Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do Processador Athlon 64 3800+

       
 200.454 Visualizações    Testes  
 27 comentários

Testes realizados com o processador Athlon 64 3800+.

Teste do Processador Athlon 64 3800+
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

O Athlon 64 3800+ é atualmente o processador topo de linha da AMD para o mercado doméstico. Nós recebemos um exemplar da AMD para testes, para conferirmos o desempenho da criança. Neste teste você verá não só o seu desempenho, mas como é o seu desempenho comparado aos modelos anteriores de Athlon 64 que já testamos e ao processador topo de linha da série anterior, o Athlon XP 3200+ – além dos concorrentes diretos da Intel que já testamos, os Pentium 4 de 3,2 GHz e 3,4 GHz.

Lançado oficialmente no dia primeiro deste mês durante a Computex 2004, em Taiwan, o Athlon 64 3800+ é diferente dos demais processadores Athlon 64 disponíveis hoje no mercado. Ele e o Athlon 64 3500+, outro processador lançado na mesma data, são os dois únicos processadores Athlon 64 que utilizam um novo padrão de pinagem, chamado soquete 939. Os demais modelos de Athlon 64 usam um soquete de 754 pinos.

 



Figura 1: Athlon 64 soquete 754 (no alto, a esquerda), Athlon 64 soquete 939 (no alto, a direira), Pentium 4 soquete 478 (em baixo, a esquerda) e Athlon XP soquete 462 (em baixo, a direita).

 



Figura 2: Soquete 754, usado pelos demais modelos de Athlon 64.

 



Figura 3: Soquete 939, usado pelos novos Athlon 64 3800+ e 3500+, além do novo Athlon 64 FX-53.

Isso significa que se você tem hoje um Athlon 64 não poderá migrar para os novos modelos 3800+ e 3500+ diretamente; você terá de trocar a placa-mãe, já que o soquete é diferente.

O soquete de 939 pinos também está sendo usado pelo novo processador Athlon FX-53. Os modelos anteriores do Athlon FX usam um outro padrão de pinagem, de 940 pinos, que é o mesmo do processador Opteron, que é o processador da AMD para o mercado de servidores. A diferença básica do soquete 754 para o 939 é o uso do esquema DDR Dual Channel no soquete 939 e a diferença básica do soquete 939 para o 940 é o requerimento de memórias DDR registradas no soquete 940.

É muito importante notar que há muitas diferenças entre o novo Athlon 64 3800+ e os demais modelos de Athlon 64 além do soquete. Para facilitar a compreensão do assunto, compilamos a tabela abaixo.

 

Processador Clock Interno Cache L1 Cache L2 Soquete Hyper Transport DDR Dual Channel
Athlon 64 2800+ 1,8 GHz 128 KB 512 KB 754 800 MHz Não
Athlon 64 3000+ 2 GHz 128 KB 512 KB 754 800 MHz Não
Athlon 64 3200+ 2 GHz 128 KB 1 MB 754 800 MHz Não
Athlon 64 3400+ 2,2 GHz 128 KB 1 MB 754 800 MHz Não
Athlon 64 3500+ 2,2 GHz 128 KB 512 KB 939 1 GHz Sim
Athlon 64 3700+ 2,4 GHz 128 KB 1 MB 754 800 MHz Não
Athlon 64 3800+ 2,4 GHz 128 KB 512 KB 939 1 GHz Sim

Como podemos observar na tabela, há vários modelos de Athlon 64 no mercado, com as mais variadas características. Por exemplo, os modelos 3000+ e 3200+ rodam sob o mesmo clock (2 GHz) sendo a diferença entre eles o tamanho da memória cache (512 KB vs. 1 MB).

No caso do Athlon 64 3800+, veja que ele tem somente 512 KB de memória cache. Por incrível que pareça, ele tem metade da memória cache do modelo 3700+ e ambos rodam sob o mesmo clock. O Athlon 64 3800+, em contrapartida, acessa a memória a 128 bits (DDR Dual Channel), enquanto o Athlon 64 3700+ não tem este recurso. Infelizmente não recebemos ainda um modelo 3700+ para verificarmos qual recurso oferece mais desempenho ao PC, se mais memória cache L2 ou o DDR Dual Channel.

Caso similar acontece entre o Athlon 64 3500+ e o 3400+. Ambos rodam sob o mesmo clock e o modelo recém-lançado tem menos memória cache L2 (512 KB vs. 1 MB), mas acessa a memória no dobro da velocidade. Da mesma forma, ainda não recebemos da AMD um Athlon 64 3500+ e não podemos dizer qual recurso oferece maior desempenho ao micro, ter o dobro da memória cache ou acessar a memória RAM ao dobro da velocidade normal.

