Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Placa-mãe ASUS PRIME B450M-GAMING/BR

       
 8.734 Visualizações    Primeiras Impressões  
 30 comentários

A ASUS PRIME B450M-GAMING/BR é uma placa-mãe intermediária para processadores Ryzen, baseada no chipset AMD B450 e fabricada no Brasil. Vamos analisá-la.

Placa-mãe ASUS PRIME B450M-GAMING/BR
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

A ASUS PRIME B450M-GAMING/BR é uma placa-mãe soquete AM4 para processadores Ryzen da AMD, baseada no chipset B450 e fabricada no Brasil. Vamos ver o que esta placa-mãe oferece.

O AMD B450 é o mais recente chipset intermediário para o soquete AM4, sendo o sucessor do B350. A principal diferença entre os dois chipsets é o suporte às tecnologias "XFR2 Enhanced" e "Precision Boost Overdrive" no modelo mais recente, que fazem parte do sistema que ajusta o clock automaticamente nos processadores Ryzen de segunda geração (clique aqui para ler nosso teste desta tecnologia). Além disso, há otimizações nas latências e consumo de energia.

Esse chipset não permite que as 16 pistas PCI Express 3.0 do processador sejam divididas em dois slots (configuração x8/x8) para utilização com SLI. Assim, ele é mais indicado para sistemas com apenas uma placa de vídeo. Além disso, o B450 traz menos portas USB 3.0 (duas, contra seis do X470), menos portas SATA (seis, contra oito do X470) e menos pistas PCI Express 2.0 controladas pelo chipset (seis no B450 e oito no X470) do que o chipset topo de linha, o X470.

Porém, assim como o X470, o B450 também é desbloqueado para overclock e suporta RAID (0, 1 e 10) tanto de unidades SATA quanto de SSDs NVMe, além de suportar a tecnologia StoreMI (que permite o uso de um SSD para acelerar um disco rígido ou mesmo outro SSD mais lento).

Importante notar que tanto placas-mãe baseadas nos chipsets série 300 quanto aquelas baseadas no X470 e no novo B450 suportam processadores Ryzen de primeira e de segunda geração. Ou seja, até agora, todas as placas-mãe soquete AM4 suportam todos os processadores baseados neste soquete (embora placas-mãe mais simples não suportem processadores com TDP mais alto).

Você pode conferir a placa-mãe ASUS PRIME B450M-GAMING/BR na Figura 1. Ela usa o padrão microATX, medindo 244 x 240 mm.

ASUSPRIMEB450GAMINGBR-01.jpg

Figura 1: placa-mãe ASUS PRIME B450M-GAMING/BR

Compartilhar

  • Curtir 8
  • Amei 1


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários




Achei a placa-mãe fraca para overclock. Sem dissipador nos VRMs, ela tem a mesma estrutura de uma A320.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ficou devendo um dissipador nos VRMs e USB 2.0 traseira.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não gostei dessa placa desde que vi. Sem dissipador nos VRM e até onde eu sei, não possui algum recurso tipo Dual Bios, pro caso da principal apresentar problema, a secundária corrigir.

 

Acabei optando por uma Gigabyte B450 Aorus M. Gastei 100 reais a mais do que essa Asus e a outra equivalente da gigabyte só pra ter esses dois recursos 😕

 

Infelizmente esta acontecendo alguma coisa de errada no mercado nacional. As empresas simplesmente não estão importando placas AMD B450 e X470. As poucas que existem em lojas são essas a320 e B450 capengas. X470 sumiram desde a black friday.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, =insane= disse:

Não gostei dessa placa desde que vi. Sem dissipador nos VRM e até onde eu sei, não possui algum recurso tipo Dual Bios, pro caso da principal apresentar problema, a secundária corrigir.

 

Acabei optando por uma Gigabyte B450 Aorus M. Gastei 100 reais a mais do que essa Asus e a outra equivalente da gigabyte só pra ter esses dois recursos 😕

  

Infelizmente esta acontecendo alguma coisa de errada no mercado nacional. As empresas simplesmente não estão importando placas AMD B450 e X470. As poucas que existem em lojas são essas a320 e B450 capengas. X470 sumiram desde a black friday.

