Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

Como Dessoldar Componentes

       
 271.063 Visualizações    Tutoriais  
 6 comentários

Aprenda como dessoldar corretamente componentes eletrônicos de placas de circuito impresso como placas-mãe e placas de vídeo.

Como Dessoldar Componentes
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Algumas vezes técnicos em manutenção de computadores precisam substituir componentes, tais como capacitores eletrolíticos e conectores. O caso mais comum é quando você tem uma placa-mãe com capacitores eletrolíticos estourados.

Dessoldar e substituir componentes não é tão fácil quanto soldá-los. O principal problema é que a placas de circuito impresso, especialmente as placas-mães, possuem várias camadas. Você vê apenas duas camadas (chamadas “camada de solda” e “camada de componentes”), mas existem outras camadas dentro da placa de circuito impresso, semelhante a um sanduíche. Os furos onde os componentes são soldados são metalizados e servem não apenas para o encaixe dos componentes, mas também provêem conexão elétrica entre as duas camadas visíveis e as camadas internas da placa de circuito impresso, que não são visíveis. Se você fizer um movimento errado enquanto estiver removendo um componente, você pode quebrar a conexão entre o furo e as camadas internas da placa, destruindo-a.

Nesse tutorial ensinaremos a você como dessoldar corretamente componentes, com várias dicas práticas de como obter melhor resultado.

Ferramentas Necessárias

Para dessoldar componentes você precisará das seguintes ferramentas:

  • Ferro de solda (o correto é o uso de ferros de 25 W ou 30 W, no máximo 40 W se a solda estiver muito velha. Acima disso você pode danificar trilhas da placa de circuito impresso e até mesmo queimar componentes; com as técnicas que ensinaremos neste tutorial um ferro de potência maior que 40 W não é necessário)
  • Solda
  • Sugador de solda
  • Pano de limpeza
  • Esponja
  • Chave de fendas pequena
  • Álcool isopropílico (Isopropanol), não use álcool comum
  • Escova de dente

Como Dessoldar Componentes
Figura 1: Ferramentas necessárias.

Preparação

Ligue o seu ferro de solda e espere até que o mesmo esquente (três minutos, em média). Molhe a esponja e limpe a ponta do ferro de solda, fazendo o movimento indicado na Figura 2. Certifique-se de repetir o movimento até a ponta do ferro. É normal que durante o processo de limpeza saia fumaça do ferro, já que a esponja está molhada.

Como Dessoldar Componentes
Figura 2: Limpando o ferro de solda.

Durante o processo de dessoldagem você precisará limpar a ponta do ferro de solda novamente. Toda vez que você notar que a ponta do ferro de solda está suja, repita o processo de limpeza mostrado anteriormente.

Editado por Gabriel Torres

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Olá a todos, gostaria de fazer algumas críticas construtivas ao artigo e dar minha humilde contribuição ao mesmo. Apesar de parecer simples a soldagem não é tão simples assim, requer muita prática por parte do executante. Existe alguns pontos que não concordo muito com o procedimento apresentado, são eles:

- A esponja para limpar a ponta do ferro de soldar, deve ser a esponja vegetal encontrada nas lojas de eletrônica ou material elétrico.

- Usar água destilada para umedecer a esponja, a água comum contém outras substâncias que são prejudiciais a ponta ( item difícil de encontrar, mas um frasquinho do tamanho do de alcool isopropílico dá para usar umas 30 vezes ou mais, da para conseguir na chaleira por um metodo artesanal). As substâncias da água comun depositam na ponta do ferro que por sua vez despositam no ponto a ser soldado.

- Falta de um protetor para a ponta do sugador de solda feito de silicone ( também tem nas lojas de eletrônica), ele ajuda a vedar o local a ser desoldado fazendo uma maior pressão e sugando mais solda.

- Especificação da solda, usar a de rolo laranja 63% Sn ( estanho) e 37% Pb (chumbo).

- Não usar nunca chave de fenda para soltar os terminais, há risco de dano das trilhas.

Bom é isso, um vídeo deste procedimento para download, pode ser uma mão na roda para os iniciantes de plantão.

Abraço a todos

Cassiano :-BEER

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

:bandeira: porque ao invés de solda não foi utilizado pasta para soldar assim melhorando tanto o fluxo da solda velha como o da nova e simplesmente ao meu ver acho desnecessário a utilização da chave de fenda para retirar os rezidos sobre a placa, pois utilizando uma boa escova de dentes e alcool isopropilico em seguida a dessoldagem é removido com facilidade.

Ah e a propósito no curso de eletrônica no senai aprendi que não se deve utilizar o ferro de solda pressionando com força e sim ele foi feito para aquecer a solda, o terminal do componente em fim, e o truque da solda nova acho muito válido, mas como disse uma pasta de soldar ajudaria mais ainda!!!

Grato pela humilde minha participação.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 04/08/2005 às 18:00, Cassiano BH disse:

Olá a todos, gostaria de fazer algumas críticas construtivas ao artigo e dar minha humilde contribuição ao mesmo. Apesar de parecer simples a soldagem não é tão simples assim, requer muita prática por parte do executante. Existe alguns pontos que não concordo muito com o procedimento apresentado, são eles:

- A esponja para limpar a ponta do ferro de soldar, deve ser a esponja vegetal encontrada nas lojas de eletrônica ou material elétrico.

- Usar água destilada para umedecer a esponja, a água comum contém outras substâncias que são prejudiciais a ponta ( item difícil de encontrar, mas um frasquinho do tamanho do de alcool isopropílico dá para usar umas 30 vezes ou mais, da para conseguir na chaleira por um metodo artesanal). As substâncias da água comun depositam na ponta do ferro que por sua vez despositam no ponto a ser soldado.

- Falta de um protetor para a ponta do sugador de solda feito de silicone ( também tem nas lojas de eletrônica), ele ajuda a vedar o local a ser desoldado fazendo uma maior pressão e sugando mais solda.

- Especificação da solda, usar a de rolo laranja 63% Sn ( estanho) e 37% Pb (chumbo).

- Não usar nunca chave de fenda para soltar os terminais, há risco de dano das trilhas.

Bom é isso, um vídeo deste procedimento para download, pode ser uma mão na roda para os iniciantes de plantão.

Abraço a todos

Cassiano :-BEER

Detalhes importantes e bem observados, Cassiano.

Complementando: a água destilada pode ser facilmente encontrada em lojas de peças para automóveis em embalagens de 1 litro ao custo de 4,50 a 5 reais. É usada em sistemas de arrefecimento (radiador) e baterias.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bastante interessante a video aula mas a remoção de componente discreto é simples, como exemplo. Procurava uma orientação de como remover um chip com dezenas de pernas, que é mais difícil. Vi algumas dicas de utilização de soprador de calor para ajudar na remoção, gostaria de uma aula que abordasse seu uso neste tipo de componente mais delicado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×