Para quem não sabe, nos processadores Athlon 64 o controlador de memória está embutido no próprio processador (e é por este motivo que essa família de processadores da AMD tem muito mais pinos do que os processadores da Intel) e, portanto, aceitar ou não o DDR Dual Channel não depende do chipset da placa-mãe, mas sim do processador em si. Tendo este recurso, a taxa de transferência máxima teórica com a memória dobra de 3.200 MB/s para 6.400 MB/s, se forem usadas memórias DDR400/PC3200.

Outra diferença dos novos Athlon 64 3800+ e 3500+ para os demais modelos de Athlon 64 está na velocidade do barramento HyperTransport, que passou a ser de 1.000 MHz, contra 800 MHz nos modelos soquete 754.

O Athlon 64 possui dois barramentos externos. Um para o acesso à memória RAM e outro para acesso ao chipset. Este segundo barramento é chamado HyperTransport. Teoricamente esta arquitetura é melhor, já que nos demais processadores só há um barramento externo, que é usado para comunicar-se com o chipset (circuito ponte norte), que fica responsável por comunicar-se tanto com a memória RAM quanto com os demais circuitos do micro. Em teoria, o Athlon 64 pode comunicar-se com a memória e com os demais circuitos do micro ao mesmo tempo, coisa impossível nos demais processadores, por só existir um único caminho de comunicação.

Outra vantagem do HyperTransport é que ele tem um caminho separado para a transmissão e outro para a recepção de dados. Na arquitetura tradicional usada pelos outros processadores, um único caminho é usado tanto para a transmissão quanto para a recepção de dados. Em teoria, o Athlon 64 pode transmitir e receber dados ao mesmo tempo para o chipset.

Nos processadores Athlon 64 soquete 754, este barramento opera a 800 MHz transferindo dois dados de 16 bits por pulso de clock, obtendo uma taxa de transferência máxima teórica de 3.200 MB/s em cada direção (como explicamos, este barramento usa um caminho de transmissão separado do de recepção) e é por este motivo que ele é listado como sendo um barramento de 6.400 MB/s, embora isto não seja verdade. Já no Athlon 64 3800+, este barramento opera a 1.000 MHz transferindo dois dados de 16 bits por pulso de clock, obtendo uma taxa de transferência máxima teórica de 4.000 MB/s em cada direção ou "8.000 MB/s".

Outro detalhe importante é que este barramento pode operar em cinco taxas de transferência: 400, 800, 1.200, 1.600 e 2.000 MT/s (esta última somente no Athlon 64 3800+ e no Athlon 64 3500+). MT/s significa milhões de transferências por segundo. Dependendo da implementação do chipset usado, o barramento HyperTransport pode usar uma destas taxas inferiores, fazendo com que o desempenho do processador com o restante do micro (com exceção da memória) caia.

 

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários




Pois é... ficou bem claro que os 200MHz de FSB a mais do 3800+ compensam a falta dos 512KB em relação ao cache dos processadores com pinagem 754.

O que vocês acham?

A pinagem 754 não compensa... pra frente com 939! :palmas:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

pois o que me empresionou-me mais foi o seu controlador de memória em que aproveita + de 90% da banda desponivel.... em relação ao resto fico aguardando pelo lançamento dos cpu intel 3,6 e 3,8GHz.... é pena os preços que intel pratica... se foçe mais baratos seriam os melhores do mercado :wub:

:aranha: coelhomat :aranha:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vale lembrar que nesse teste foi usado um chipset ultrapassado para o Athlon-64 soquete 754 - Usou-se o Nforce3 - 150

Hoje já existe o nforce3-250 que sao bem mais rápidos e melhores para soquete 754

já para o soquete 939 existe a VIA K8T800 Pro

Perceba a disparidade no teste feito pelo materiel.be usando-se uma plataforma nforce-3 250 com memórias DDR-400 com cas 2-2-2-5

3D-Mark2003 Clube do Hardware:

%7Boption%7Dhttps://www.clubedohardware.com.br/graph/a64_3800-3dmark03.gif' border='0' alt='' />

3D-Mark2003 Material.be

http://www.materiel.be/cpu/2004cpuv2/page13.php

%7Boption%7Dhttp://www.materiel.be/cpu/2004cpuv2/images/_bench_3dm03.png' border='0' alt='' />