 

Exato! Eu montei minha build em outubro de 2018 e nem placas atualizadas para 2da geração tinham. A unica que consegui foi uma Asus A320mk/BR.

Até hoje não vejo boas opções de placas B450 e X470 no mercado.

Essa sua Aorus, como foi para overclock? Estou pensando em pegar ela futuramente, mas tenho receio de perder meu OC de memória (que depende pra caramba da placa-mãe). Aqui eu consegui subir de 2666mhz para 3000mhz @ 1.25v.

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu tenho essa placa a pouco mais de um mês, e esperava por um Review especializado dela. Obrigado, Rafael Coelho!

Não era minha primeira opção, mas como está impossível achar placa B450, pegue essa mesmo.

E me surpreendi pelo bom funcionamento e os recursos. De fato, DDR4 vai até 3.466Mhz, desde que você tenha memória boa. No meu caso HyperX Predator 3600 cl17.

Tem muito mimimi sobre o VRM dela, mas fiz um teste de stress com aida64 e R5 2600x e os MOSFET ficaram a menos de 52°C. Ou seja, tá folgadão! Os Mosfet 4C10B/ 4C06B são usados por várias outras placas, inclusive algumas 470.

E se ficar quente, compre um dissipador no ML e instale! 20 pila e resolve.

É um placa de entrada, meio Nutella, existem melhores, mas atende bem aí uso doméstico e gamer leve . Deve suportar bem um 2700x e os futuros Ryzen 3000.

Para os entusiastas, recomendo a Asus Hero VI , essa sim, é placa Raiz!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
32 minutos atrás, Roberval Taylor disse:

Eu tenho essa placa a pouco mais de um mês, e esperava por um Review especializado dela. Obrigado, Rafael Coelho!

Não era minha primeira opção, mas como está impossível achar placa B450, pegue essa mesmo.

E me surpreendi pelo bom funcionamento e os recursos. De fato, DDR4 vai até 3.466Mhz, desde que você tenha memória boa. No meu caso HyperX Predator 3600 cl17.

Tem muito mimimi sobre o VRM dela, mas fiz um teste de stress com aida64 e R5 2600x e os MOSFET ficaram a menos de 52°C. Ou seja, tá folgadão! Os Mosfet 4C10B/ 4C06B são usados por várias outras placas, inclusive algumas 470.

E se ficar quente, compre um dissipador no ML e instale! 20 pila e resolve.

É um placa de entrada, meio Nutella, existem melhores, mas atende bem aí uso doméstico e gamer leve . Deve suportar bem um 2700x e os futuros Ryzen 3000.

Para os entusiastas, recomendo a Asus Hero VI , essa sim, é placa Raiz!

 

Como você mediu a temperatura dos MOSFET? Tem uma câmera térmica? Essa medida não aparece para o SO.

O Peperaio fez o teste com uma A320 e mesmo o Ryzen 2200g chega a 80 graus. O Ryzen 5 2600 a 110 e o 2600X a 125.

 

 

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, Jean Américo disse:

 

Exato! Eu montei minha build em outubro de 2018 e nem placas atualizadas para 2da geração tinham. A unica que consegui foi uma Asus A320mk/BR.

Até hoje não vejo boas opções de placas B450 e X470 no mercado.

Essa sua Aorus, como foi para overclock? Estou pensando em pegar ela futuramente, mas tenho receio de perder meu OC de memória (que depende pra caramba da placa-mãe). Aqui eu consegui subir de 2666mhz para 3000mhz @ 1.25v.

 

 

Peguei uma ASRock B450M Pro4, gostei dos recursos dela , como dois soquetes M.2, dois PCI Express x16 e porta USB 3.1 tipo C. Overclock de memória vai depender 90% da memória, anota todos os valores e replica que funciona.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Jean Américo disse:

 

Exato! Eu montei minha build em outubro de 2018 e nem placas atualizadas para 2da geração tinham. A unica que consegui foi uma Asus A320mk/BR.

Até hoje não vejo boas opções de placas B450 e X470 no mercado.

Essa sua Aorus, como foi para overclock? Estou pensando em pegar ela futuramente, mas tenho receio de perder meu OC de memória (que depende pra caramba da placa-mãe). Aqui eu consegui subir de 2666mhz para 3000mhz @ 1.25v.

