Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Como Identificar Processadores Sempron de 64 bits

       
 99.549 Visualizações    Tutoriais  
 12 comentários

Aprenda como identificar se o seu processador Sempron soquete 754 possui as instruções de 64 bits ou não.

Como Identificar Processadores Sempron de 64 bits
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

O processador Sempron, da AMD, pode ser encontrado em duas versões de soquete: 462 e 754 (esses números referem-se ao tipo de placa-mãe necessária para instalar o processador). O soquete 462 é o mesmo usado pelo Athlon XP e pelo Duron, enquanto que o soquete 754 é o mesmo usado pelo Athlon 64 (existem modelos de Athlon 64 que usam outro modelo de soquete, chamado 939).

Dessa forma, os processadores Sempron soquete 754 usam a mesma placa-mãe originalmente desenvolvida para o Athlon 64. Na realidade, esses processadores são um Athlon 64 com menos memória cache L2 e com as instruções de 64 bits desativadas.

Acontece que desde junho deste ano a AMD resolveu ativar as extensões de 64 bits nos processadores Sempron soquete 754. Com isso, há no mercado processadores Sempron com essas instruções e processadores que não possuem essas instruções. Como fazer para saber se um processador Sempron tem ou não as instruções de 64 bits?

Há duas formas. Primeiro, olhando para o processador. Se as duas últimas letras de sua nomenclatura forem “BX” significa que ele tem as instruções de 64 bits. Qualquer outro conjunto de letras significa que ele não tem. Por exemplo, “SDA3100AIP3AX” é um Sempron 3100+ sem as instruções de 64 bits, enquanto “SDA3100AIO3BX” indica um Sempron 3100+ com as instruções de 64 bits ativadas.

Como Identificar Processadores Sempron de 64 bits
Figura 1: Processador Sempron sem as instruções de 64 bits.

Como Identificar Processadores Sempron de 64 bits
Figura 2: Processador Sempron com as instruções de 64 bits ativadas.

A segunda forma é rodando um programa como o CPU-Z (http://www.cpuid.com/cpuz.php). Na linha “Instructions” se aparecer “x86-64” significa que o processador tem as instruções de 64 bits.

Como Identificar Processadores Sempron de 64 bits
Figura 3: Processador Sempron com as instruções de 64 bits ativadas.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Postado Originalmente por masquim@21 de setembro de 2005, 14:10

Bem legal o tutorial mais tem como eles falsificaram o Sempron como eles fizeram com  o atlhon

FAlsifikar??? como eles fariam isso????????? :blink:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olá tudo bem?

Eu usei o programa CPU-z para saber se meu Sempron é ativado, quando comprei o vendedor me falou que era, porém não está aparecendo o final x86-64 no CPU-Z o resto aparece mais o x86-64 não aparece.

E agora? como faço realmente para saber?

Fico no aguardo.

Abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito boa a matéria sobre os processadores de 64 bits da AMD Sempron gostaria de saber se todos os processadores de 64 bits com final BX fazem para operar a 64 bits ? Essas instruções são automáticas, ou seja , se um sistema operacional ou aplicativo precisar rodar a 64 bits ele próprio se configura com as instruções que possui e passa a operar a 64 bits ou não? Se não qual o meio para configurar ou fazer com que esse processador opere a 64 bits?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal,

"Se as duas últimas letras de sua nomenclatura forem “BX” significa que ele tem as instruções de 64 bits. Qualquer outro conjunto de letras significa que ele não tem". Não me parece uma forma 100% eficaz para se identificar os Sempron 64 bits. Vejam o endereço;

http://www.amdcompare.com/us-en/desktop/de...n=SDA3100AIO3BA

Ordering P/N (Tray) - SDA3100AIO3BA

Operating Mode - 32/64

Parece que existe Sempron xxxxxxxxxxxBA com instruções 64bits!! Por um acaso eu possuo um desses! O CPU-Z acusa os 64 bits como consta no endereço acima.

Obrigado

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Concordo com Marcio Wenddler. Meu Sempron 2.6 final AX é identificado pelo CPU-Z como sendo do núcleo Palermo e contendo as instruções x86-64.

Abraço a todos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Falando nisso, alguem já chaveou um Sempron para 64bits (cada proeza que se faz hoje em dia), pois gostaria de saber se a temperatura sobe muito. Obrigado.

Tipo pin-mod? Ligar pontes? É impossivel...

Não tem como você liberar uma instrução do processador fazendo modificação nele, e outra, tem que ser ninja pra abrir um encapsulamento daquele sem danificar o processador. Se fosse assim eu comparia um Sempron por 200 conto, liberaria o cache que ele tem desabilitado e teria um Athlon 64 em mãos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tipo pin-mod? Ligar pontes? É impossivel...

Não tem como você liberar uma instrução do processador fazendo modificação nele, e outra, tem que ser ninja pra abrir um encapsulamento daquele sem danificar o processador. Se fosse assim eu comparia um Sempron por 200 conto, liberaria o cache que ele tem desabilitado e teria um Athlon 64 em mãos.

Oi, eu sei que parece loucura :blink: , mas essa informação foi passada para mim por meu ex-professor (hoje com 65 anos de idade e 35 de hardware) ele possui enormes conhecimentos e mensionou que desde os Durons 1800 a AMD usava CPUs com instruções 64bits desabilitadas (apenas como testes) por isso lançou um CPU 64bits primeiro, pois já havia adquirido experiência com processadores anteriores. O problema é que aquece em demasia, um duron por exemplo é impossível chavear, pois a temperatura iria as alturas, mas no caso dos semprons o caso é diferente e se funcionar comprarei um lote para mim (a economia é boa). Bem então a questão continua em pé. Alguem já chaveou um Sempron para 64bits? Obrigado e boa tarde

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Realmente desconheço de como habilitar instruções 64-bit em processadores Socket A como o Duron.

Agora vale lembrar que a largura de banda é 64 bits desde dos Pentiuns, talvez seja uma confusão porque o EV6 que foi o protocolo adotado para os processadores Slot/Socket A tinham 64-bits (Tecnologia vinda na época de processadores Compaq, RISC.)

Se realmente fosse possível habilitar este tipo de instução, processadores superiores como o Atlhon XP teriam este tipo de instrução habilitada por padrão.

Semprons podem ter as instruções desabilitadas por default porque são núcleos com menor controle de qualidade, logo possuem alguns "defeitinhos" e tem seu cache reduzido, instuções reduzidas. (Como já citado e orientado em um artigo do site)

Quanto ao calor, não acredito que quando habilitado uma instrução o processador passaria a produzir mais calor. A inclusão de mais instruções em um processador não produz mais calor, em alguns casos ele até reduz pois o processamento passa a ser menor. Por exemplo Processadores Pentium que existiam em versões STD e MMX, um deles possuia a instruções SIMD MMX, mas ela não produzia mais calor que a outra sem a instrução.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Quanto ao calor, não acredito que quando habilitado uma instrução o processador passaria a produzir mais calor. A inclusão de mais instruções em um processador não produz mais calor, em alguns casos ele até reduz pois o processamento passa a ser menor. Por exemplo Processadores Pentium que existiam em versões STD e MMX, um deles possuia a instruções SIMD MMX, mas ela não produzia mais calor que a outra sem a instrução.

Da mesma forma que existem Semprons 754 com e sem 64bits, e a dissipação de calor é a mesma nos dois processadores. Duvido que a AMD tenha incluído instruções 64bits nos Durons (o 1800 que foi citado é um Applebred, ou seja, um Athlon XP com menos cache), como poderiam ser feitos testes se as intruções estavam desabilitadas?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×