Percebam que no mesmo teste (3d-mark2003) no teste do clubedohardware o Athlon-64 ficou apenas 2,4% acima do Pentium 4 E.E 3.4gz

Já no teste do material.be utilizando-se de uma plataforma melhor para o Athlon-64 o Athon-64 3800+ saiu-se 17,71% mais rápido que o Pentium 4 E.E. 3.2GHZ (soquete 478) e 9% mais rápido que o Pentium 4 E.E. 3.4 para o novo soquete 775

Outro detalhe não mencionado no teste foi o Alto grau de calor dissipado pelo processador Pentium-4

É sabido por todos que devido ao alto calor gerado pelos processadores Pentium-4 com núcleo Prescott a Intel teve que desistir do lançamento do Pentium 4 de 4GHZ pois o calor gerado é inaceitavel para um air-cooler.

(nessa tabelas temos um comparativo de consumo em W do sistema)

feito pelo site techreport)

http://www.techreport.com/onearticle.x/7417

%7Boption%7Dhttp://techreport.com/etc/2004q4/90nm-power.gif' border='0' alt='' />

Para finalizar gostaria de deixar claro que embora os processadores AMD trabalhem a um clock menor que os da intel possuem um menor número de pipelines e uma arquitetura interna que favorece calculos mais complexos.

A intel com sua politica de altos MHZ para atender o seu mercado (marketing dos Mega-Hertz) terá sérios problemas de competitividade nos proximos dois anos tanto que já declarou que não vai mais produzir o Pentium 4 de 4GHZ e sim lançara uma versão de 3.8ghz com 2mb de cache L2 (quando? ainda não se sabe)

Para mais detalhes sobre os graves problemas que a intel está atualmente enfrentando com sua arquitetura net-burst podem ser lidos nesse documento:

http://www.theinquirer.net/?article=19105

Edurm,

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

parece que sim pela primeira vez vou ser obrigado a ter que dizer que a intel está deregindo para um beco sem saida e que a sua concorrente AMD tá mostrasdo o seu potencial... :blink: agora é esperar mais uns tempos, inicio de 2005 para ver o que vai acontecer :blink:

:-BEER que ganhe a melhor empresa com os seus cpu, mas a que ganhar que faça preços bons para o pessoal :palmas:

:D:D:D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

to 100% c/ edurm.

tudo que ele escreveu é uma grande verdade, tanto que quando são feitos benchs que utilizem todo o potencial do processador, fica visivel o grande desempenho do A64 que se comparado aos seus cocorrentes diretos de mercado é sempre a melhor relação custo beneficio.

no mais concordo com o coelhomat_true:

Tomara que seja quem for que ganhe essa briga, que NÓS possamos ganhar tb c/ produtos de alto nivel, a um preço que possamos pagar (e sejam justos!).

falou :bye:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Achei este teste bastante interessante, mas acho que algumas coisas deveriam ser consideradas, inclusive para futuros testes.

Primeiro, acho que no teste não foi levado em conta a principal grande diferença entre o Athlon 64 e os outros processadores Athlon XP e Pentium 4, que é o fato dele ser de 64 bits. Por isso, gostaria de saber como esse processador se sairia frente aos outros ao rodar em um Windows 64 bits com programas de 32 e 64 bits. Para quem programa em Assembly é visivelmente grande a diferença que isso representa, pois uma instrução MOV de 1 ciclo de clock pode transferir 64 bits ao invés de 32 bits por ciclo de clock, o que nesta tarefa de movimentação de dados tornaria um processador de 2 GHz mais rápido do que um de 3,999... GHz.

Segundo, quando vejo testes de processadores usando de gráficos 3D, incluindo os de placas de vídeo, posso notar que são poucos os que consideram o fato de que só se pode testar processadores em baixa resolução, pois em alta resolução a taxa de transferência das memórias pode reverter uma disputa, mas esta seria em função das memórias e não dos processadores. Isto é fácil de ver em um teste de uma ATI X800 contra uma GeForce 6800 Ultra, onde a ATI X800 é mais rápida em baixa resolução (mostrando que o processador gráfico é melhor), mas perde para a GeForce 6800 Ultra em alta resolução (mostrando que esta possui uma memória de vídeo mais rápida já que perdeu no teste de baixa resolução), pois em 640x480x32 uma tela de vídeo ocupa 0,58MB de memória, e em 1600x1200x32 uma tela de vídeo ocupa 3,66MB de memória, ou seja, 6,31 vezes mais memória para ser atualizada a cada frame. E se você estiver usando buffer de tela, então essas diferenças poderão ser ainda mais acentuadas.