 

 

Então, essa Aorus tem um "defeito" que me deixou muito "P" da vida. A bios dela é extremamente simples.  as unicas opções de overclock do processador são o ajuste do multiplicador de clock, o dinamic vcore, e dinamic vcore SoC. Na parte das memórias, tem o feijão com arroz (xmp, clock, timings, tensão...)

Aqui estou com um Ryzen 1600 e memórias HyperX Predator 3200MHz, e só de ativar um dos perfis XMP, elas já ficaram em 3200MHz @1,35V, não mexi em nada das configurações dela. No processador coloquei 3.8GHz com um dinamic vcore ligeiramente negativo e o vcore soc ligeiramente positivo.

 

Olhando por cima, essa Asus da analise, tem uma Bios um pouco melhor, mas não sei até que ponto se tira proveito.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, Jean Américo disse:

Como você mediu a temperatura dos MOSFET?

 

O hardwaremonitor tem esta medida. ;)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 07/02/2019 às 16:08, Jean Américo disse:

 

Como você mediu a temperatura dos MOSFET? Tem uma câmera térmica? Essa medida não aparece para o SO.

Medi as temperaturas com Termômetro infravermelho digital, tipo pistola. Você acha bons modelos em farmácias, para medir temperatura de pacientes. Faixa de -30°C a +200°C. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 06/02/2019 às 13:14, Jean Américo disse:

Achei a placa-mãe fraca para overclock. Sem dissipador nos VRMs, ela tem a mesma estrutura de uma A320.

esta placa tem 6 fases dissipador é o de menos , mas eu gostaria de ver placas com mais fases o mercado ta meio carente 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 07/02/2019 às 01:44, =insane= disse:

Não gostei dessa placa desde que vi. Sem dissipador nos VRM e até onde eu sei, não possui algum recurso tipo Dual Bios, pro caso da principal apresentar problema, a secundária corrigir.

 

Acabei optando por uma Gigabyte B450 Aorus M. Gastei 100 reais a mais do que essa Asus e a outra equivalente da gigabyte só pra ter esses dois recursos 😕

 

Infelizmente esta acontecendo alguma coisa de errada no mercado nacional. As empresas simplesmente não estão importando placas AMD B450 e X470. As poucas que existem em lojas são essas a320 e B450 capengas. X470 sumiram desde a black friday.

 

Em 07/02/2019 às 11:11, Jean Américo disse:

 

Exato! Eu montei minha build em outubro de 2018 e nem placas atualizadas para 2da geração tinham. A unica que consegui foi uma Asus A320mk/BR.

Até hoje não vejo boas opções de placas B450 e X470 no mercado.

Essa sua Aorus, como foi para overclock? Estou pensando em pegar ela futuramente, mas tenho receio de perder meu OC de memória (que depende pra caramba da placa-mãe). Aqui eu consegui subir de 2666mhz para 3000mhz @ 1.25v.

 

 

 

Exatamente. Há poucas opções de placas AM4 no Brasil, basta ver que até as principais lojas estão sem estoque, e é revoltante ver as A320M com preços inflados.
Para se ter ideia, nesse exato momento em que escrevo a Kabum só tem uma AM4, modelo CROSSHAIR VI HERO, que está custando 2.6k. Já a Pichau conta com apenas duas placas AM4.
A única loja que está salvando é a Terabyte, não por trazer as melhores AM4 existentes, mas sim por trazer variedade de chipsets e preços para todos os bolsos, porém até mesmo eles estão ficando sem estoque.

Quanto vejo modelos na Amazon e New Egg os olhos chegar a brilhar, mas simplesmente essas placas não estão chegando aqui.
Já essa ASUS da matéria é bem vagabunda e tem preço elevado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Roberval TaylorLembrando que termômetro infravermelho para medir febre é diferente do termômetro para peças sólidas. Neste seu aí leva em consideração a água que não existe em uma peça de hardware, a medição é incorreta.

 

@piterfraga Na verdade são 4 fases para o processador, todas as placas Ryzen de entrada são assim, as duas fases da direita superior são destinadas ao controlador de memória (Infinit Fabric).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
25 minutos atrás, Phoenyx disse:

@Roberval TaylorLembrando que termômetro infravermelho para medir febre é diferente do termômetro para peças sólidas. Neste seu aí leva em consideração a água que não existe em uma peça de hardware, a medição é incorreta.

