Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Como o Protocolo TCP/IP Funciona – Parte 2

       
 324.955 Visualizações    Tutoriais  
 0 comentários

Complementando nosso tutorial anterior, explicaremos outras funcionalidades e protocolos do TCP/IP que não explicamos anteriormente, como Telnet, SSH, TFTP, DHCP, DNS, ICMP, RIP, OSPF, BGP, ARP e outros mais.

Como o Protocolo TCP/IP Funciona – Parte 2

DNS (Domain Name System)

Como você já sabe, em redes TCP/IP cada computador tem um endereço virtual único, chamado endereço IP. No entanto, para nós, humanos, nomes são mais fáceis de serem memorizados do que números.

O DNS (Domain Name System, Sistema de Nome de Domínio) permite o uso de nomes como apelidos para os endereços IP. Por exemplo, é mais fácil memorizar o nome de nosso site do que o endereço IP que nosso servidor web está usando: é muito mais fácil memorizar clubedohardware.com.br do que 69.41.161.36.

Quando você digita em seu navegador https://www.clubedohardware.com.br, o protocolo DNS entra em ação, contatando um servidor DNS e perguntando qual endereço IP está associado ao nome www.clubedohardware.com.br. O servidor DNS responderá 69.41.161.36 e então o seu navegador saberá qual endereço IP usar nesta conexão.

O servidor DNS que o seu navegador usará é o servidor DNS que o seu computador está configurado para usar – todos os computadores que estão conectados à Internet têm um campo para configuração do endereço IP de pelo menos um servidor DNS. Normalmente esta configuração é feita automaticamente via DHCP.

Se o servidor DNS não conhece o nome que você perguntou, ele entrará em contato com outro servidor DNS com um nível hierárquico maior de modo a aprender este nome/endereço IP.

Todas as entradas no servidor DNS têm um campo “tempo de vida” (também chamado TTL, Time To Live), que diz ao servidor por quanto tempo aquela informação é válida. Quando a informação vence, ela deve ser atualizada contatando novamente o servidor DNS com um nível hierárquico maior. Isto é feito desta forma porque caso o endereço IP de um servidor mude, o tempo máximo que você precisará aguardar para aprender qual é o novo endereço IP para aquele servidor será o campo TTL da sua entrada no servidor DNS - que pode variar de algumas horas a alguns dias.

O DNS é um protocolo da camada de aplicação e suas requisições são feitas usando a porta 53 do protocolo UDP na camada de transporte. Como já explicamos, o UDP não verifica se os pacotes chegaram ou não ao destino, mas, por outro lado, ele é mais rápido, já que seu cabeçalho é menor e exige menos poder computacional para ser processado.
 
Uma maneira fácil de brincar com requisições DNS é através do uso do comando nslookup, disponível tanto no prompt de comando do Windows quanto em sistemas Unix (como Linux – dependendo da sua distribuição do Linux este comando pode ser chamada host e não nslookup).

No Windows, clique no menu Iniciar, Executar e digite Cmd e clique no botão Ok. No prompt de comando digite nslookup www.clubedohardware.com.br. Você receberá como resposta o endereço IP associado a este nome (69.41.161.36). Você pode ainda fazer outros testes, como digitar um endereço IP e verificar se existe um nome de servidor associado ao endereço que você digitou. Brinque com este comando para que você possa entender mais sobre o funcionamento do DNS; ele não danificará o seu micro!

A propósito, o DNS permite que mais de um nome seja associado a um mesmo endereço IP. Isto permite que você hospede mais de um site em um único servidor, por exemplo. Quando você acessa um servidor que tem mais de um site hospedado, seu navegador acessará ele através do seu endereço IP (descoberto através de uma requisição DNS, como explicamos), enquanto que o servidor verificará o nome que você está usando em seu navegador para saber qual site fornecer para você.

Compartilhar



  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...