Terceiro, porque até agora não vi nenhum teste da tecnologia HyperThreading dos processadores Pentium 4 com programas otimizados ou não para tal tecnologia. Mas para tal teste, eu gostaria, se possível, que vocês testassem o jogo IL-2 Sturmovik Forgotten Battles com ela, pois sei que nesse jogo, quando se está jogando online, ele cria uma segunda thread de conexão que faz o jogo perder muitos FPS. Talves aí seja possível identificar uma diferença. Recomendo também que o teste da tecnologia seja feito com o processador de menor frequência. Eu só não testei isso porque tenho um micro com processador Athlon XP.

E outra coisa, estou notando que o horário da postagem neste forum está bastante adiantado. Acho bom verificar.

Atenciosamente,

Fábio Ribeiro (FAB_Devil)

ICQ 38792295

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sem querer puxar lingüiça, mas de qualquer maneira, tô de AMD e não largo mais... a tecnologia da AMD já provou ser superior à Intel e isso é fato.

Não entendo muito de processador (tecnologias, instruções), mas acho que as instruções que os processadores AMD têm fazem toda a diferença! Principalmente a 3DNow!, quando se trata de jogos e 3D.

Me surpreendi quando vi uns testes feitos entre Celerons e Durons, onde o Duron 1.6GHz batia em todos os testes no Celeron 2.4GHz e perdia pra apenas um teste pro Celeron 2.6GHz.

Provavelmente isso deveria significar que eu, por exemplo, tenho um Duron 2600+. Alguém discorda?

Mas mesmo assim, talvez a AMD tenha realmente forçado em algumas nomenclaturas... primeiro que nem existia algum P4 3.8GHz pra eles colocarem Athlon 64 3800+, segundo que: mesmo não existindo o P4 pra fazer o "racha", eles poderiam fazer um previsão de como se sairia um P4 a 3.8GHz. Mas eu tenho certeza de que um Barton 2500+ se sai melhor na maioria dos testes contra um T-Bred 2500+.

O que quero dizer é que a Intel poderia muito bem ter feito um Extreme Edition com o 3.8GHz, só pra calar a boca da AMD, pois teria 2MB de cache L3, e isso, como pôde ser visto, faz uma boa diferença. E a Intel se daria bem nessa, porque a AMD iria se passar de "mentirosa", dizendo que o Athlon 64 3800+ se equipara à um P4 3.8GHz.

Mas de qualquer maneira, me senti feliz de olhar pra tabelinha comparativa de consumo de Watts! Será que finalmente a AMD vai parar de esquentar tanto?

Tomara... :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por thesent@22 out 2004, 01:50

O que quero dizer é que a Intel poderia muito bem ter feito um Extreme Edition com o 3.8GHz, só pra calar a boca da AMD, pois teria 2MB de cache L3, e isso, como pôde ser visto, faz uma boa diferença. E a Intel se daria bem nessa, porque a AMD iria se passar de "mentirosa", dizendo que o Athlon 64 3800+ se equipara à um P4 3.8GHz.

Se a Intel fizesse um Extreme Edition de 3.8 GHz, ele custaria o dobro do Athlon 64 3800+ e seria concorrente do FX-55.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Até aonde vai o Pentium 4 Extreme Edition?É 3.4GHz ou 3.6GHz?Ele tem HT?Me desculpe mas eu estou meio "por fora" no que tange processadores Intel atuais.... :P

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom galera sempre admirei a tecnologia da AMd,e o principal, eles oferem um produto de igual ou MELHOR qualidade do que a concorrente no mesmo segmento e por um preço mais justo, isso e fundamental.

Podemos fazer uma comparação "tosca" entre uma moto de motor 2 tempos que bate motos com dobro da sua cilindrada :palmas: :palmas:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

hehehe melhorou o controlador de memória no 3800+, mas em relação as comparações de processadores os axp e a64 devem ser comparados aos p4, e os athlon fx ao p4 extreme edition.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

:-BEER ai galera, os processadores da ADM são fodal ..ehehehe, bom eu sou um anti-intel, anti-Windows e nunca vou colocar meus pés num mac-donalds....:bandeira:

mas e se a ADM colocar cache3?... na minha opinião já esta otimo ,mas temos que esmagar esses Pentium...