 

@piterfraga Na verdade são 4 fases para o processador, todas as placas Ryzen de entrada são assim, as duas fases da direita superior são destinadas ao controlador de memória (Infinit Fabric).

 

Ah, Tá!

Infravermelho medindo água?  De onde você tirou isso, criatura?

Infravermeho é RADIAÇÃO de CALOR! Não é microondas  de forninho não, brother!

E Termômetro é TERMÔMETRO!

Mede temperatura, não percentagem de água.  Isso que tu falou  quem faz é Higrômetro.

Cada uma que aparece!!!

E a parada tava FRIA mesmo, pois meti o DEDO pra conferir! Se estive a 90ºC, 105ºC teria queimado de acordo! 

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Roberval Taylor Irradiação de calor vem apenas de sólidos? Quando você toma banho de água quente é imaginação então?

O mesmo termômetro que você colocava debaixo do braço (aqueles antigos de mercúrio) media corretamente a temperatura ambiente? Existem meios de condução diferentes.

E não precisa gritar não, em nenhum momento fui ríspido contigo.

 

Outra coisa, se você tivesse metido o dedo no mosfet ligado poderia ter estragado a máquina, ou o dedo, tu deve ter apontado o termômetro/dedo para a bobina (o quadrado preto grande ali) O que esquenta é o mosfet (os quadradinhos pretos menores ao lado da bobina).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

essa placa tinha que se chamar B450M-O.TÁ.RIO/BR... porque de GAMING elá não tem nada, e de quebra com esse vrm fraco qualquer qualquer cpu de 95w ou over vai dar throttling, ainda mais nesse calor 😕

 

"Assim, se você está montando um computador baseado em um processador Ryzen de primeira ou segunda geração, para jogos ou trabalho, e está buscando uma placa-mãe intermediária com boa relação custo/benefício, a ASUS PRIME B450M-GAMING/BR é uma ótima escolha."

 

Só fico triste em ver o CdH dando conclusão de copia e cola... agora me diz onde essa placa é uma boa escolha, em que se paga mais de 500 reais em uma placa com chip B450 mas com estrutura de A320, a placa esta longe de ser considerada uma intermediaria, pois além ter uma estrutura básica uma boa parte dos recursos do B450 estão capados 😕

 

 
 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Hacker_Boy disse:

essa placa tinha que se chamar B450M-O.TÁ.RIO/BR... porque de GAMING elá não tem nada, e de quebra com esse vrm fraco qualquer qualquer cpu de 95w ou over vai dar throttling, ainda mais nesse calor 😕

 

"Assim, se você está montando um computador baseado em um processador Ryzen de primeira ou segunda geração, para jogos ou trabalho, e está buscando uma placa-mãe intermediária com boa relação custo/benefício, a ASUS PRIME B450M-GAMING/BR é uma ótima escolha."

 

Só fico triste em ver o CdH dando conclusão de copia e cola... agora me diz onde essa placa é uma boa escolha, em que se paga mais de 500 reais em uma placa com chip B450 mas com estrutura de A320, a placa esta longe de ser considerada uma intermediaria, pois além ter uma estrutura básica uma boa parte dos recursos do B450 estão capados 😕

 

Placa-mãe básica: 2 soquetes de memória, sem portas USB 3.1 geração 2, sem RAID, sem suporte nenhum a overclock.

Placa-mãe topo de linha: suporte a mais de uma placa de vídeo, opções avançadas de overclock, áudio topo de linha, regulador de tensão topo de linha.

Se a placa em questão não é básica nem topo de linha, então ela é intermediária...

E quanto ao preço, simplesmente está na média, é quase impossível achar uma placa-mãe intermediária por menos de R$500 atualmente.

A propósito, throttling ocorre quando o processador atinge uma determinada temperatura, não o regulador de tensão. Então só vai ocorrer throttling caso o cooler do processador esteja mal dimensionado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Rafael Coelho disse:

A propósito, throttling ocorre quando o processador atinge uma determinada temperatura, não o regulador de tensão. Então só vai ocorrer throttling caso o cooler do processador esteja mal dimensionado.

