Ir ao conteúdo

Teste do processador Core i7-8086K

       
 12.846 Visualizações    Testes  
 5 comentários

O Core i7-8086K é um processador de uma série limitada comemorativa aos 40 anos do primeiro processador de 16 bits da Intel, o 8086. Vamos ver como ele se sai em nossos testes.

Teste do processador Core i7-8086K
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Testamos o Core i7-8086K, processador de edição comemorativa limitada da oitava geração dos processadores Intel Core i, que tem seis núcleos, 12 threads, clock base de 4,0 GHz e clock turbo de 5,0 GHz. Vamos ver como é este processador e seu desempenho.

Em 1978, a Intel lançou seu processador 8086, o primeiro processador de 16 bits da fabricante. Este processador utilizava uma arquitetura nova, que foi aprimorada ao longo dos anos, ficando conhecida como x86, sendo usada até hoje nos processadores para computadores pessoais do tipo PC. Pode-se dizer que foi o sucesso do 8086 que fez da Intel a gigante que é hoje.

Por isso, em comemoração aos 40 anos deste lançamento, a Intel lançou uma série limitada (apenas 50.000 exemplares serão fabricados) comemorativa do processador Core i7-8086K, que nada mais é do que uma versão do processador Core i7-8700K (o modelo até então topo de linha da principal família de processadores para computadores de mesa) com um clock um pouco mais alto.

Enquanto o Core i7-8700K tem clock mínimo de 3,7 GHz e clock máximo de 4,7 GHz, o Core i7-8086K tem clock mínimo de 4,0 GHz e clock máximo de 5,0 GHz. Fora isso, os dois processadores são iguais: têm seis núcleos, 12 threads, 12 MiB de cache L3, são desbloqueados para overclock, têm TDP de 95 W e são vendidos sem cooler.

O Core i7-8086K faz parte da oitava geração dos Core i, codinome Coffee Lake, é fabricado com processo de 14 nm e utiliza soquete LGA1151, sendo compatível com placas-mãe que utilizem chipset série 300. Por tratar-se de um processador desbloqueado para overclock, deve ser utilizado preferencialmente em uma placa-mãe que utilize o chipset Z370, que é o único (até agora) que suporta este recurso. Se for utilizado em uma placa-mãe com outro chipset, como o H370, B360 ou H310, ele vai funcionar perfeitamente, mas você não poderá fazer overclock nele modificando o seu multiplicador de clock.

O processador vem com vídeo integrado Intel UHD 630 com clock máximo de 1,2 GHz (o mesmo utilizado no Core i7-8700K e modelos inferiores).

Na Figura 1 vemos o Core i7-8086K. Recebemos uma amostra de engenharia, mas o modelo comercial também vem sem cooler: sendo um processador voltado a overclock, a ideia é que você utilizem um cooler a ar topo de linha ou um sistema de refrigeração líquida.

corei7-8086K-01.jpg

Figura 1: processador Core i7-8086K

A Figura 2 mostra o lado de baixo do processador.

corei7-8086K-02.jpg

Figura 2: lado de baixo do Core i7-8086K

Para verificar na prática se o Core i7-8086K é mais rápido do que o Core i7-8700K, vamos comparar os dois processadores. Também vamos comparará-lo ao Ryzen 7 2700X, processador mais topo de linha soquete AM4 da AMD. Na verdade, o processador da AMD que custa praticamente o mesmo que o Core i7-8086K é o Ryzen Threadripper 1900X (que utiliza o soquete TR4), mas infelizmente a AMD não nos enviou este modelo e, portanto, não o tínhamos disponível para o comparativo.

Utilizamos uma GeForce GTX 1080 Ti, que é a placa de vídeo mais topo de linha disponível no momento, em todos os testes. Com isto, esperamos que o desempenho dos jogos seja limitado pelo processador, o que nos permite ver a diferença de desempenho entre os processadores.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar

  • Curtir 8


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Ótimo review rafa, mas algumas dúvidas: Será q o watercooler não foi muito de entrada pra esse teste? Não foram as temperaturas que impediram de chegar nos 5ghz em modo automático?

 

Outra dúvida foi no teste do CPU-Z Multi-Thread.... Pelo que entendi o gráfico desse teste é de pontos obtidos no teste, então quanto maior, melhor, correto? Então se for esse o caso, o texto diz:
 

Citação

Já no teste que utiliza todos os núcleos disponíveis, o Core i7-8086K ficou empatado com o Core i7-8700K e foi 24% mais rápido do que o Ryzen 7 2700X.


Sendo que se for pontuação, na verdade o Ryzen 7 2700X é quem foi cerca de 31% mais rápido, correto?

 

 

Editado por Steeveantonichen

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Steeveantonichen disse:

Ótimo review rafa, mas algumas dúvidas: Será q o watercooler não foi muito de entrada pra esse teste? Não foram as temperaturas que impediram de chegar nos 5ghz em modo automático?

 

Outra dúvida foi no teste do CPU-Z Multi-Thread.... Pelo que entendi o gráfico desse teste é de pontos obtidos no teste, então quanto maior, melhor, correto? Então se for esse o caso, o texto diz:
 


Sendo que se for pontuação, na verdade o Ryzen 7 2700X é quem foi cerca de 31% mais rápido, correto?

 

 

Apesar de ser um watercooler de entrada, ele segurou perfeitamente a temperatura (até porque a temperatura ambiente estava bem baixa). E ele, em teoria, deveria atingir 5 GHz quando apenas um núcleo está em uso, portanto sem problemas de temperatura (que poderiam ocorrer apenas com vários núcleos em uso intenso, e mesmo assim depois de alguns minutos).

 

Obrigado por apontar o errinho, já corrigido!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mais um errinho, pág 3:

 

Cooler do processador (LGA1151): GamerStorm AMELSTROM 120T

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Até hoje os processadores usam instruções modo real (virtualização do 8086 desde o 386).

 

Bem que a AMD poderia "lançar" um clone desse Core i7 8086K como era na época em que fabricava os processadores sob licença da Intel. 

Editado por RBMA

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Intel atualmente é só para jogos mesmo, em processamento os Ryzen's oferecem melhor desempenho e custo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×