MB ecs KS5SA + athlon XP 1600 (+3 fans)

512 M pc133

00,00Gb hd (tô sem HD, se alguem quiser doar um entre em contato)

video- vipper II 32M tv out

Fonte 400W

Cd-RW 52x24x52

kurumin 3.2 (rodando na Ram)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ola amigos,

Eu comprei meu micro fazem 2 semanas!

Não tive duvidas. Comprei um AMD Athlon 64 3000+.

Motivos:

1) Estou olhando pro futuro. Arquitetura de 64 bits.

2) Preço x Performance: meu Athlon 3000+ é praticamente um P4 3.2! Mas muito mais economico!

3) Tecnologia: a AMD dá um show, porque praticamente se iguala aos pentiums com clock muito mais alto! Isso sim é perfomance. Clock não é nada. Resultado final sim.

Eu to feliz. Super micro. Respeito a Intel. Apoio a AMD.

valeu!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

E temos que lembrar que o "verdadeiro" potencial dos A64 ainda não existe!!! Os testes foram feitos em um OS 32 bits (Windows XP).

Quando lançarem um OS em 64 bits....aí sim amigos....os P4 vão ser tico-tico !!!!

:ahh:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

:tantan: eu não sei porque talvez seja sisma, mas não gosto de processadores da amd talvez seja porque sempre me deram trabalho.

Mas a intel agora terá de trabalhar duro pois quando os S.O. de plataforma 64 bits

pois é o futuro, Eu ouvi rumores de que a Microsoft estaria Trabalhando em um Sistema chamado Long Har eu acho,

Que é esse o nome da plataforma.

Mas ai sim veremos quem é quem AMD X Intel

quem irá ganhar??

eu aposto na Intel mas vamos esperar o fim de 2005 só assim terei certeza!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por Danilo Maziero@24 jan 2005, 02:13

:tantan: eu não sei porque talvez seja sisma, mas não gosto de processadores da amd talvez seja porque sempre me deram trabalho.

Mas a intel agora terá de trabalhar duro pois quando os S.O. de plataforma 64 bits

pois é o futuro, Eu ouvi rumores de que a Microsoft estaria Trabalhando em um Sistema chamado Long Har eu acho,

Que é esse o nome da plataforma.

Mas ai sim veremos quem é quem AMD X Intel

quem irá ganhar??

eu aposto na Intel mas vamos esperar o fim de 2005 só assim terei certeza!!

Danilo Mazziero,

para te lembrar o nome é longhorn!

é um sistema operacional totalmente novo onde a microsoft alega q será o maior lançamento da decada!

o Longhorn trará três grandes inovações. Seu sistema visual de apresentação baseado em XML, chamado de Avalon; um novo sistema de arquivos, o WinFS; e uma nova tecnologia para comunicação entre aplicativos e dispositivos, chamada Indigo.

mais informações !aqui

valeu!!! :bandeira::-BEER

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

cara se a intel tivesse a tecnologia que a amd tem não tenho duvida que teriamos o melhor processador do mundo e se a amd tivesse o clock da intel idem sem duvida o melhor processador hoje e o fx gostaria de ver um rodando o doom3 em ultra quality

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho q hoje em dia a qualidade da amd nem se compara a seus AMD´s de antigamente como os K6-2 e os primeiros duron´s são muito melhores hoje em dia. Em compensação a qualidade e valor dos processadores Intel também não se comparam aos de antigamente como os pentium 2, 3 e celeron.

Acho q a Intel "dominava" até a entrada do AXP no mercado a partir daí só AMD. Pode-se ver isso pelo numero de Lan houses e Cyber Cafes rodando em plataformas AMD.

Sempre usei a Intel e nunca tive problemas ao contrário da AMD onde tive muitas dores de cabeça. Mas devido a atual situação financeira e atual qualidade dos processadores AMD vou colocar um AMD em meu novo micro.

Fico triste porque a Intel deixou a qualidade de seus produtos cairem e seus preços aumentarem absurdamente, mas, feliz porque temos a concorrencia da AMD.

Segundo nosso amigo Dead God:

Podemos fazer uma comparação "tosca" entre uma moto de motor 2 tempos que bate motos com dobro da sua cilindrada

Podemos tomar como exemplo a antiga RD 350 q até hoje da pau em muita moto grande...

Issae !!!

valeu !!

:bandeira:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

aí pessoal, sou novo aqui no forum e li sobre o teste do a64 3800+ e nele aparece que o novo processador da amd só usa o dual channel com memórias registradas, é isso mesmo? :huh:

E qual placa mãe seria ideal para esse tipo de processador?

valeu!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Hello!

