subwoofer (reforço para sons extremamente graves). E ainda por cima com áudio digital que pode utilizar uma taxa de amostragem de 96 kHz e dados 24 bits (som com qualidade de estúdio digital).

A resolução para vídeo do DVD é de 500 linhas horizontais, o dobro da resolução do vídeo-cassete convencional. Para assistir filmes filmes, além de todas as vantagens que estamos comentando, é importantíssimo lembrar que o DVD é um sistema digital de acesso randômico, enquanto uma fita de vídeo cassete é um sistema analógico linear. Na prática, esta diferença significa muita coisa além da qualidade: achar um determinado trecho de um filme em um DVD é um processo quase instantâneo, bem como não há a necessidade de ficar rebobinando o filme. Além disso, o DVD não "gasta" com o tempo, nem tampouco a imagem fica pior com o uso. E não mofa.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×