 

Rafael,

no video do Peperaio que citei em cima ele mostra o throttling acontecendo por conta da temperatura no regulador de tensão que passam da condição máxima de operação dos MOSFET de 125 graus.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, Phoenyx disse:

@Roberval TaylorLembrando que termômetro infravermelho para medir febre é diferente do termômetro para peças sólidas. Neste seu aí leva em consideração a água que não existe em uma peça de hardware, a medição é incorreta.

 

@piterfraga Na verdade são 4 fases para o processador, todas as placas Ryzen de entrada são assim, as duas fases da direita superior são destinadas ao controlador de memória (Infinit Fabric).

@Phoenix, Lindão cheiroso!

Desculpa ai se peguei pesado. Tô na TRT, mais pilhado que lutador de MMA!

Me irritei porque você tentou desqualificar meu depoimento REAL, com base num "achismo",  desqualificando meu termômetro !?!

Cara, na boa. Se o gringo e Peperaio usam termômetros infravermelho pra medir temperatura externa, porque o meu termômetro infravermelho não vale? 

Outra coisa. Eu sou engenheiro e sei bem diferenciar um bobina ("choke" nas mobos) de um mosfet e de uma capacitor. 

E todos eles tem isolamento elétrico, com exceção dos contatos.

Foi estupidez meter o dedo? CLARO que foi! Não recomendo!

Mas que estava frio, estava. REAL!

Pra encerrar o assunto, desculpa ai a grosseria, foi maus.

Os Mosfets dessa placa são muito bons, não esquentam em uso pesado com uma CPU Ryzen 2600X.

Se nego quer fazer overclock com Ryzen, compre um Asus Rog Crosshair VI Hero 370 e boa sorte. Vai conseguir um pífio 100mhz e olha lá.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Rafael Coelho disse:

Placa-mãe básica: 2 soquetes de memória, sem portas USB 3.1 geração 2, sem RAID, sem suporte nenhum a overclock.

Placa-mãe topo de linha: suporte a mais de uma placa de vídeo, opções avançadas de overclock, áudio topo de linha, regulador de tensão topo de linha.

Se a placa em questão não é básica nem topo de linha, então ela é intermediária...

E quanto ao preço, simplesmente está na média, é quase impossível achar uma placa-mãe intermediária por menos de R$500 atualmente.

A propósito, throttling ocorre quando o processador atinge uma determinada temperatura, não o regulador de tensão. Então só vai ocorrer throttling caso o cooler do processador esteja mal dimensionado.

Rafael Coelho me desculpe, mas é necessário atualizar suas definições de placa básica  AM4, pois o A320 que é o de entrada possui suporte ao USB 3.1g2 e raid... o recurso ta lá é só o fabricante querer colocar, a diferença do A320 para o B450, é que o B450 suporta os mesmos recursos do A320 em maior quantidade com suporte a over e amd storemi.

 

Obs. Ter 2 ou 4 soquetes de memória, não deve ser considerado atualmente para classificar uma placa como básica, intermediaria ou top, pois existem placas como (EX: TUF B360M-E GAMING, ROG STRIX B450-I GAMING e ROG MAXIMUS X APEX)

 

Obs 2. A EX-A320M-GAMING é uma placa mais barata e que mais próximo de ser considerada uma intermediaria do que a B450M-GAMING/BR que é uma placa de estrutura básica mas com chip intermediário.

 

Obs 3. Throttling ocorre também quando o VRM da CPU ou GPU superaquece, fazendo com a frequência do chip seja reduzida momentaneamente para manter o sistema funcionando.

 

Obs 4. A placa não é ruim mas a classificação atual dela atrelada ao seu nome comercial, fará muita gente "cair no bait".

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Jean Américo disse:

 

Rafael,

no video do Peperaio que citei em cima ele mostra o throttling acontecendo por conta da temperatura no regulador de tensão que passam da condição máxima de operação dos MOSFET de 125 graus.

 

Redução de clock por conta de aquecimento dos MOSFETs, mesmo com o processador em temperatura normal? Bom, aí realmente eu desconhecia este recurso. Vivendo e aprendendo!

Mas provavelmente é um recurso da placa-mãe, e não do processador, portanto não dá para generalizar.

adicionado 7 minutos depois
2 horas atrás, Roberval Taylor disse:

@Phoenix, Lindão cheiroso!

