Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
briancordeiro

TPD de um processador.

Recommended Posts

Não, é questão de hardware.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dá, trocando por um processador com TDP menor ou fazendo underclock/undervolting no processador que você já tem (o que diminui o desempenho e o consumo elétrico também, ficando mais lento, mais frio e mais econômico).

Exemplo: Se você tiver um Phenom II X4 955 BE, que possui clock de 3.2GHz e TDP de 125W, diminuindo o clock e a tensão que alimenta o processador, o TDP e o consumo elétrico abaixarão junto, mas o processador ficará mais lento. Entretanto, o TDP oficial continuará sendo 125W. Da mesma forma que se fizer overclock/overvolting, o TDP, o consumo elétrico e o desempenho aumentam.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dá pra fazer milagres mexendo na tensão e no clock de um processador, fazendo por exemplo um FX8350 com oito núcleos ativados a 2.8Ghz e consumindo 45W. Mas eu só recomendo experimentar essas técnicas caso você tenha bons conhecimentos de overclock(e uma placa mãe decente com uma fonte muito boa).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Dá pra fazer milagres mexendo na tensão e no clock de um processador, fazendo por exemplo um FX8350 com oito núcleos ativados a 2.8Ghz e consumindo 45W. Mas eu só recomendo experimentar essas técnicas caso você tenha bons conhecimentos de overclock(e uma placa mãe decente com uma fonte muito boa).

No caso do underclock/undervolting não há riscos de se danificar o hardware. Pelo contrário: teoricamente aumenta a vida útil do chip. O negócio é só testar até estabilizar.

Em overclock/overvolting que sim, há riscos de se danificar o hardware, então é bom saber o que está fazendo muito bem.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não vejo razão para comprar um processador e usá-lo abaixo da velocidade padrão. Melhor pensar em um mais barato. A não ser que tenha comprado um com TDP acima do suportado pela MoBo.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Pistigrilo é igual Clarasil,bom mesmo!Mas também concordo com o Nascarbr,pode ser uma situação de adaptação à mobo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Não vejo razão para comprar um processador e usá-lo abaixo da velocidade padrão. Melhor pensar em um mais barato. A não ser que tenha comprado um com TDP acima do suportado pela MoBo.
O Pistigrilo é igual Clarasil,bom mesmo!Mas também concordo com o Nascarbr,pode ser uma situação de adaptação à mobo.

Realmente, mas se a pessoa já tiver o processador e deseja diminuir o consumo, sai bem mais barato simplesmente fazer underclock/undervolting que trocar o processador. Ainda mais se ela tiver um modelo top, onde pelo menos teoricamente o chip é mais eficiente energeticamente que modelos menos tops (por conta de fazer parte da parte central do waffer de silício). Se comprar um modelo não suportado pela placa-mãe, por conta do TDP, o ideal mesmo seria trocar a placa-mãe, e não esquentar cabeça com TDP.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Respondi da forma que respondi porque imaginei que o usuário queria diminuir os clocks do processador pra economizar energia, também já quis fazer isso com meu FX-4100.

briancordeiro, se deseja tunar os clocks do processador tenta ir de AMD Overdrive pra fazer o serviço, setando em 2,6Ghz já vai ter um bom desempenho pra tarefas casuais. Desativar núcleos e undervolt ajudam, mas podem comprometer a vida útil do processador em alguns casos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Respondi da forma que respondi porque imaginei que o usuário queria diminuir os clocks do processador pra economizar energia, também já quis fazer isso com meu FX-4100.

briancordeiro, se deseja tunar os clocks do processador tenta ir de AMD Overdrive pra fazer o serviço, setando em 2,6Ghz já vai ter um bom desempenho pra tarefas casuais. Desativar núcleos e undervolt ajudam, mas podem comprometer a vida útil do processador em alguns casos.

Na verdade o que prejudica a vida útil dos processadores é overclock e overvolting. Underclock e undervolting teoricamente aumentam a vida útil do processador. ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depende. Pode dar undervolt mas não muito(dependendo da frequência). Difícil dizer porque não há nenhum teste envolvendo isso, só ví relatos de queima/quebra. Como com qualquer eletrônico, se o processador não for alimentado por uma quantidade de tensão suficiente, ele pode funcionar mas com a sua longevidade sendo piorada conforme o tempo, como se fosse um processador operando com temperaturas acima do recomendado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Depende. Pode dar undervolt mas não muito(dependendo da frequência). Difícil dizer porque não há nenhum teste envolvendo isso, só ví relatos de queima/quebra. Como com qualquer eletrônico, se o processador não for alimentado por uma quantidade de tensão suficiente, ele pode funcionar mas com a sua longevidade sendo piorada conforme o tempo, como se fosse um processador operando com temperaturas acima do recomendado.

Isso é para overclock/overvolting, onde você força o componente a trabalhar acima da configuração padrão, forçando a barra. Se fizer underclock/undervolting de forma incorreta, o máximo que acontece é deixar o funcionamento do sistema instável, o que te obrigará a resetar a BIOS e voltar para a configuração padrão. Para quem não se sente seguro para mexer nas tensões, basta fazer apenas o underclock sem undervolting.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Isso é para overclock/overvolting, onde você força o componente a trabalhar acima da configuração padrão, forçando a barra. Se fizer underclock/undervolting de forma incorreta, o máximo que acontece é deixar o funcionamento do sistema instável, o que te obrigará a resetar a BIOS e voltar para a configuração padrão. Para quem não se sente seguro para mexer nas tensões, basta fazer apenas o underclock sem undervolting.

Sem contar que as placa mães e processadores já são projetados para sofrer essa ocilação de tensão, tanto que muitos diminuem o clock e o Vcore de forma automatica quando estão ociosos , isso além de diminuir o TDP, também diminui o consumo eletrico do mesmo...

Cool & quiet da AMD faz exatamente isso que eu disse... A intel tem um sistema similar, mas eu não sei o nome.....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sem contar que as placa mães e processadores já são projetados para sofrer essa ocilação de tensão, tanto que muitos diminuem o clock e o Vcore de forma automatica quando estão ociosos , isso além de diminuir o TDP, também diminui o consumo eletrico do mesmo...

Cool & quiet da AMD faz exatamente isso que eu disse... A intel tem um sistema similar, mas eu não sei o nome.....

Exatamente! E o similar do Cool n' Quiet da AMD na Intel é o Enhanced Intel SpeedStep Technology, ou simplesmente SpeedStep, se preferir. ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×