É uma pena que a intel tá comendo poeira, não é?

Que pena, Vamos dar um minuto de silêncio só pra eles?

Heheh!

Galera só espero o Amd lancar o 64 X2, e aí sim a intel estará em dias contados pra fechar as portas igual a Cyrix!

:-BEER

:ahh: Mas o que é chato é que ficaria sem concorrência!:ahh:

:aranha: Bom, Um minuto de silêncio... :aranha:

:bandeira:

Até mais!

B)

<<Luis Surek>>

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

tipo, discutir qm é melhor é difícil, eu moro na espanha e digo, por aqui é RARO ver computador Intel, intel em geral, celeron.. pentium, itanium.... é muito raro, ate xeon é difícil. eu sempre gostei muito de amd, pelas inovaçoes q tem, a amd mostro MUITO caminho de inovaçao de processador e a intel SEGUE a amd... a intel faz algum tempo, lanço 3 processadores no mesmo mes, sem ter o que dizer, ela ta desesperada, a amd renasceu das cinzas e ta aniquilando a intel... a intel tem muita velocidade e sao processadores pra coisas PESADAS, tipo banco de dados, calculos e compreçoes de arquivos, mais o que agente esquece é q o mundo de hoje esta muito ligado aos jovens e querendo ou não, os amd sendo mais baratos e com o mesmo rendimento(ou ate mais) sao uma excelente opção, ao contrario dos intel que sao mais caros e só tem velocidade(q hoje em dia não conta tanto). por exemplo, eu tenho 3 pc's aqui em casa, eu tenho 1 P4 3.2ghz EM64T(64bits), tenho 1 Celeron 3,06 q é o que eu uso pra coisas inuteis e tenho o AMD 3500+(q é o que eu mais uso) por mais q eu faça benchmarks atras de benchmarks o amd ganha de ambos. se dolar vale + q dinheiro, o "mhz" da amd vale "ghz" da intel, a intel é uma excelente empresa e temos q ser justos é muito BOM, mais os novos amd 64 estão acabando com a intel, na revista Pc Atual q é espanhola, já dizem que o AMD Turion 64(o proximo processador) é o que vai dar o "golpe final" na intel... pra mim isso é bla bla bla, a intel é uma empresa grande demais pra cair, mais a intel perder TODOS os mercador de gamas(baixa, media e alta) a intel só lidera por 26% o mercado de servidores(informaçoes tiradas do Tom's hardware e do Hardware's guide q sao um dos mais importantes dos EUA) bom, eu gostaria muito de ver essa briga por + tempo, ate porque, amd é muito feio, mais beleza não compra desempenho, assim que eu continuo votando pelo meu amd e não abro mao.

como eu sempre digo, intel é muito bom pra qm trabalha e tem suas tarefas, + prakele bom gamer tem q ser amd na veia. bom, isso aí deixo v6 com essa duvida, espero ter ajudado em algo, ai vai a comparaçao dos processadores no Doom 3(feito com a geforce 6600GT e testado oficialmente com 1 Pentium 4 3.0).

<div class='bbimg'>%7Boption%7Dhttp://images.anandtech.com/graphs/doom3cpu_08020430812/3452.png' border='0' alt='Imagem postada pelo usuário' /></div>

e como eles dizem la no final

" In the end, the winner of the final battle is clear: the AMD Athlon 64 is the processor for Doom 3"

considerando q o Doom 3 usa a engine de graficos Unreal Engine 3.0 e é a MAIS REAL atualmente, e o A64 roda ele melhor, o A64 roda todos os outros melhor... por teoria claro, bom é isso aí, tanto AMD quando INTEL sao excelentes, depende do USO do computador e ai sim escolher muito bem.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

como bem disso o Desconhecido_jp

não tem mais desculpa pra não ter 1 AMD, porque os Intel já estão esquentando + e pra dizer a verdade BEM mais... o que amd estão num maximo de 70 SEM cool'n'quiet ativada, só com cooler normal, bom, o intel socket LGA 775, sao TODOS com núcleo prescott, chegando ate em 103 graus como vimos aqui mesmo num topico bom, se o amd ativa cool'n'quiet ele não passa dos 60 em 90% do rencimento, então ta beleza, ao contrario dos prescott q precisam de uma excelente refrigeraçao..

é, o duelo ta pegando fogo... só q o fogo ta do lado da intel, a amd ta com o boi na sombra...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×