Desculpa ai se peguei pesado. Tô na TRT, mais pilhado que lutador de MMA!

Me irritei porque você tentou desqualificar meu depoimento REAL, com base num "achismo",  desqualificando meu termômetro !?!

Cara, na boa. Se o gringo e Peperaio usam termômetros infravermelho pra medir temperatura externa, porque o meu termômetro infravermelho não vale? 

Outra coisa. Eu sou engenheiro e sei bem diferenciar um bobina ("choke" nas mobos) de um mosfet e de uma capacitor. 

E todos eles tem isolamento elétrico, com exceção dos contatos.

Foi estupidez meter o dedo? CLARO que foi! Não recomendo!

Mas que estava frio, estava. REAL!

Pra encerrar o assunto, desculpa ai a grosseria, foi maus.

Os Mosfets dessa placa são muito bons, não esquentam em uso pesado com uma CPU Ryzen 2600X.

Se nego quer fazer overclock com Ryzen, compre um Asus Rog Crosshair VI Hero 370 e boa sorte. Vai conseguir um pífio 100mhz e olha lá.

Sem querer me meter mas já me metendo, entendo o mal entendido, pois termômetros comprados em farmácia são termômetros clínicos, feitos para medição de temperatura corporal, e não são adequados para outros tipo de medição, seja qual for o princípio de funcionamento.

Mas se você é engenheiro, sabe a diferença e sabe como fazer uma medição de temperatura.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Rafael Coelho disse:

Redução de clock por conta de aquecimento dos MOSFETs, mesmo com o processador em temperatura normal? Bom, aí realmente eu desconhecia este recurso. Vivendo e aprendendo!

Mas provavelmente é um recurso da placa-mãe, e não do processador, portanto não dá para generalizar.

adicionado 7 minutos depois

Sem querer me meter mas já me metendo, entendo o mal entendido, pois termômetros comprados em farmácia são termômetros clínicos, feitos para medição de temperatura corporal, e não são adequados para outros tipo de medição, seja qual for o princípio de funcionamento.

Mas se você é engenheiro, sabe a diferença e sabe como fazer uma medição de temperatura.

 

Indeed. 

Eu disse que ATÉ  em farmácia você compra termômetro infravermelho, hoje em dia.

Mas você pode comprar na Amazon, no Walmart, no Mercado Livre...

 

Eu já tive vários, INCLUSIVE um termômetro infravermelho clínico, para medir temperatura dos meus gemêos.

E você sabe qual diferença?  O termômetro para uso clinico é melhor! É muito mais preciso medir temperaturas entre -10ºC e +200ºC. No termômetro industrial a precisão é menor porque a faixa de trabalho dele é muito maior, tipo -30ºC a 550ºC (ou mais).

Mas o principio é mesmo: medir a radiação em infravermelho emitida por um corpo quente. Não importa a fonte, a intensidade de radiação emitida é proporcial a temperatura. Só.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, Rafael Coelho disse:

Redução de clock por conta de aquecimento dos MOSFETs, mesmo com o processador em temperatura normal? Bom, aí realmente eu desconhecia este recurso. Vivendo e aprendendo!

Mas provavelmente é um recurso da placa-mãe, e não do processador, portanto não dá para generalizar.

Isso. É um recurso das placas-mãe mais atuais, acho que todas AM4 tem, como o vídeo do peperaio mostrou. As Intel também tem, veja aqui. Até mesmo uma B360 pode ser insuficiente pra um i7 8700 se o VRM tiver um projeto fraco, causando VRM throttling pra proteger a placa, mesmo q o processador esteja com temps normais (veja a partir do min 11:20). É por isso que eu não recomendaria uma placa dessas com CPU top pra trabalho, principalmente se esse trabalho for renderização de vídeos, blender ou algo pesado assim.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Steeveantonichen N68 já fazia isso lá atrás, despencava o uso do processador porque os mosfets estavam fritando.

@Roberval Taylor sossegado, citei apenas a diferença entre um termômetro comum de farmácia contra um específico para esta tarefa.

No meu caso, fazendo um reflow por exemplo, estes de farmácia são nulos porque bato os 200ºC facilmente. Alem de que há a questão de exposição e distância dependendo do material.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×