Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Placa-mãe ASRock Z390 Extreme4

       
 19.245 Visualizações    Primeiras Impressões  
 2 comentários

A ASRock Z390 Extreme4 é uma placa-mãe intermediária superior para processadores Core i de oitava e nona geração, baseada no novo chipset Intel Z390. Confira!

Placa-mãe ASRock Z390 Extreme4
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

A ASRock Z390 Extreme4 é uma placa-mãe intermediária superior soquete LGA1151 baseada no novo chipset Intel Z390, suportando os processadores Core i de oitava e nona geração (ambos com codinome “Coffee Lake”). Ela traz iluminação RGB, três slots PCI Express 3.0 x16, oito portas SATA-600, nove portas USB 3.0 e duas portas USB 3.1 geração 2. Vamos dar uma boa olhada nela!

O recém-lançado chipset Z390 é o novo modelo topo de linha para processadores Core i de oitava e nona geração (“Coffee Lake”). Embora o Z390 tenha sido lançado juntamente com os processadores Core i de nona geração, as placas-mãe baseadas nele são também compatíveis com processadores de oitava geração, e vice-versa: placas-mãe baseadas nos demais chipsets da série 300 (Z370, H370, B360 e H310) são também compatíveis com os processadores de nona geração. Porém, apesar de as placas-mãe baseadas em chipsets série 300 utilizarem o mesmo soquete LGA1151 das gerações anteriores, elas não são compatíveis com processadores Core i de sexta (“Skylake”) e sétima (“Kaby Lake”) geração.

O Z390 é praticamente idêntico ao seu antecessor Z370, oferecendo 24 pistas PCI Express 3.0 controladas pelo chipset, seis portas SATA-600, suporte a memória Optane e às tecnologias Smart Response (que permite utilizar um SSD padrão SATA como cache para o disco rígido principal), Smart Connect (que permite que o computador receba e-mails e atualize páginas mesmo em modo de suspensão) e Rapid Start (inicialização mais rápida).

Há apenas duas diferenças entre o Z370 e o Z390: o Z390 oferece seis portas USB 3.1 geração 2 (o Z370 não tem portas USB 3.1 geração 2) e suporte ao padrão Intel CNVi, onde parte do hardware necessário para uma interface de rede sem fio IEEE 802.11ac está integrado ao chipset, e basta um módulo RF instalado em um slot M.2 específico para que a placa-mãe tenha o recurso Wi-Fi.

Você confere a placa-mãe ASRock Z390 Extreme4 na Figura 1. Ela usa o padrão ATX, medindo 305 x 244 mm.

ASRockZ390Extreme4-01.jpg

Figura 1: placa-mãe ASRock Z390 Extreme4

Compartilhar

  • Curtir 4
  • Obrigado 1


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Nesse nível de preço e pelo que observei em relação à Gigabyte Z390 AORUS ELITE, a ASRock Z390 Extreme4 seria a minha escolha, muito mais interessante. Quanto ao design elegante, o mesmo.

Os slots PCI Express, suporte à memória, suporte SLI...muito bom. A meu ver ela oferece mais.

Estranho dizer 'nesse nível de preço', mas estou me focalizando lá fora. 

👍Legal Rafael, mais uma Z390 conhecida. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 11/10/2018 às 18:17, juanmarkus777 disse:

Nesse nível de preço e pelo que observei em relação à Gigabyte Z390 AORUS ELITE, a ASRock Z390 Extreme4 seria a minha escolha, muito mais interessante. Quanto ao design elegante, o mesmo.

Os slots PCI Express, suporte à memória, suporte SLI...muito bom. A meu ver ela oferece mais.

Estranho dizer 'nesse nível de preço', mas estou me focalizando lá fora. 

👍Legal Rafael, mais uma Z390 conhecida. 

 

Sim, além do mais a asrock é melhor no overclock!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Junte-se à conversa

Você pode postar agora e cadastrar-se depois. Se você tem uma conta, faça o login para postar.

Visitante
Adicionar um comentário

×   Você colou conteúdo com formatação.   Restore formatting

  Só é possível ter até 75 emoticons.

×   O link foi automaticamente convertido para mostrar o conteúdo.   Clique aqui para mostrá-lo como link comum

×   Seu texto anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!